história
Clubes

Vitória de Guimarães

Texto por João Pedro Silveira
l0
E16
O Vitória Sport Club nasceu do sonho que um profundo apaixonado pelo beautiful game partilhou com dezenas de jovens vimaranenses. Ao longo de uma longa história o Vitória emergiu como potência número um do futebol minhoto.

Apoiado por uma das mais apaixonadas e apaixonantes massas associativas do nosso futebol, o Vitória sabe que será sempre entusiasticamente suportado. A história fala por si: jogue no Afonso Henriques, ou em qualquer outro campo do mundo, jogue no céu ou no inferno, o Vitória terá sempre o apoio incondicional dos vitorianos.

 
A fundação
 
O Vitória Sport Clube começou na zona do Toural em 1922 por influência de António Macedo, dono da «Chapelaria Macedo», que era um apaixonado e profundo conhecedor de futebol, uma modalidade que ainda dava os primeiros passos no «berço da nação».
 
Aos Domingos, depois da missa, reuniam-se na «Chapelaria Macedo» um conjunto de homens e rapazes que escutavam maravilhados as prédicas do anfitrião que, não raramente, terminavam com belíssimas patuscadas com suculentos rojões bem acompanhados com fresquíssimo vinho verde.
 
A um cada vez maior número de participantes estimulou a ideia de se organizarem pequenos jogos e treinos o que tornou a necessidade de fundar um clube algo de premente para o grupo que se reunia regularmente com tanto entusiasmo.
 
António Macedo foi escolhido para presidente do clube, cargo que acumulava com o de treinador e também algumas vezes com o o de jogador e inclusive árbitro.
 
Com Macedo faziam parte deste núcleo fundador os irmãos Pires, o Sargento Afonso Dória, Domingos Nobre, Domingos de Magalhães, Mariano Felgueiras (filho), Zeca Neves, Avelino Dantas, José Jorge, Arlindo Ribeiro e Rodrigo Graça.
 
Tal como outros clubes nesses tempos o Vitória começou com a casa às costas, actuando em diversos pelados e ervados da cidade. Começou pelo Campo José Minotes, mas a 7 de Junho de 1925 mudou-se para o Campo da Perdiz no lugar da Atouguia. Em 1932 passou para o Campo de Benlhevai onde actuou até 1945 quando nova mudança levou o clube a atravessar a ponte de Santa Luzia e jogar na Amorosa.
 
Seria apenas em 1965 que foi inaugurado o Estádio Municipal, mais tarde conhecido por Afonso Henriques.
 
O Vitória fundou a a A.F. Braga juntamente com o Sporting de Braga em 1922.
Durante as duas primeiras décadas o clube foi crescendo comedidamente, tornando-se no fim dos anos 30 uma das melhores equipas do distrito.
 
A ascensão
 
Em 1935 disputa pela primeira vez o campeonato da II Liga. Sete anos depois estreia-se na I Divisão onde se manteve catorze épocas seguidas. Nos campeonatos iniciais o melhor que os vitorianos conseguiram foi um sexto lugar em 1949, mas na Taça de Portugal, logo em 1941, chegaram à sua primeira final que perderam com o Belenenses no Estádio do Lumiar, em Lisboa.
 
Após um 14.º lugar em 1954/55 e respectiva despromoção, os vimaranenses disputaram o campeonato da II Divisão durante três épocas. De regresso ao escalão maior o Vitória conseguiu logo um quinto lugar.

Nas épocas seguintes consegue ficar sempre nos dez primeiros lugares, conseguindo inclusivamente ficar em quarto em três épocas distintas: 1960/61, 1963/64 e 1965/66.
 
Na Taça em 1962 chega à meia-final e no ano seguinte volta à final, onde, no Jamor, para tristeza dos seus adeptos, perde com o Sporting por 0x4.
 
Em 1968/69 os vimaranenses voltam a subir um degrau na sua história conquistando um brilhante terceiro lugar. Em 1970 e 1971 os vimaranenses participaram nas competições europeias conseguindo sempre atingir a segunda ronda.
 
1975/76 marca a chegada do Vitória à terceira final da sua história, tendo o Boavista como adversário num jogo disputado no Estádio de Alvalade. Novamente a sorte foi madrasta para a equipa vitoriana e o Guimarães perdeu com os axadrezados por 1x2.
 
Os anos 80 com Pimenta Machado ao leme, são a era dourada do futebol vitoriano. No campeonato o melhor resultado foi um terceiro lugar atingido por uma bela equipa comandada por Paulo Autuori onde pontificava Paulinho Cascavel que fez a delícia dos adeptos vimaranenses em 1986/87.
 
Acrescem-se mais três quartos lugares no campeonato e nova final da Taça - mais uma derrota, desta vez por 0x1, com o FC Porto - como resultados de destaque.
 
Na época seguinte e como o FC Porto além da Taça tinha conquistado o Campeonato, o Vitória pôde disputar a Supertaça com os azuis-e-brancos. Uma vitória por 2x0 em Guimarães e um empate a zero nas Antas valeram o primeiro título nacional para as cores vimaranenses.
 
Europa
 
Na Europa, os anos 80 foram de presenças constantes, destacando-se a campanha de 1987 em que o Vitória atingiu os quartos-de-final da Taça UEFA após eliminar o Atlético de Madrid, Sparta Praha e Groningen. O sonho acabaria às mãos dos alemães do Mönchengladbach.
 
Dois quartos lugares (1990, 1995) e um terceiro lugar em 1998 marcam a década seguinte onde o Guimarães cimentou a sua posição como clube com presenças regulares na Europa.
 
O novo século trouxe um Guimarães menos pujante, perdendo o «comboio» europeu durante oito épocas seguidas e culminando esse processo com uma surpreendente despromoção em 2005/06, pondo fim a uma permanência entre os grandes que se estendia desde 1958, o que tornava o Vitória no clube com mais presenças no primeiro escalão a seguir aos três grandes.
 
Após um ano no inferno o Vitória voltou ao seu devido lugar e surpreendeu tudo e todos ao ultrapassar o Benfica na corrida pelo terceiro lugar e conseguiu uma histórica e inédita qualificação para a Liga dos Campeões.
 
Contudo, uma exibição menos conseguida no Afonso Henriques e uma arbitragem infeliz em Basileia, ditaram o afastamento vitoriano e a permanência em prova dos suíços do Basel.
 
Finais e finalmente a conquista
 
Em 2010/11 os vitorianos chegaram uma vez mais ao grande jogo do Jamor. Contudo, mais uma vez, a maldição da Taça falou mais alto e o Vitória saiu vergado a uma das derrotas mais pesadas de sempre numa final da Taça: 2x6 contra o FC Porto.
 
Após décadas de história gloriosa o Vitória volta a lutar pelos lugares cimeiros, apoiado pela sua massa associativa, uma das mais leais e dedicadas do país, que faz com que o Vitória Sport Clube seja a seguir aos três grandes o clube que arrasta mais adeptos aos estádios de Portugal.

A 26 de Maio de 2013 a equipa da cidade berço consegue a sua primeira Taça de Portugal, batendo o Benfica por 2-1, numa reviravolta em dois minutos que fez o topo sul do Estádio do Jamor e a cidade de Guimarães transbordar de euforia.
Comentários (17)
Gostaria de comentar? Basta registar-se!
motivo:
TH
Guimarães
2015-10-26 21h05m por theSCOUT
Esqueceram-se de dizer que o clube foi chamado de Vitória em homenagem ao já existente Vitória Futebol Clube. Portanto se não fossemos nós hoje seriam o Sporting Clube de Guimarães ou o Futebol Clube de Guimarães ou uma coisa assim.
P8
Not Autuori
2015-09-22 10h33m por P8K1G3
Em 1986/87 Autuori era adjunto de Marinho de Peres.
Em 1989/90 Autuori conduziria o Vitória à melhor 1. ª volta de que há memória, mas fruto de lesões de jogadores importantes, a equipa acabaria por quebrar na 2. ª volta e perder a luta pelo 1. º lugar terminando em 4. º e perdendo a presença no Jamor no 2. º jogo em casa com E. Amadora.
VSC
2015-09-22 09h26m por JoseAlberto
O símbolo mais lindo do mundo!!!
ZeroZero
2014-08-23 10h14m por LadyMikoto
Correcção:
O Vitória de Guimarães desceu em 2005/06, não em 2006/07, que foi a época em que esteve na II Liga.

E em em 2007/08 é que ficou em 3º à frente do Benfica.
Agradecimento
hm por zerozero.pt
Muito obrigado. A notícia foi alterada com base no comentário abaixo.
AD
http://vitorias empre. net/sobre/histo ria/
2014-08-17 16h39m por aduarte61
História: Site Oficial
O Vitória Sport Clube não nasceu em nenhum ano concreto, mês, dia ou hora. Ele constituiu, apenas, um dos muitos grupos organizados de futebol que a juventude Vimaranense dos anos 20 – a juventude privilegiada, estudantil e filha da sociedade industrial e proprietária que dirigia a terra – fundou para ocupar os seus tempos de lazer e da prática de cultura física.
O ano de 1922, consagrado na história do clube como o ano da fundação, representa, quan...ler comentário completo »
Parabéns, apenas tenho que acrescetar que
2013-05-27 22h55m por zecfpereira
Se a quantidade de adeptos medisse a dimensão de um clube então eu diria que os clubes da Indonésia e da Índiasão dos maiores clubes do mundo. Juízo. Há que raciocinar.
FE
Parabéns Grande Vitória de Guimarães
2013-05-27 22h23m por festafutebol
É com esses feitos - vencer os grandes - que se ganha notoriedade, quanto mais numa partida decisiva. Toda esse envolvência, a forma como todos cohabitaram é um grande exemplo, porque a grandeza vem dos pequeninos. Ser Grande, recolher às cabinas sem o clube vencedor receber a taça, evitar um gesto de simpatia ao Sr Presidente da Republica, é de uma pequenez e falta de educação, que assenta bem a qualquer dos frustrados. Onde está a grandeza. Nestas atitudes! è melhor procurar outros ...ler comentário completo »
já está
2013-05-27 22h17m por Dachau
a taça é nossa! para a história!

venham mais!

Na Derrota ou na Glória!
NA
VITÓRIA!
2012-09-22 18h12m por nandinho77
PARABÉNS GRANDE VITÓRIA!
Vitoria
2012-09-22 16h41m por DinisMessi10
Parabéns !
Grande Vitória !
2012-09-22 16h38m por divsc
exelente texto :) PARABÉNS VITÓRIA !
VSC
2012-09-22 16h36m por Anti-3-estarolas
Parabéns ao meu Vitória, está a ficar velhinho ;) parabéns também ao zerozero pelo texto. AMO-TE VITÓRIA
vitoria
2012-09-22 16h10m por joao_91
bonito artigo sobre a historia deste grande clube.
adeptos
2012-09-22 15h53m por vitoriasc1922
Em vez de estar escrito. . . "que faz com que o Vitória Sport Clube seja a seguir aos três grandes o clube que arrasta mais adeptos aos estádios de Portugal. " devia estar escrito que o VSC é o clube que arrasta mais adeptos provenientes de Guimarães aos estádios de Portugal. Porque, para infelicidade do futebol português, os adeptos dos 3 que costumam ganhar mais vezes são maioritariamente de fora das suas cidades. Como exemplo, basta ver que aqui a Guimarães vêm muitos adeptos benfiquistas. . . de Braga.
LO
VSC
2012-09-22 14h28m por lordelo
Grande Vitória!
SO
parabens
2012-09-22 10h53m por soumoreirensepah
Interessante, o Artur Soares dias ontem deu uma prenda e tudo xD
SI
VSC
2012-09-22 10h48m por sirious09
Uma Equipa, Uma História, Uma Cultura, Uma Tradição, Um Simbolo, Um Povo, Uma Paixão!
Estádio
Estádio D. Afonso Henriques
Lotação30000
Medidas105 x 68 m
Inauguração1965