betclicpt
      Rubrica 'O meu futebol em quarentena': Itália

      Diogo Pinto: «Não tenho oportunidade de correr lá fora, então corro nas escadas do prédio»

      2020/04/08 18:13
      Texto por Redação
      E0

      O futebol parou por todo mundo devido ao surto de coronavírus e por todo o mundo há portugueses à espera de ultrapassar esta situação para voltarem a fazer o que mais gostam: jogar futebol.

      Diogo Pinto
      2019/2020
      10 Jogos  529 Minutos
      0   2   0   02x

      ver mais »

      Neste tempo em que o exigido é «ficar em casa», o zerozero foi conversar com vários portugueses espalhados pelos quatro cantos do Mundo para perceber como tem sido este período sem futebol e como têm acompanhado toda esta situação, lá fora e em Portugal. Sempre à distância, claro.

      Da vizinha Espanha à longínqua Indonésia, o mote passa por ficar em casa e ler os relatos da rubrica: «O meu futebol em quarentena».

      • Diogo Pinto, médio do Ascoli, Itália

      zerozero (ZZ): Como tens ocupado o teu dia durante a quarentena?

      Diogo Pinto (DP): Faz um mês que estou de quarentena, saí quatro vezes de casa para ir às compras e uma vez para ir ao banco. O que faço? Quando acordo tento manter rotina de exercícios. Não tenho oportunidade de correr lá fora, porque moro no centro da cidade, então corro nas escadas do prédio. Tento fazer o máximo que posso com o que tenho. O resto do dia ocupo com séries, Playstation até ela avariar. Tenho lido um pouco, tenho aprendido um bocado com os e-books, tenho tentado manter a minha sanidade. Não tem sido fácil [risos].

      ZZ: Que indicações te deu o clube?

      DP: O clube disse logo para não sair de casa, se fosse para irmos às compras para não irmos nós para não corrermos riscos. Depois passaram-nos treinos para fazermos em casa, se conseguíssemos. Tenho tentado fazer esses treinos.

      ZZ: Como é ficar tanto tempo em casa?

      DP: É duro. Estás habituado a ter o esforço físico, chegares a casa cansado, dormires cansado. Para mim foi um pouco difícil, nos primeiros dias estar sempre aqui, ir dormir e não estar cansado. É ir dormir para ficar em casa na mesma. É a parte mais difícil para mim. Estar há um mês sem tocar na bola é inexplicável, acho que nunca estive tanto tempo, nem uma semana, quanto mais um mês.

      ZZ: Que conselhos deixas (livros, filmes, séries...)?

      DP: Tinha jogado FIFA até a Playstation avariar [risos]. Na Netflix vejo Peaky Blinders, Casa de Papel, essas séries são as melhores para mim. Tenho tentado ler um pouco também, qualquer coisa é melhor do que estar sem fazer nada.

      ZZ: Tens mantido contacto com os teus colegas e o que conversam?

      DP: Sim, tenho mantido mais contacto com os jogadores mais próximos. Tenho outro português que tenho mantido contacto por vídeo quase todos os dias, alguns colegas meus também me ligam quase todos os dias a perguntar como estou, estão um bocado preocupados porque estou noutro país. É a primeira vez que estou noutro país e apanhar uma situação destas... têm me tratado super bem. O maior problema é que ninguém oficializa nada, estamos sempre à espera do que não vem. Há umas semanas era para saber se a quarentena acabava, agora é se cancelam o campeonato, só que ninguém sabe. Só paira a indecisão, mais nada.

      ZZ: Como tens acompanhado a situação em Portugal?

      DP: Todos os dias falamos por vídeo com a família. Temos acompanhado à distância e ficamos com o coração nas mãos, não queremos que a situação fique igual à de Itália, é a única coisa que peço e que tenham mais cuidados do que tivemos cá quando isto chegou. O problema aqui é que ninguém levou isto a sério ao princípio, principalmente lá em cima [norte de Itália], e agora está em todo o lado.

      ZZ: Como está a situação em Ascoli?

      DP: Sei que já houve algumas mortes - entre os 30 e os 50 anos. Ascoli não é uma cidade muito grande, tem cerca de 100 mil habitantes. Não há ninguém na rua. Eu moro no centro da cidade, estou habituado a ter duas ou três mil pessoas nas ruas e nas praças, agora estão completamente vazias, também pelo trabalho da polícia, que está à procura das pessoas para multar. Não tenho visto ninguém nas ruas quando vou às compras, só uma ou duas pessoas, é um bocado estranho para mim. Tenho uma folha, que o proprietário da casa me deu, é como se fosse um termo de responsabilidade a dizer que vou às compras. Tenho de ter aquilo assinado por mim e uma justificação onde vou ou onde não vou. Se a polícia me mandar parar mostro o formulário e já sabem que vou às compras, mas eu também não tenho ido às compras, é a minha namorada que vai porque sou do grupo de risco, tenho asma e tenho ficado em casa e ela tem ido.

      ZZ: Como contas regressar à competição? Tem sido fácil manter a forma?

      DP: É muito difícil. Estava habituado a fazer um trabalho em casa que era complementar - abdominais, core, mobilidade -, agora tento adicionar cárdio e a única coisa que consigo fazer é correr nas escadas do prédio onde não está ninguém. Tenho feito sprints até ficar cansado para tentar mexer e manter a forma. Acho que a forma não está péssima, tenho trabalhado quase todos os dias, descanso uma vez por semana, mas se estivesse a treinar estava muito melhor.

      ZZ: Quando isto acabar, qual é a primeira coisa que queres fazer?

      DP: Comer sushi fora, já tenho saudades, está tudo fechado, não há entregas, é das primeiras coisas que vou fazer [risos]. Aqui só há alguns supermercados que entregam em casa das pessoas, nada de mais.

      • A mensagem de Diogo Pinto:

      Portugal
      Diogo Pinto
      NomeDiogo Costa Pinto
      Nascimento1999-06-29(20 anos)
      Nacionalidade
      Portugal
      Portugal
      PosiçãoMédio (Médio Centro) / Avançado (Extremo Esquerdo)

      Fotografias(2)

      Comentários (0)
      Gostaria de comentar? Basta registar-se!
      motivo:
      EAinda não foram registados comentários...
      Tópicos Relacionados
      Jogador
      Equipa
      SIMULADOR ZEROZERO
      CASHBACK
      Se falhar a sua aposta múltipla entre sexta e domingo o Casino Portugal devolve-lhe até 100€ para voltar a apostar.
      CONSULTE AQUI AS CONDIÇÕES
      OUTRAS NOTÍCIAS
      Futebol Espanhol
      La Liga deve regressar por essa altura
      Horas depois da polémica que envolveu os jogadores do Sevilla, Javier Tebas veio a público revelar os planos para o regresso do futebol espanhol e o Sevilla está envolvido.
      ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
      JU
      justo2 25-05-2020, 03:03
      Drifter 25-05-2020, 02:20
      TG
      TGQ08 25-05-2020, 02:13
      ReturnoftheEagle 25-05-2020, 02:12
      Chama--Portista 25-05-2020, 02:03
      Chama--Portista 25-05-2020, 01:59
      newone21 25-05-2020, 01:56
      ReturnoftheEagle 25-05-2020, 01:53
      ReturnoftheEagle 25-05-2020, 01:48
      ReturnoftheEagle 25-05-2020, 01:32
      ReturnoftheEagle 25-05-2020, 01:27
      ReturnoftheEagle 25-05-2020, 01:21
      newone21 25-05-2020, 01:13
      ReturnoftheEagle 25-05-2020, 01:07
      JU
      justo2 25-05-2020, 01:05
      JU
      justo2 25-05-2020, 01:01