placardpt
      X

      Este Ranking mensal elaborado pela FIFA, é baseado num sistema de pontuação que tem em conta os resultados das Selecções Nacionais nos últimos 4 anos, com um peso percentual de 100 %, 50 %, 30 %, 20 %.

      Cada vitória (3 pontos) ou empate (1 ponto) é então multiplicado por vários fatores que influenciam o valor final, valor esse que será o utilizado para efeitos de Ranking.

      Assim os restantes fatores são:

      a) Importância do jogo
      Particular – 1
      Apuramento para Torneios Continentais, ou Mundiais  – 2.5
      Torneios continentais/Taça das Confederações – 3
      Jogo de Campeonato do Mundo – 4

      b) Força do adversário
      Depende da colocação no ranking e é segue a seguinte fórmula: 200 menos a posição no último ranking divulgado. Exemplos: o vice-líder vale 198, o terceiro 197, o décimo 190, e por ai em diante.
      A regra tem duas exceções: o líder vale sempre 200 e a força mínima é de 50 para os países que estiverem abaixo da posição 150.

      c) Força regional
      As confederações não tem todas o mesmo peso, ou dificuldade. Como cerca de 85% das partidas são entre equipas da mesma confederação, seria desequilibrado deixar um jogo da Oceânia valer o mesmo que uma partida entre continentes ou dentro da Europa, por exemplo. Então, a partir de um cálculo feito analisando os jogos dos membros de uma confederação contra outras nos últimos três Campeonatos do Mundo, o ranking concedeu a seguinte pontuação:

      UEFA – 1.0
      CONMEBOL – 1.0
      CONCACAF – 0.88
      AFC – 0.86
      CAF – 0.86
      OFC – 0.85

      Fonte: FIFA