placardpt
      Vénia ao 3º Anel
      Filipe Inglês
      2020/08/27
      E9
      "Vénia ao 3° Anel" é a visão de um Benfiquista profundamente apaixonado pelo ideal do seu clube, mas por isso exigente e racional com quem momentaneamente o representa. A águia tem sempre que voar alto

      Vinte e sete dias já passaram desde a final da Taça de Portugal, onde um Benfica em superioridade numérica desde os 38 minutos foi capaz de perder para um FC Porto com uma garra, intensidade e querer que não foi igualado e nem uma palavra fomos capaz de ouvir da "estrutura" sobre tamanho desastre. É que não se tratou de um acidente de percurso, mas sim da cereja no topo do bolo de um descalabro, de um Titanic a afundar-se. Recordo: nos últimos 20 jogos o Benfica venceu 7, empatou 7 e perdeu 6. Um registo digno de uma equipa de meio da tabela.

      E no entanto não houve uma justificação, uma palavra, um mea culpa. No dia seguinte a newsletter do clube saiu-se com um "é tempo de virar a página", que é como quem diz "é tempo de fazer de conta que nada aconteceu". Mas por mais camiões de areias chamados Jesus e Cavanis que nos atirem para os olhos, continua por explicar como um Benfica a respirar aparente saúde financeira foi capaz de perder 2 campeonatos em 3 para um FC Porto intervencionado pela UEFA. Se não dizem eles, digo eu: incompetência. Complacência. Arrogância. E mais algo que se terá passado nas quatro paredes daquele balneário que algum dia venhamos a saber.

      Mas viremos então a página. Jorge Jesus, de quem LFV dizia em 2016 que com ele "não era possível preparar o futuro" está agora de volta e jogadores como Vertonghen de 33 anos chegam à Luz. Isto apesar do mesmo LFV dizer há 4 anos que "vamos passar a comprar muito menos e o Benfica de agora não vai investir no Aimar e no Saviola como fez no passado" O que mudou então? Muitos dirão: o petróleo que o Benfica aparentemente agora encontrou está relacionado com as eleições em Outubro. Até porque em 2018 podia-se ter conquistado um inédito Penta, mas aí a ordem foi vender e nada gastar. Recordemos então mais uma vez palavras de LFV, desta vez em setembro de 2019: "Se estivesse aqui um demagogo qualquer, queria era investir para apresentar uma super equipa, mas imaginem que aquilo não resultava? A queda era grande." Sorte então a do Benfica que não tem um demagogo...

      Cavani foi uma paixão de verão que parece ter terminado em divórcio. Nisto não critico ninguém. Não foi possível, mas gosto de ver o Benfica atrás deste tipo de jogadores. Antes isto que contratações que ninguém entende como Cádiz ou Yony González. De qualquer maneira, Vertonghen, Everton e Waldschmidt parecem ser excelentes reforços e Jorge Jesus é a garantia de qualidade, intensidade e exigência. Tudo aquilo que o Benfica precisava. Sinto-me entusiasmado para a temporada 20/21. Independentemente das razões e do timing, o Benfica parece estar a mexer-se bem este ano. Mas precisa de se mexer mais.

      O FC Porto escreveu um tweet muito infeliz a gozar com a derrota Benfiquista na UEFA Youth League. Nem os miúdos se safam desta rivalidade atroz que os dois clubes vivem. É uma rivalidade feia e o Benfica também não está isento de culpas. Ainda hoje não sei o que me envergonha mais, se o FC Porto ter sido campeão na Luz em 2011 ou o que se seguiu, com as luzes apagadas e o sistema de rega ligado. O clube nortenho vive desta gasolina do "contra tudo e contra todos" e faz do Benfica o seu sol, mas o maior clube Português tem que ter outra matriz e responder de maneira diferente. Como? Dou um exemplo do passado: Em 1988 Pinto da Costa "roubou" Rui Águas e Dito da Luz e gozou o prato dizendo que o próximo treinador do Benfica seria o Papa, porque os do Benfica eram uns anjinhos. João Santos respondeu contratando Ricardo Gomes, Valdo, Vítor Paneira e Vata e o Benfica acabou campeão com 7 pontos de avanço (com a pontuação de hoje seria algo como 13 pontos), para um FC Porto que nada venceu esse ano. É assim que o Benfica tem que voltar a responder: não nos tweets, não nas newsletters, não nas capas de jornais, mas no campo. Ao longo do campeonato e no confronto directo. Investindo tudo o que tem aí. Sendo superior porque tem melhores jogadores e porque, ao contrário de Coimbra, iguala ou superioriza no querer, na garra e na intensidade um rival que será sempre fortíssimo e duríssimo. Isso sim, é responder à Benfica.



      Comentários (9)
      Gostaria de comentar? Basta registar-se!
      motivo:
      Um bom artigo para benfiquistas
      2020-08-28 20h30m por Lazyfox
      e no meu caso particular como portista, concordo na referência à rivalidade. Em Portugal ultrapassa em muito o saudável, entrando muitas vezes em caminhos que unicamente estimulam ódios.

      Contudo, por opções comerciais (entre outras) relacionadas com um maior número de adeptos em Portugal, que admito que o Benfica tem, há um "nacional-benfiquismo" impregnado nos media, na política, na justiça que enquanto existir, vai levar sempre a um movimento de oposição - de guerrilha...ler comentário completo »
      VI
      Filipe Inglês
      2020-08-28 17h55m por vivofutbol
      Eu bem avisei que as suas palavras iriam incomodar por tocarem todaa elas na verdade e nas feridas. Como dizia o outro "eles andam aí" em defesa do Rei Sol, e cada vez com mais força. Infelizmente as ordens são essas, abafar tudo o que possa por em causa o líder máximo. Força e coragem caro Filipe, temos de seguir fortes para resgatar de volta o nosso SLB.
      Parabéns
      2020-08-28 15h36m por 10azero
      Excelente análise, a chave passa por ignorar o ruído que sopra constantemente da Invicta. . . e responder com empenho nos treinos, no campo, com garra e atitude e aí sim, mostrar limpinho limpinho, que é o melhor que o rival.
      Perspetivas
      2020-08-28 11h47m por El-Mago-10
      Vamos por blocos.

      1. O que esperava o autor que a estrutura dissesse? Quando perdemos, analisamos a situação, tentamos perceber o que correu mal para tentarmos corrigir e melhorar. Foi por isso que o BL foi despedido e o JJ contratado. Contradiz-se no artigo porque João Santos nada disse e respondeu com contratações.

      2. Ter dinheiro não é sinónimo de ganhar, senão Man City, Juventus e PSG estariam cheios de Champions. O jogo começa 0-0 e tem uma equipa de...ler comentário completo »
      Parabéns
      2020-08-28 11h20m por joelpereira346
      Sou portista , mas gostei bastante do artigo de opinião , fossemos todos assim tão lúcidos e de certeza que o nosso futebol em Portugal seria melhor
      Filipe Inglês
      2020-08-28 11h12m por LelloMarmello
      Toda a peça . . . mostra o ser Benfiquista . . . e ter olhos e ouvidos sempre bem presentes . . . era perfeito se o actual presidente do SL Benfica a entendesse . . . uma vez que ele não é Benfiquista não esperemos o melhor!!!


      PE
      LourencoWOKEN
      2020-08-27 22h25m por PeterSundays
      Em momento algum esta análise diz que a contratação de Cavani seria má. Aliás, até diz o contrário.

      Leia-se: "Cavani foi uma paixão de verão que parece ter terminado em divórcio. Nisto não critico ninguém. Não foi possível, mas gosto de ver o Benfica atrás deste tipo de jogadores. "

      O que esta análise critica, e bem, é o motivo aparente para este óptimo ataque e atitude do Benfica no mercado de 2020/2021 - Eleições. Isto tudo deve-se apenas à porcaria das...ler comentário completo »
      LO
      Boa Análise
      2020-08-27 21h42m por LourencoWOKEN
      Só discordo com o episódio Cavani, acho que se o Benfica contratasse este jogador, aliando-se às contratações de Weigl, Waldschmidt, Vertonghen e Everton, coloca-se num lote de grandes equipas da Europa que aliciam jogadores ainda melhores e é assim que podemos voltar a colocar o Benfica no topo, valorizando o clube trazendo grandes jogadores, nunca perdendo a esperança no Seixal. Temos que reter o talento por mais tempo para conseguirmos isto, senão, seremos sempre uma empresa.
      VI
      Filipe Inglês
      2020-08-27 21h22m por vivofutbol
      Mais uma excelente analise. Fria, dura e verdadeira. Com sentido de benfiquismo acima de tudo e todos. Seguramente que o rebanho vieirista nao gostará daquilo que aqui foi dito, porque para eles em primeiro sempre o Rei Sol e depois talvez o SLB.
      A fuga vergonhosa desta direçao na falta de explicações para o fracasso miseravel da ultima epoca, a mudança radical de estrategia desportiva e o lançar constantes de novelas e rumores sao á prova de que a falta de vergonha por parte de q...ler comentário completo »
      OPINIÕES DO MESMO AUTOR
      O derby começou de uma forma surpreendente e surreal. Com um contacto da BBC para uma entrevista! Que iriam ter uma equipa durante o fim-de-semana em Portugal a preparar uma reportagem ...
      18-04-2022 13:02E7
      Em 1981 o Liverpool foi campeão europeu após derrotar na final da antiga Taça dos Campeões Europeus o Real Madrid por 1-0. Foi uma tarde gloriosa na rica ...
      08-04-2022 13:11E5
      Quando saiu o primeiro sorteio, a logística parecia simples: viagem de 6 horinhas de carro até Madrid e bora lá defrontar o Benfica de Espanha, o grande Real Madrid. Mas com a ...
      17-03-2022 14:44E1
      Opinião
      O sítio dos Gverreiros
      António Costa
      A preto e branco
      Luís Cirilo Carvalho
      Campo Pelado
      Pedro Jorge da Cunha
      O sítio dos Gverreiros
      António Costa
      O sítio dos Gverreiros
      António Costa