Error message here!

Error message here!

Esqueceu-se password?

Perdeu a password? Introduza o seu endereço de email. Irá receber um link para criar uma nova password.

Error message here!

Voltar ao login

Odds
MarrocosMarrocos
HolandaHolanda
Al AinEmirados Árabes Unidos
IrãoEsteghlal Tehran
Kawasaki FrontaleJapão
TailândiaMuang Thong Utd
história
Grandes jogos

Portugal x França: Quarenta anos depois

2015/09/03 18:10
Texto por João Pedro Silveira
l0
E0
Quarenta anos depois Portugal voltava a jogar uma meia-final de um Campeonato do Mundo. Em 1966 Eusébio e companhia não tinham conseguido fazer frente à superior classe de Bobby Charlton e Bobby Moore. Portugal quedara-se eliminado na sua estreia num mundial, tão perto da final...

40 anos depois dessa derrota em Londres, Portugal entrava em Munique com a esperança de jogar a sua primeira final de um mundial. Para tal precisava vencer a França de Zidane, que quatro anos antes eliminara Portugal na meia-final do Euro 2000. Mas tal como acontecera em 1966, a equipa parecia entrar tolhida pela responsabilidade do momento. Figo, Cristiano Ronaldo e restante equipa entrava tensa, parecia acusar o peso da história. 

Primeira parte

Nem um minuto tinha sido jogado e já Malouda fugia a Miguel ameaçava Ricardo. Portugal entrara adormecido, mas reagiu e acordou. Deco remata para a primeira defesa incompleta de Barthez, Pauleta chegou atrasado e o resultado manteve-se em branco. Mas ficava o aviso.

Maniche pega na bola e remata com perigo aos oito minutos. Aos 13 é a vez de Ribery deixar em Abidal para este cruzar da esquerda. Henry chega atrasado por centímetros... No banco Scolari respirava fundo...

O jogo entrou numa toada diferente. As equipas abrandaram e a França parecia estar por cima. Portugal, tentava em vão lançar o contra-golpe, até que aos 31 minutos Henry é tocado por Ricardo Carvalho e o uruguaio Larrionda apontou para a marca de onze metros. Zidane pegou na Bola e olhou a baliza de Ricardo.

Depois de se ouvir o apito, o mago franco-argelino partiu decidido para o esférico e fez o 1x0. A França estava na frente. 

O mesmo destino

Portugal tinha 45 minutos para evitar o mesmo destino que 1966, 1984 e 2000, mas o segundo tempo começou como o primeiro, com um francês (Henry) a fugir à defesa portuguesa. Desta feita valeu Ricardo.

Assustados, os portugueses respondem por Pauleta, mas a bola vai à malha lateral da baliza de Barthez. A França recebe o "aviso" e quase não deixa Portugal jogar.

No relógio o tempo voava, aumentando o desespero no banco de Portugal e junto dos adeptos que na bancada iam esmorecendo no apoio. Só aos 35 voltava a haver um momento de frisson com o livre de Cristiano Ronaldo a ser novamente defendido de forma incompleta por Barthez e com a bola a sobrar para Luís Figo, que inacreditavelmente não conseguiu aproveitar e cabeceou por cima da barra. 

No banco Scolari levava as mãos à cabeça, enquanto Cristiano Ronaldo não queria acreditar no que os seus olhos viam. Até ao fim houve pouco Portugal para uma França tão segura e só no último minuto voltou a haver perigo, com a bola a sobrar num ressalto para Fernando Meira, que rematou muito por alto, para a profundo alívio de Raymond Domenech. 

Capítulos
Comentários (1)
Gostaria de comentar? Basta registar-se!
Motivo:
sl
correcção
2017-05-05 14h39m por slb_pride
'Para tal precisava vencer a França de Zidane, que quatro anos antes eliminara Portugal na meia-final do Euro 2000'.

Na verdade foi seis anos antes (2000-2006).
jogos históricos
U Quarta, 05 Julho 2006 - 20:00
Allianz Arena
Jorge Larrionda
0-1
Zinedine Zidane 33' (g.p.)
Tópicos Relacionados
Estádio
Allianz Arena
Lotação75021
Medidas105x68
Inauguração2005