história

1946/47: Uma nova era

Texto por João Pedro Silveira
l0
E0
A época de 1946/47 marca o começo de uma nova era no futebol português. O treinador do Sporting, o inglês Robert Kelly reunia em campo um quintento que faria história: José Travaços, Jesus Correia, Albano Pereira, Manuel Vasques e Fernando Peyroteo, conhecidos como «os Cinco Violinos».
 
O Sporting foi campeão com seis pontos de avanço sobre o eterno rival, o FC Porto ficou em terceiro e o campeão em título Belenenses afundou-se no quarto lugar. O campeonato foi um passeio para os sportinguistas que apontaram ao todo 123 em 26 jogos, um recorde que passadas tantas décadas ainda perdura e promete durar....
 
Em casa, os leões dizimaram a concocorrência: Benfica (6x1), FC Porto (3x2), Belenenses (3x0), Estoril (5x0), text.php?id=74 (8x0), Atlético (9x2)... Fora sofreram derrotas em visitas aos vizinhos Benfica e Belenenses. Fernando Peyroteo brilhou com um novo recorde de golos num campeonato: 43! 
 
Esta edição também ficou na história por ser a primeira com 14 clubes, dando sequência à época anterior, passou a haver descidas e subidas de divisão e nunca mais os diversos campeonatos regionais serviram como qualificação para o Campeonato da Primeira Divisão.
 
A Sanjoanense foi o primeiro 14.º classificado da história do Campeonato, terminando o campeonato com somente cinco pontos a uns inacreditáveis doze pontos do penúltimo, o Famalicão, que terminou a prova com 17 pontos. 
Capítulos
Comentários (0)
Gostaria de comentar? Basta registar-se!
motivo:
EAinda não foram registados comentários...