Casa do Barcelona está a sofrer mudanças

FC Porto vai a Barcelona, mas não ao Camp Nou: porquê?

Quem passa, hoje, junto aos Jardins de Bacardí ou anda pela pela Avenida de Joan XXIII, não reconhece aquele que é um dos estádios mais conhecidos e emblemáticos do mundo do futebol. Em maio deste ano, o Camp Nou começou um processo de renovação como nunca antes tinha sido alvo, o que obrigou o Barcelona a ficar temporariamente afastado da sua casa.

Construído em 1957, o mítico Camp Nou foi praticamente intocado ao longo dos anos - salvo as habituais obras de manutenção do estádio -, o que faz desta a maior reforma da história deste potente recinto desportivo, que tantas estórias e emoção tem pelas suas «costuras». Apesar disso, a direção ouviu as (regulares) críticas da parte dos adeptos que visitavam o estádio e percebeu que era o momento de renovar, seguindo a linha editorial de outros grandes europeus nos últimos anos, como o Manchester City, Tottenham ou até o rival Real Madrid.

O projeto nasceu em 2018 e terá um custo de, aproximadamente, 1,45 mil milhões de euros, um grande investimento, ainda para mais tendo em conta a situação financeira do clube nos últimos anos. Agora, o azul e grená das bancadas passa quase despercebido ao lado das gruas que vão pintando e povoando os recantos do estádio e até o manto verde onde tantas lendas passaram já foi retirado, assim como o mítico 3º anel.

De resto, a imprensa espanhola até diz que essa mesma relva será usada para criar, de forma sustentável, um conjunto de pedras preciosas num processo de carbonização em apenas uma semana. A coleção chamar-se-á Etern Spotify Nou Camp 1957, em homenagem ao nascimento do estádio. A isto junta-se ainda a recente venda de vários dos bancos retirados ou até pedaços dessas mesma relva, para que os adeptos tenham a sua pequena recordação do Camp Nou original.

«É um impacto, e a primeira sensação que gera é a nostalgia. Mas, depois de passear e ver o ritmo das obras, que estão a ir bem, dá uma sensação de esperança e alegria porque estamos a realizar um sonho coletivo do povo de Barcelona», afirmou Joan Laporta, presidente blaugrana, numa atualização «radical», apenas algumas semanas após o Barça ali ter celebrado o título de campeão espanhol de 2022/23.

O que mudará?

A demolição está em marcha, os milhões estão a ser investidos e vem aí um «novo» Camp Nou, mas, afinal, o que mudará em concreto? As principais alterações são, naturalmente, ao nível de estética e das infraestruturas do estádio, que serão muito mais modernas e com uma melhor e maior oferta para os adeptos que por ali passem.

O nome já não é o mesmo há alguns meses, depois da Spotify ter adquirido o naming do mesmo, fruto dos problemas financeiros do Barcelona, e, agora, surgem outras novidades. A principal será a adição de uma cobertura no topo do estádio, fugindo ao desenho que o Camp Nou nos habituou e aproximando-se um pouco da nova «moda» dos estádios europeus. Além disso, a lotação passará dos atuais 99354 para cerca de 105000, o que até poderá jogar a seu favor para receber a final do Mundial 2030, organizado em conjunto por Espanha, Portugal e Marrocos.

Imagem do Camp Nou vai mudar @Getty Images
Mas não se fica por aqui. Serão incluídas novas áreas VIP, os assentos no estádio serão maiores e mais confortáveis e o novo estádio terá «sustentabilidade no ADN do projeto», com painéis solares, energia geotérmica e um novo sistema de reciclagem de água no subsolo do estádio. Além disso, as áreas circundantes também serão renovadas, com a introdução de um novo hotel, um conjunto de escritórios do clube, um terminal de autocarros e um pavilhão adicional, isto depois de já ter renovado a zona onde treinam e jogam os seus famosos pupilos da La Masia.

Além de modernizar a sua casa e o próprio clube, este novo projeto tratará cerca de 25 milhões de euros extras ao clube anuais, quando estiver concluído. A ideia inicial era que estivesse tudo pronto até 2024, para celebrar o 125º aniversário dos culés, mas rapidamente se percebeu que tal não seria possível. Agora, é esperado que o Barcelona jogue na condição de visitado no Olímpic Lluís Companys - conheça a sua história -, onde receberá, esta terça-feira, 28 de novembro, o FC Porto, na 5ª jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Veja as incidências da partida no acompanhamento feito pelo zerozero.pt.
Sondagem
RESULTADO SONDAGEM
BARCELONA
EMPATE
FC PORTO
Comentários (1)
Gostaria de comentar? Basta registar-se!
motivo:
Zerozero
2023-11-25 18h51m por JotaFer
Por acaso ainda vão a tempo de informar isso… breve estava o estádio remodelado e estavam vocês a publicarem.
jogos em destaque
U Terça, 28 Novembro 2023 - 20:00
Camp Nou
Daniele Orsato
2-1
João Cancelo 32'
João Félix 57'
Pepê 30'
Tópicos Relacionados

ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

orgulhovermelho 25-02-2024, 06:54
moumu 25-02-2024, 06:38
moumu 25-02-2024, 06:28
moumu 25-02-2024, 06:27
moumu 25-02-2024, 05:26
moumu 25-02-2024, 05:24
moumu 25-02-2024, 05:22
moumu 25-02-2024, 05:16
moumu 25-02-2024, 05:16
moumu 25-02-2024, 05:15
moumu 25-02-2024, 05:15
moumu 25-02-2024, 05:14
Triper 25-02-2024, 05:03
PeteSchmeichel 25-02-2024, 04:22
bet_now 25-02-2024, 03:42
ikercasillasbestgk 25-02-2024, 03:29