betclicpt
      Vénia ao 3º Anel
      Filipe Inglês
      2020/10/07
      E8
      "Vénia ao 3° Anel" é a visão de um Benfiquista profundamente apaixonado pelo ideal do seu clube, mas por isso exigente e racional com quem momentaneamente o representa. A águia tem sempre que voar alto

      Fechou o mercado de transferências e o plantel do Benfica 2020/21 está definido. Foi um mercado onde o Benfica investiu quase 100 milhões de euros, tornando-o no 6º clube da Europa que mais dinheiro gastou e onde se assistiu a uma inversão de quase 180º na estratégia dos últimos anos de aposta no Seixal e aquisição de jogadores com elevado potencial de desenvolvimento para posterior venda. Sempre se pensava mais no médio/longo prazo e na parte económica do que no impacto desportivo imediato. Desta vez não. Isto apesar de, falhado o acesso à Champions, termos visto o Benfica a desfazer-se dos poucos anéis que tinha, colocando o "net spending" algures nos 30 milhões.

      Fazendo um exercício de análise às entradas e saídas e uma comparação com o plantel da época anterior, poderemos dizer o seguinte:

      Baliza: Vlachodimos continua e isso é uma boa notícia. O guarda-redes que ainda ninguém percebeu muito bem se é grego ou alemão não é Oblak nem Ederson, mas também não é Roberto nem Varela. Não sendo um fenómeno e tendo algumas limitações nas bolas altas e saídas de área, cumpre muito bem entre os postes e dá confiança à defesa. Quanto a alternativas, saiu Zlobin e entrou Hélton Leite, no que parece ser um upgrade. Já Svilar irá passar mais uma temporada a rodar entre o banco e equipa B, numa gestão de carreira que parece desastrosa.

      Laterais: Na esquerda, tudo na mesma, mantendo-se Grimaldo e Nuno Tavares, e na direita apenas saiu Tomás Tavares e entrou Gilberto, ex-Fluminense. Se no lado canhoto me parece não haver problemas (Grimaldo tem o mesmo nível de Vlachodimos: não é Fábio Coentrão nem Siqueira, mas também não é Emerson nem Cortez. Ou seja, não é um fenómeno, mas tem bastantes qualidades) e quanto a Nuno Tavares parece o tipo de jogador que Jesus gosta de potenciar: Forte, ágil e veloz. Terá espaço na Taça de Portugal e na Taça da Liga. Já no lado direito, surge o primeiro e talvez maior alarme no plantel do Benfica. Fez sentido emprestar Tomás Tavares, mas quão limitado será Gilberto se não consegue tirar o lugar a André Almeida? Como é possível o Benfica ir para mais uma época com Almeida a titular? Alguém que, a juntar à qualidade mediana que sempre teve, soma agora uma apatia e uma falta de empenho visíveis? É um jogador completamente acomodado e arrogantemente convencido de que tem muito mais qualidades do que aquelas que tem.

      Centrais: Saiu Rúben Dias e entrou Vertonghen, Otamendi e Todibo. Ferro e Jardel parecem ter pouco espaço. Foi muito triste ver a saída de Rúben Dias para o Manchester City. De forma se calhar algo ingénua, mas muitos adeptos do Benfica acreditaram que Rúben era o "the one", aquele jogador do Seixal que finalmente ficaria vários anos no clube e faria longa carreira no Benfica. Tem todos os atributos para ser um excelente central, um grande líder e um futuro capitão. Perdemos tudo isso. Ganhámos, por outro lado, dois jogadores experientes vindos da Premier League, que, se não tiverem problemas físicos, certamente farão uma bela dupla, e um Todibo que, apesar de jovem, já revelou atributos de qualidade em França, Espanha e Alemanha.

      Extremos: Saiu Jota, manteve-se Rafa e Cervi, entrou Éverton e Pedrinho e há ainda o regresso de Diogo Gonçalves. Aqui o Benfica sai claramente reforçado. Éverton Cebolinha é um craque daqueles que só de vez em quando e em condições excepcionais param no futebol português. Beneficiamos da pandemia para conseguir um valor exequível na transferência e do prestígio de Jorge Jesus no Brasil para aliciar o jogador. Pedrinho também é um "espalha-brasas" que poderá ser interessante em vários jogos. Diogo Gonçalves cresceu no Famalicão e espreita uma oportunidade. Talvez até a defesa direito, quem sabe...

      Médios-Centro: De forma algo surpreendente, o Benfica termina o mercado sem qualquer aquisição para esta posição. Tendo até dispensado Zivkovic e emprestado Florentino e David Tavares. Entre Gabriel, Taarabt, Weigl e Pizzi (Samaris parece mais uma vez relegado a um papel secundário) terá que surgir a dupla titular sob a qual toda a equipa girará. São quatro jogadores de qualidade, sem nenhum ser extraordinário e espanta-me a ausência de um seis puro. Nos últimos 10 anos no futebol de elite, Jorge Jesus nunca dispensou de um "armário" em frente à sua defesa, basta recordar Javi Garcia, Matic, William Carvalho ou William Arão. Contudo, neste Benfica 20/21 não tem nenhum jogador com essas características. Nem parece sequer que tenha procurado obter, ficando a curiosidade de saber como funciona este meio-campo mais fluído de Jorge Jesus.

      Ataque: Saíram Vinícius e Dyego Sousa e entraram Darwin e Waldschmidt. Dyego Souza sempre foi uma carta fora do baralho, mas Vinícius mostrou qualidade que o tornaram no melhor marcador do campeonato, sendo estranho o empréstimo ao Tottenham, mesmo que com cláusula de compra elevada. Seferovic que tanto jogou com João Félix ao seu lado e pouco jogou o ano passado tem mais uma hipótese no plantel do Benfica. É alguém que precisa de ser bem assistido e que a equipa jogue para os seus pontos fortes ou as suas exibições resvalam para a mediocridade. Quanto às entradas, o clube gastou 40 milhões em busca de golos. Waldschmidt parece o típico jogador Alemão: frio, cínico, calculista, inteligente e prático. Já Darwin é um mistério. Em três jogos deu para ver que é um portento fisicamente e que será um diamante em bruto para Jesus trabalhar, mas também que é alguém que parece (pelo menos por enquanto) ter algum decoro em assumir a responsabilidade de finalizar (embora por via disso, já leve a bela quantia de 4 assistências) e naquilo que mais preocupa, parece ter uma relação com a bola algo preocupante para quem é a transferência mais cara da História do futebol Português. É verdade que Mário Jardel ou Óscar Cardozo também não primavam por uma apurada técnica, por isso o uruguaio só tem que começar a marcar golos para esse detalhe ser de pouca importância.

      Em suma, parece ser óbvio que o Benfica terá um plantel significativamente mais forte que no ano passado, com um treinador também ele significativamente melhor, mas com lacunas graves que não foram resolvidas e que poderão vir a ensombrar a temporada Benfiquista. Temporada essa que será semelhante à dos últimos anos: a ter que disputar a glória com um FC Porto que aí estará mais uma vez pronto para fazer mais de 80 pontos no campeonato, o que obrigará a um Benfica sem desleixos e quebras de rendimento como ocorreu na temporada passada.



      Comentários (8)
      Gostaria de comentar? Basta registar-se!
      motivo:
      Análise detalhada ao plantel
      2020-10-08 22h11m por ReturnoftheEagle
      Baliza- estamos muito bem servidos. Odysseas continua a ter dificuldades nas saídas e no jogo de pés, mas tem melhorado muito gradualmente nestes aspetos. Entre os postes, claro, é fantástico e continua a ser um bom titular. Hélton Leite foi dos melhores guardiões da Liga NOS 2019/2020 e é um belíssimo número 2. Svilar, Kokubo ou Fábio Duarte servem para terceira opção.
      Laterais- podíamos estar bastante melhor. Grimaldo é, com a saída de Telles, o melhor lateral na Liga (dispa...ler comentário completo »
      Compras/Vendas
      2020-10-08 16h58m por El-Mago-10
      Há uma diferença entre compras e vendas de 18, 4M que poderá ainda diminuir se forem cumpridos determinados objetivos.

      Neste próximo exercício o Benfica fará 80, 1M e irá pagar 98, 5M. Não é tão dramático como muitos pintam, pelo contrário.

      A equipa ficou claramente melhor: muito mais experiente na defesa onde onde falhou nos últimos anos, e muito mais irreverente na frente.

      Ler malta a dizer que a defesa não ficou forte com 2 jogadores que eram...ler comentário completo »
      MisticaEncarnad a
      2020-10-08 15h03m por ReturnoftheEagle
      Cervi num meio-campo a dois? Não acho que fosse dar resultado. O argentino, apesar de ser raçudo e combativo, não deverá ter, por causa da sua estatura, poder físico para jogar num meio-campo a dois. Neste 4-4-2, é preciso um homem que sabe jogar como '6' e outro que sabe jogar como '8'. Até o podia ver como o jogador mais avançado de um meio-campo a três (embora ache difícil, não creio que ele seja suficientemente criativo para assumir esse papel), mas neste 4-4-2 de JJ ele jogará na ...ler comentário completo »
      DI
      Perceção de benfiquismo
      2020-10-08 11h39m por disteel
      É natural que se pense que o benfica tem melhor plantel que no ano passado, pelo menos a olhar para o espetaculo mediático dos reforços. No entanto, do espalhafatoso cenário de fabulosos talentos do Seixal, JJ vai ficar com um par deles provando que a sua experiência lhe diz que do Seixal não sai lá grande coisa. Para piorar o cenários o benfica requereu os serviços de 2 experientes centrais. Se o do Spurs é para firmar, já otamendi tenho as minhas dúvidas. Não me parece que o eixo com e...ler comentário completo »
      LO
      Minha Análise
      2020-10-08 11h13m por LourencoWOKEN
      GR
      Odysseas é bom titular, Helton Leite é bom suplente, faltou colocar Svilar num clube que lhe dê todos os minutos possíveis porque a equipa B já é curta.
      DD
      C U R T O. Incrível como não contratamos um lateral direito para titular. Gilberto está cá a fazer o quê? Já sinto um nojinho do Almeidinhos neste 2020 ridículo que começou no Dragão quando não foram homens para dar luta num jogo que decidia o título. Diogo Gonçalves pode ter aqui uma oportunidade.
      DC
      ler comentário completo »
      MA
      AA
      2020-10-07 23h01m por manuelamaro
      Antes cair em graça que ser engraçado, sem ser um grande craque o AA tem 281 jogos realizados pelo Benfica já teve vários concorrentes ao lugar desde Gilberto, Tyronne Ebuehi, Sébastien Corchia, Patrick Vieira, Mato Milos, Pedro Pereira, Alex Pinto, Silvio, Luís Filipe, e deve haver mais que nem me lembro a defender é bem melhor que o Grimaldo que deve ser a primeira função de um defesa ou os golos o ano transato que o Ferro foi culpado quantos o Grimaldo também teve culpa. Já cansa de o AA e oPizzi serem sempre os patins feios.
      pedrocm34
      2020-10-07 17h38m por MisticaEncarnada
      Poderá faltar um médio centro caso o Weigl não exploda nesta temporada. Se por acaso assumir lugar no 11, admitimos que "abra" mais uma vaga para a posição de médio centro e quem sabe a temporada termine com Weigl e Gabriel a constituírem o meio campo titular do Benfica. Ainda assim gostaria de ver na equipa uma alternativa ao Gabriel e ao Taarabt mesmo que os dois jogassem na mesma posição.
      Gostava ainda de ver como é que o Cervi se safava no meio campo, fosse num sistema com 3 médios ou com 2.
      PE
      Medio Centro
      2020-10-07 17h27m por pedrocm34
      E não achas que faz falta um médio centro Box to box, com rotação e pulmão? Tarabt e Pizzi são esse médios á imagem de enzo e witsel? A par do defesa direito esta é uma lacuna.
      OPINIÕES DO MESMO AUTOR
      "Discordamos do carácter decisivo que alguns atribuem ao jogo, pois haverá ainda muito por disputar na Liga NOS" - Newsletter do Benfica O pré-clássico ...
      17-01-2021 14:41E4
      Os sinais estavam todos lá. Uma política desportiva mercantilista que nos últimos anos priorizou vendas em vez de sucesso. Uma estrutura sem sensibilidade para o futebol que ...
      24-12-2020 19:38E26
      "Miúdo, és de que clube?" "Sou do Benfica" "Do Benfica!?!? Então como é que isso aconteceu?" Tinha 14 anos e ainda me recordo ...
      08-12-2020 11:09E8
      Opinião
      O sítio dos Gverreiros
      António Costa
      Vénia ao 3º Anel
      Filipe Inglês
      O sítio dos Gverreiros
      António Costa
      O Melhor dos Jogos
      Carlos Daniel
      A preto e branco
      Luís Cirilo Carvalho