placardpt
      Grandes Estádios
      Estádios

      Salésias: o palco de Portugal

      Texto por João Pedro Silveira
      l0
      E0
      O Campo das Salésias foi inaugurado na cidade de Lisboa a 29 de Janeiro de 1928, tornando-se desde a primeira hora num dos melhores da capital, com as suas bancadas de cimento e balneários completos, era um palco privilegiado do futebol nacional, casa do Clube Futebol «os Belenenses».
       
      Em 1935 o estádio sofreu a primeira grande alteração com a construção de cobertura para as bancadas. Mas seria em 1937 que as Salésias sofreram a verdadeira transformação, com a direção do Belenenses a investir na modernização do recinto.
       
      Surge então o primeiro verdadeiro estádio de futebol em Portugal, com capacidade para 41 mil pessoas, campo relvado - verdadeiro luxo no futebol português de então - e com dimensões apropriadas e casas de banho - inclusive para senhoras.
       
      Para homenagear uma das grandes figuras do futebol belenense, as Salésias foram rebatizadas como Estádio José Manuel Soares, em honra do grande Pepe, vitimado precocemente em 1931. 
       
      O novo estádio impressionava pelas condições. Os balneários, idênticos tanto para os da casa como os visitantes, dispunham de duches frios e quentes, cabides e mobiliário de apoio, espelhos, marquesa para massagens. 
       
      Além dos balneários, dispunha também de um balneário para a equipa de arbitragem, um posto de saúde e diversas cabines de apoio. 
       
      Bancadas espaçosas, relvado sem igual e ainda um segundo campo (pelado) para treinos e para as categorias inferiores. Sem duvida, as Salésias eram o palco do futebol nacional, mas não só. Com pista de atletismo, pista de ciclismo, ginásio e campos para outras modalidades, além de sala de troféus, as Salésias eram o orgulho dos homens da Cruz de Cristo. Destacando-se no complexo o memorial a Pepe, que seria depois levado para o Restelo em 1956. 
       
      Não surpreende então que tenha recebido cinco jogos da seleção nacional entre 1938 e 1947 (1) tendo Portugal vencido dois deles, destacando-se uma histórica goleada sobre a Hungria (4x0) em 1938, meses antes da equipa da Hungria chegar à final do mundial de França.
       
      Além do futebol, as Salésias receberam o primeiro jogo internacional de andebol, em 1945, num encontro entre as seleções de Lisboa e Madrid.
       
      Durante as quase três décadas em que as Salésias foram a casa do Belenenses, os azuis venceram por duas vezes o Campeonato de Portugal, além da célebre conquista do Campeonato Nacional de 1945/46.
       
      Pelas Salésias passaram nomes míticos do futebol belenense como Augusto Silva, o supracitado Pepe, Feliciano, Capela e Vasco, as famosas Torres de Belém. Mas também Artur Quaresma, Matateu, Amaro, José Pereira, Di Pace e Vicente, além claro está de adversários de renome como os portistas Hernâni, Pinga e Araujo, os sportinguistas Peyroteo, Travaços e os restantes cinco violinos, ou os benfiquistas Espírito Santo e Francisco Ferreira, só para citar alguns nomes. 
       
      Em 1956 o Belenenses abandonou as suas amadas Salésias para se mudar para o Restelo, onde tem "vivido" desde então...
       
      ----------------------------------------
      (1) Em 1938 Portugal venceu a Espanha por 1x0, golo de Pinga. O jogo não é reconhecido pela FIFA nem pela RFEF, pois a partida disputou-se durante a Guerra Civil Espanhola e a equipa do país vizinho só integrava jogadores provenientes da zona que se encontrava sob o domínio das tropas nacionalistas de Franco. 
      Comentários (0)
      Gostaria de comentar? Basta registar-se!
      motivo:
      EAinda não foram registados comentários...
      Tópicos Relacionados
      Estádio
      Campo das Salésias
      Campo das Salésias
      Portugal
      Ajuda - Lisboa
      Lotação500
      Medidas-
      Inauguração1927