placardpt
      Portugal goleado na Noruega

      Vida difícil...

      Está difícil a permanência de Portugal na Liga A. Esta sexta-feira, a seleção nacional foi goleada por 4-0 na visita à Noruega e deixou de depender apenas de si mesma para continuar na luta pela manutenção no principal escalão da Liga das Nações.

      A derrota desta noite deixou a equipa lusa no último lugar do Grupo 2, com três pontos, menos dois do que a turma nórdica. Na última jornada, Portugal tem obrigatoriamente que vencer a França, em Leiria, para poder ainda sonhar com o terceiro lugar e respetivo acesso ao play-off de manutenção. Mas deixou de depender apenas de si: para além de ter de derrotar as gaulesas, a seleção lusa tem de esperar por um desaire da Noruega frente à Áustria.

      Dez minutos resolveram

      Em Oslo, o encontro ficou resolvido relativamente cedo. Portugal apresentou-se sem Kika Nazareth - suplente não utilizada - e Telma Encarnação (ficou na bancada), duas das jogadoras que estavam em dúvida, mas com Lúcia Alves à esquerda da defesa. Do outro lado, as regressadas Ada Hegerberg e Caroline Graham Hansen saltaram, com naturalidade, para o onze inicial e não demoraram a causar mossa.

      No frio nórdico, a equipa da casa entrou com um ritmo bem mais quente na partida e tirou proveito de alguma demora portuguesa na adaptação. A pressionar muito alto e com muita gente nos primeiros minutos, a Noruega forçou vários erros de uma equipa portuguesa nervosa e sem confiança para manter a bola.

      Não foi preciso muito tempo para que a melhor entrada das anfitriãs fosse premiada. Aos três minutos, Marit Lund apareceu sozinha no flanco esquerdo e cruzou de forma milimétrica para uma cabeçada vitoriosa de Hegerberg. Aos oito, Carole Costa cometeu uma grande penalidade com alguma dose de imprudência e ofereceu à avançada do Olympique Lyonnais a chance de bisar, oportunidade que não foi desperdiçada.

      Em menos de dez minutos, Portugal já enfrentava uma desvantagem significativa. Após a avalanche inicial, a Noruega baixou a zona de pressão e isso permitiu que a equipa portuguesa pudesse ter mais bola, mas em terrenos recuados. Sempre que procurou avançar no terreno e entrou na nova zona de pressão definida pelas adversárias, Portugal não conseguiu furar a muralha e ligar com qualidade às unidades mais adiantadas. Como se as dificuldades do jogo já não fossem suficientes, a equipa das quinas perdeu Jéssica Silva, aos 28 minutos, por lesão muscular.

      Segunda parte de gestão e confirmação

      A toada de maior gestão da Noruega manteve-se na segunda parte, sobretudo depois de mais um golo madrugador. Aos 50', Hegerberg estava no sítio certo para emendar para a baliza, após uma primeira defesa de Inês Pereira a um remate de Elisabeth Terland.

      Se dúvidas restassem, o hat-trick da goleadora nórdica fez questão de as desfazer. Os 40 minutos daí em diante eram apenas uma mera formalidade no que diz respeito ao resultado, mas também uma oportunidade para Portugal subir o nível e dar outra imagem em termos competitivos. 

      A melhor ocasião lusa em todo o encontro chegou em cima da hora de jogo: Ana Capeta ganhou a frente do lance a Marit Lund e correspondeu, de cabeça, a um belo cruzamento de Lúcia Alves. Aurora Mikalsen defendeu de forma apertada e negou o golo.

      Seguiu-se a dança das substituições e o jogo perdeu ritmo. As tentativas portuguesas até ao final da partida resumiram-se a remates de meia distância que pouca dificuldade colocaram a Mikalsen. Na outra metade do campo, Terland e Maanum obrigaram Inês Pereira a duas boas defesas, antes de surgir mesmo o quarto golo, já em período de descontos. Bjelde cruzou da direita e Sophie Haug fez valer a maior estatura perante Ana Borges e subiu ao segundo andar para cabecear de forma certeira.

      No momento em que mais necessitava de competir, Portugal realizou, porventura, a pior exibição na fase de grupos da Liga das Nações. Resta à comitiva lusa o encontro da última jornada, em Leiria, onde uma vitória sobre a França pode não ser suficiente para garantir a continuidade na Liga A.

      jogos históricos
      U Sexta, 01 Dezembro 2023 - 18:00
      Ullevaal Stadion
      Ivana Martinčić
      4-0
      Ada Hegerberg 3' 8' (g.p.) 50'
      Sophie Haug 90'

      ESTÁDIO

      Ullevaal Stadion
      Lotação27 200
      Medidas105x68m
      Inauguração1926
      Lances Capitais
      GOLO Noruega!
      Ada Hegerberg marca
      Ada Hegerberg marca o seu 1º golo na prova (1 jogos)
      GOLO Noruega
      Ada Hegerberg marca de grande penalidade!
      Ada Hegerberg marca o seu 2º golo na prova (1 jogos)
      50´
      GOLO Noruega!
      Ada Hegerberg marca
      Ada Hegerberg marca o seu 3º golo na prova (1 jogos)
      90´
      +3
      GOLO Noruega!
      Sophie Haug marca
      Sophie Haug marca o seu 1º golo na prova (5 jogos)
      Positivo
      Ada Hegerberg

      Que bom é ver Ada Hegerberg de volta ao seu melhor, ainda que isso tenha significado um hat-trick frente a Portugal. Sempre oportuna e a não precisar de muitos toques na bola para causar um grande impacto.

      Negativo
      Entrada portuguesa

      Os primeiros dez minutos foram terríveis para a seleção nacional. Portugal foi incapaz de jogar sob pressão, cometeu inúmeros erros e não teve confiança e conforto com a bola no pé. Dez minutos que decidiram o jogo.

      Forma
      Noruega
      2023
      6J
      1V
      2E
      3D
      12-11G
      Portugal
      2023/2024
      4J
      1V
      0E
      3D
      5-8G
      O Árbitro

      Jogo que não colocou grandes dificuldades à arbitragem de Ivana Martincic. Exibição positiva.

      Sondagem
      RESULTADO SONDAGEM
      NORUEGA
      EMPATE
      PORTUGAL
      Comentários (12)
      Gostaria de comentar? Basta registar-se!
      motivo:
      streambach
      2023-12-04 00h08m por GERRARDandRONALDINHO
      Subscrevo totalmente.
      Calma!
      2023-12-03 20h26m por BlackCat
      Calma, pessoal! A nossa equipa feminina não era uma das melhores da Europa antes deste jogo e não passou a ser das piores após este.
      Claro que o jogo na Noruega foi muito mau, também acho a Inês uma guarda-redes com estatura demasiado baixa para este nível, também não percebo porque não joga a Marchão e porque a Carolina Mendes ainda é chamada, tal como não sei o que se passou com a Diana Silva, que não foi convocada por alegados problemas pessoais, mas que fez uma excelente exibiç...ler comentário completo »
      ZY
      Santossantos
      2023-12-03 20h08m por zyxw4321
      Com um selecionador de jeito, ainda tinham sido campeãs do mundo. Primeira experiência de sempre num mundial, e ficar a centímetros de eliminar as crónicas campeãs do mundo é uma vergonha nacional, como é óbvio. E ficar em 4° lugar num grupo onde éramos a seleção pior cotada é razão para rolarem cabeças. Não ganham à França porque não querem, não é por outra razão qualquer.
      SA
      streambach
      2023-12-03 19h55m por santossantos
      Leio certas críticas à selecção e nem sei o que dizer, há pessoas que devem ter-se convencido que a Capeta joga no Bayern, a Norton no Lyon, e por aí fora.

      Ranking:
      2014: 42º
      2019: 30º
      2023: 19º - E atenção, a meros 10 pontos do 17º lugar.

      Mas se calhar a selecção com um Deus do futebol no banco estava em 10º a arrasar as Noruegas deste mundo.
      leoribeiro47@ho tmail. com
      2023-12-03 14h03m por streambach
      Para os dirigentes do futebol feminino só há um treinador no mundo para treinar a seleção. Talvez porque ele está sempre a dizer que a seleção está a crescer. Cresce quando perde, cresce quando ganha, cresce quando empata enfim está sempre a crescer. Não foi isso que se viu com a Áustria e com a Noruega. Mas continua a ser o maior, o preferido porque fabrica umas desculpas tão bem estruturadas que até embevece. Arranjem um treinador ou treinadora decente. E, já agora, mudem também os dirigentes.
      MisticaEncarnad a
      2023-12-02 23h29m por GERRARDandRONALDINHO
      A gestão do plantel da equipa masculina, principalmente nos jogos decisivos, mostra precisamente o contrário. Mostra que a valorização da Liga das Nações, desde a conquista inicial, foi claramente em decrescendo. [Ex: jogos contra Espanha, França, 2º jogo contra a Suíça. . . ]
      E estamos a falar da prova que Portugal teria CLARAMENTE mais chances de conquistar nos próximos 10 anos pós-Euro2016/LN2018. . .

      Relativamente ao feminino. . . Uma equipa que está a querer a...ler comentário completo »
      LE
      Treinador
      2023-12-02 22h26m por leicestervardymahrez
      Mania esta de jogar sem extremos tendo 2 laterais que mal atacam e uma com o pé trocado do lado esquerdo quando tem a Marchão no banco.
      GERRARDandRONAL DINHO
      2023-12-02 20h57m por MisticaEncarnada
      Não creio que Ligas das Nações enriqueçam muito o palmarés da seleção nacional, mas isso sou eu, é a minha visão como adepto. A desvalorização da competição, para a seleção, como equipa, não aconteceu, basta ver as prestações de Portugal no Mundial de 2018, EURO 2020 e Mundial de 2022 para ver que não foram melhores e uma das edições foi ganha.
      MU
      Portuguesises
      2023-12-02 19h55m por Muadib
      Queria recorda que a selecao feminina de futebol que conseguiu ir ao Mundial ( facto assinalavel dado o amadorismo da modalidade feminina em Portugal) tiveram uma ma prestacao nesse mundial, precisamente pela falta de qualidade e experiencia face a um grupo fortissimo que calhou as nossas moças. Mas o que aconteceu? Chegaram a Portugal e foram logo recebidas pelo Presiente dos afetos, o marcelito, que logo resolveu dar-lhes medalhas. Pergunto: medalhas porque? Foram campeas do mundo? Não! F...ler comentário completo »
      Que venha um novo treinador
      2023-12-02 19h41m por luishenriques729
      Este reinado terminou. Se querem elevar ainda mais o patamar do futebol feminino não será com este treinador. Já no campeonato do mundo tinha demonstrado que era um treinador medroso e temerário. Se tem arriscado a nossa seleção tinha feito um brilharete ao passar num dos grupos mais complicados. Não se percebe a rotação na baliza e noutras posições. Na baliza já se percebeu que a Patrícia ainda é superior à Inês. E determinadas opções, como jogar com uma destra na esquerda, quando tem u...ler comentário completo »
      Deixem-me rir
      2023-12-01 23h41m por Zarokmaster1
      Estas jogadoras ganharem á França seria uma escândalo
      11 inicial incompreensível . . .
      2023-12-01 22h50m por GERRARDandRONALDINHO
      Já não posso ver este treinador à frente. . . Estas jogadoras merecem mais.
      Atira a Lúcia para a titularidade num jogo destes, mete a Tatiana à direita e não ao centro sabe-se lá porquê, a Kika não joga ninguém sabe porquê. . . está a perder 2-0 aos 8' não mexe logo na equipa. . . . hoje lembrou-se de atirar lá para dentro a Ana Dias aos 28' quando praticamente não lhe tem dado minutos nenhuns. . . Aos 79' mete a Andreia Faria e a Carolina Mendes. . . a Carolina Mendes que TODA A GENTE...ler comentário completo »

      OUTRAS NOTÍCIAS

      SCUTxFCP em direto!
      Começou a partida Acompanhe aqui o Torreense x FC Porto em direto e ao minuto, com todas as estat?ticas e as curiosidades mais interessantes.