história
Clubes

Riopele

Texto por Álvaro Gonçalves
l0
E1
Clubes empresa

Ao longo da história do futebol, inúmeras são as ligações entre o mundo empresarial e o Desporto Rei. A primeira ligação óbvia surgiu na Inglaterra, quando o futebol "fugiu" das escolas e colégios e foi acolhido pelos proletários.

Trabalhadores de fábricas de norte a sul de Inglaterra adoptaram o jogo e os patrões rapidamente perceberam a vantagem de dotar as suas fábricas de clubes desportivos que reforçassem o espírito de equipa e a solideriadade entre trabalhadores.

Com o passar dos anos, diversos clubes nasceram no seio de empresas e ainda hoje estão ligados às mesmas, como o PSV na Holanda e o Bayer Leverkusen na Alemanha. Outros, há muito que perderam essa ligação à casa mãe, como é o caso do Arsenal de Londres, do Zenit de São Petersburgo ou do Boavista, que nasceu como uma equipa da Fábrica Graham no Porto.

O caso português

Em Portugal, talvez o mais famoso dos clubes-empresas tenha sido a CUF, mais tarde Quimigal e hoje em dia conhecido por Fabril, mas já sem ligação ao grupo que Alfredo da Silva tornou numa instituição nacional, outros seguiram o caminho da CUF, como foi o caso da Torralta ou do Riopele. 

Este último, foi fundado em Pousada de Saramagos, uma freguesia do Concelho de Vila Nova de Famalicão por iniciativa dos proprietários e dos funcionários da Fábrica Têxtil Riopele SA, corria o ano de 1958. 

Jorge Jesus fez parte da única equipa do Riopele que participou na 1.ª Divisão
As primeiras equipas do clube eram compostas unicamente por trabalhadores da empresa. Com o passar dos tempos, passaram a ser admitidos os familiares dos trabalhadores nos escalões de formação, alastrando-se a área de recrutamento aos habitantes da região.

Com o apoio da direção, a secção de futebol começou a colecionar sucessos subindo até à segunda divisão. A empresas servia como chamariz para contratar novos jogadores, com uma promessa de um emprego na empresa, que permitia a jogadores de outras partes do país, mudarem-se para à região e abraçar o profissionalismo. 

Os sucessos do Riopele nos escalões mais baixos chamaram jogadores de vários pontos do país, sendo que esses eram aceites na equipa de futebol e tinham como sustento o trabalho realizado na empresa.

A passagem pela primeira divisão

O ponto mais alto do clube aconteceu em 1977/1978, quando participou pela primeira e única vez na primeira divisão.

A estreia aconteceu a 4 de setembro de 1977 e logo com uma vitória por 2x0 sobre a Académica. Nas três jornadas seguintes conseguiu dois empates sem golos fora de casa com o SC Braga e o Estoril, tendo ainda vencido em casa o Vitória de Setúbal por 2x1. As primeiras quatro rondas foram bastante positivas mas uma série negativa de seis derrotas consecutivas deitaram por terra o bom trabalho conseguido no início da prova.

Assim, sem nunca conseguir uma regularidade de bons resultados ao longo da época, o Riopele acabou o campeonato no penúltimo lugar, apenas à frente do Feirense, com 21 pontos, acabando por descer de divisão. A despedida aconteceu em casa, frente ao Benfica, jogo que os encarnados venceram por 4x1.

Estrelas e o fim

De referir que dessa equipa do Riopele que participou na primeira divisão fazia parte Jorge Jesus, atual treinador do Benfica, e que, enquanto jogador, também representou o Almancilense, Benfica Castelo Branco, Atlético, Estrela da Amadora, Farense, Vitória de Setúbal, União de Leiria, Juventude de Évora, Belenenses, Sporting, text.php?id=74 e Peniche.

Uma das pérolas da formação do Riopele seria Vítor Paneira, um ala que faria furor ao serviço de Benfica e Vit. Guimarães. 

Após ter regressado, em 1978, ao segundo escalão, o Riopele nunca mais conseguiu voltar ao convívio dos grandes e acabou por ser extinto em 1985, 27 anos depois de ter sido fundado, pondo fim a um do mais bem-sucedidos projetos empresariais na área do desportiva no nosso país. 

Comentários (3)
Gostaria de comentar? Basta registar-se!
motivo:
SL
Riopele
2014-12-29 20h21m por slbparasempre
Pena não existir agora !!
SL
Riopele
2014-12-29 20h16m por slbparasempre
Pena de não existir agora a riopele
MA
vitor paneira
2014-12-21 21h43m por maxi_abrema
vitor paneira e atualmente treinador do VARZIM S. C
Tópicos Relacionados
Estádio
Parque de Jogos José Dias de Oliveira
Parque de Jogos José Dias de Oliveira
Portugal
Pousada de Saramagos - VN Famalicão
Lotação3000
Medidas-
Inauguração0