Campo Pelado
      Pedro Jorge da Cunha

      Paulo Fonseca merece esta maravilhosa história

      2024/07/08
      E2
      «Campo Pelado» é o espaço de opinião do jornalista Pedro Jorge da Cunha. Uma homenagem ao futebol mais puro, mais natural, onde o prazer da camaradagem é a única voz de comando. «Campo Pelado».

      * Chefe de Redação 

      «Escolhi o Paços de Ferreira para voltar a ser feliz.»

      Frente a frente com Paulo Fonseca na sala de imprensa da Mata Real, questionei-o sobre a passagem dura e infeliz pelo FC Porto, percebendo também os motivos e a estratégia que o tinham levado a dar um passo atrás: regressar aos castores e reiniciar a subida ao topo.

      Dez anos depois, Fonseca é o novo treinador do AC Milan.

      Sinto-o injustiçado. Não pelo trabalho, pois os resultados e o percurso estão à vista, mas pela mínima cobertura da imprensa especializada. Se outros nomes, mais vaidosos e menos ajuizados, estivessem a chegar a San Siro, quantas emissões televisivas e diretos de amigáveis não se teriam já gasto?

      Nada me liga a Paulo Fonseca, a não ser duas ou três entrevistas e um par de mensagens trocadas. É um senhor, um cavalheiro, respeitador e conhecedor também do trabalho do jornalista.

      A maravilhosa história deste antigo defesa central espanta-me. Pela coerência e convicção. Muitos não sobreviveriam ao falhanço no Dragão, estariam agora em palcos menores e clubes anónimos, mas Fonseca soube respirar fundo e perceber que um passo atrás lhe daria o impulso certo para voltar a saltar.

      Acertou em cheio.

      Paulo Fonseca não é um treinador artificial. Não recorre a trabalhos de pós-produção, alinhamento de chakras ou riffs conceptuais de soundbytes estafados. É um homem de convicções e ideias fortes, um estudioso do futebol, hábil no laboratório e no trabalho de campo.

      Dos pequeninos 1º Dezembro, Odivelas e Pinhalnovense terá levado a capacidade de adaptação aos meios de pele e osso. Do Aves e do Paços, provavelmente a paixão rija das suas gentes. Do FC Porto um mestrado em gestão de egos e do SC Braga a certeza de ser encartado no código tático.

      Já poucos se lembram, mas seguiram-se três anos de casa às costas num Shakhtar sem abrigo e outros dois no clube mais difícil de treinar em Itália, a AS Roma - pelos tiques de grandeza incompatíveis com a leveza de recursos.

      O Lille confirmou-lhe a certeza da sabedoria e o AC Milan, o gigantesco AC Milan, é um maravilhoso prémio de carreira para um treinador habilitado em todos os itens da função.  

      O treinador do AC Milan é português, senhores! Nascido em Moçambique, criado no Barreiro a partir do primeiro ano de vida, um antigo defesa central contratado em 1995 pelo FC Porto ao Barreirense.

      É no AC Milan, no extraordinário Milan de Maldini, Costacurta e Baresi, de Gullit, Van Basten e Rijkaard, de Rivera, Pirlo e Donadoni, que a partir de agora veremos Fonseca.

      O AC Milan de Paulo Fonseca.

      Dez anos depois de aceitar o insucesso no FC Porto, dez anos depois de perceber que o futebol dá sempre mais uma oportunidade a quem lhe é fiel.

      O AC Milan de Paulo Fonseca. Merecem-se um ao outro.

      PS: sensibilizou-me o pin da bandeira da Ucrânia na lapela de Fonseca. Para quem não sabe, a esposa do treinador é ucraniana e deixou no país mártir familiares e amigos. Paulo não se esquece de quem tão bem o tratou, mesmo que em parte da Europa já pareça ser mais fácil olhar para o lado e esquecer os massacres diários da ideologia russa.  



      Comentários

      Gostaria de comentar? Basta registar-se!
      motivo:
      Tudo verdade
      2024-07-12 17h32m por Las
      Não esteve bem no Porto, mas deu um passo atrás para poder dar 20 à frente. Teve a humildade que poucos têm.
      É de facto um excelente treinador e merece esta progressão a pulso!

      Escusava de ter trocado a esposa pela secretária do presidente do Shakthar, por mais bonita que seja.
      MA
      Será?
      2024-07-11 15h17m por Mano_Bambino
      Tenho muitas dúvidas se o AC MILAN voltará a ser o grande AC MILAN nas mãos do Fonseca!
      Mas desejo o melhor a ele, é um exemplo de superação

      OPINIÕES DO MESMO AUTOR

      * Chefe de Redação Harry Kane, capitão da seleção de Inglaterra, depois da derrota na final do Euro24. «Perder um jogo destes é muito duro. Depois ...
      22-07-2024 13:16E16
      * Chefe de Redação Na passada semana, o prestigiado The Athletic abordou-me na perspetiva de obter declarações portuguesas sobre «O Culto a Ronaldo». O ...
      02-07-2024 15:47E16
      * Chefe de Redação Reza a lenda que Giotto, o famoso artista do pré-renascentismo toscano, convenceu o Papa Benedito XI a contratá-lo depois de mostrar ser capaz de ...
      27-06-2024 12:47E11
      Opinião
      Campo Pelado
      Pedro Jorge da Cunha
      A preto e branco
      Luís Cirilo Carvalho
      O sítio dos Gverreiros
      António Costa
      O Melhor dos Jogos
      Carlos Daniel
      Oitava Arte
      Álvaro Costa