placardpt

«Um pedido de desculpas era o mínimo. Lamento que tal não tenha acontecido»

António Miguel Cardoso voltou a reforçar uma posição de insatisfação relativamente à decisão tomada por Álvaro Pacheco e relembra que o mínimo era ter pedido desculpa, um cenário que não se verificou.
Enviado Por: zacatzz - Colocado há 8 dias - 1780 Visualizações
E0

Comentários

Gostaria de comentar? Basta registar-se!
motivo:
Vitória
2024-05-15 15h10m por Maxaqueen
O que se deviam de lamentar é de ter direcções a dar tiros nos pés nas últimas épocas.
Como se sabe, o Álvaro Pacheco teve uma proposta para ir para o Brasil que recusou e podia ter ido perfeitamente porque estavam dispostos a pagar a cláusula e ele ia receber mais.
Começou este drama do presidente e agora vai mesmo um treinador que estava a iniciar um projecto promissor, com uma boa campanha no campeonato e a promover muitos jogadores.

Quando o Vitória parecia estar a reerguer-se, lá tinha que vir o habitual tiro. . .
Alvaro Pacheco
2024-05-15 14h58m por DingyPT
Pedir desculpa pelo quê?
Se o treinador sai antes de terminar o contrato, há que pagar a cláusula.
Se o treinador não tem renovação de contrato em vista quando faltam 6 meses para o fim, o treinador pode negociar livremente com qualquer outro clube sem penalizações.

Um clube (e o Vitória já o fez) quando despede um treinador também lhe pede desculpa apesar do treinador ter bastantes condições para continuar no seu cargo?

Posso estar muito errado ma...ler comentário completo »