placardpt
      Alemanha 2006
      Grandes jogos

      Itália x França: Un´Estate Italiana

      Texto por João Pedro Silveira
      l0
      E0
      Encontro marcado

      Antes do jogo começar, muitos preconizavam uma final muito tática, com duas equipas expectantes e sem grande emoção, pelo menos nos primeiros minutos. França e Itália, dois vizinhos e velhos rivais, tinham atravessado a competição sem deslumbrar, mas embalando definitivamente para um grande prova quando chegaram à fase eliminatória. 
       
      A Itália bateu a Austrália com dificuldade - e celeuma -, mas depois impôs-se com classe sobre a Ucrânia e a anfitriã Alemanha. Por sua vez, a França puxou dos galões para eliminar, sem espinhasEspanha, Brasil e Portugal

      Dos golos à cabeçada
       
      A verdade é que, com vinte minutos passados, já ambas as equipas tinham marcado. Primeiro a França, depois de um penálti controverso que Zidane apontou magistralmente. Materazzi, que cometera a grande penalidade, empatou com uma cabeçada aos 19 minutos. 
       
      Aos 35 minutos, meio estádio levantou-se a festejar golo, mas a bola, rematada por Luca Toni, esbarrou no ferro. A Itália esteve tão perto...

      O adeus de Zizou 
       
      Na segunda parte, a França andou mais perto do golo, com mais ataques e remates, mas o resultado manteve-se inalterado até ao prolongamento. 
       
      Aos 110 minutos, os autores dos golos envolveram-se numa cena que terminou com a icónica cabeçada de Zidane em Materazzi.

      O argentino Horacio Elizondo não teve contemplações e expulsou Zidane que via um cartão vermelho no jogo que anunciara ser o último da sua carreira. Zizou saiu de cabeça baixa em direção aos balneários, passando ao lado da Taça que ajudara a conquistar oito anos antes.
       
      A consagração italiana

      Até ao fim do jogo não houve golos e a final teve de ser decidida no desempate por grandes penalidades.
       
      A Itália, uma histórica perdedora de penáltis - já perdera assim a final de 1994 e fora eliminada em 1990 e 1998 -, estava decidida a mudar história.
       
      Nenhum italiano falhou, enquanto Trezeguet desperdiçou a sua grande penalidade. Tudo ficou decidido quando Fabio Grosso, que já fora decisivo na meia-final, apontou o penálti que deu a vitória à Squadra Azzurra. 24 anos depois de Madrid, a Itália voltava a conquistar o mundo. Na Alemanha, sempre se vivera o tão esperado verão italiano...

      Capítulos
      Comentários (0)
      Gostaria de comentar? Basta registar-se!
      motivo:
      EAinda não foram registados comentários...
      jogos históricos
      U Domingo, 09 Julho 2006 - 19:00
      Olympiastadion Berlin
      Horacio Elizondo
      1-1
      Marco Materazzi 19'
      Zinedine Zidane 7' (g.p.)
      Estádio
      Olympiastadion Berlin
      Lotação76243
      Medidas105x68
      Inauguração1936