placardpt
    Duelo de abertura da jornada 31 da I Liga

    Cruzes, que é isto?

    No duelo de abertura da jornada 31 da Liga Betclic, o Arouca esteve perto de vencer o Gil Vicente (2-2) na deslocação ao Estádio Cidade de Barcelos, mas deixou escapar a vantagem dupla em pleno período de descontos, depois de uma reta final eletrizante dos homens de Tozé Marreco, num duelo que marcou a estreia do timoneiro gilista em jogos caseiros. Foi caso para exclamar: "Cruzes, que é isto?", perante tal recuperação.

    Depois de colocado termo à série de sete jogos consecutivos sem vencer na estreia ao leme dos Galos, Tozé Marreco optou pelo mesmo onze em relação ao jogo frente ao Moreirense. Já Daniel Sousa - de regresso a um estádio que bem conhece - fez entrar Matías Rocha para o eixo defensivo e lançou Thiago Rodrigues face à surpreendente ausência de de Arruabarrena.

    Homenageado antes da partida, Murillo viu-lhe um golo anulado @Catarina Morais / Kapta +

    A uns dez minutos iniciais de toada dividida e sem grandes motivos de realce, o Arouca colocou em prática o seu futebol. Com primazia dada ao ataque organizado, os Lobos de Arouca acordaram numa autêntica oferta de Gabriel Pereira, ainda no quarto de hora inicial.

    Uma perda de bola do central brasileiro em zona proibida deixou Cristo González na cara de Andrew, valendo a atenção e timing de mancha do internacional sub-23 brasileiro. Na recarga, Jason Remeseiro fez o mais difícil e, com a baliza deserta pela frente, atirou contra... o placard publicitário. Ameaçavam os protagonistas do golo inaugural!

    No lance seguinte, um fora de jogo de Fujimoto impediu Félix Correia de consumar a primeira situação «oficial» para os minhotos, num período em que as saídas para o ataque se tornavam cada vez mais raras por parte dos gilistas. Obra da excelente coordenação coletiva arouquense e das leituras irrepreensíveis de David Simão e Pedro Santos.

    Ao bater a meia hora e perante o ligeiro esmorecer do ímpeto arouquense, o Gil tornou-se mais capaz de protagonizar algumas saídas e quase abriu o ativo. Maxime Domínguez saiu da «cabine telefónica», lançando Félix Correia, Fujimoto e Alipour na «conspiração» à baliza de Thiago Rodrigues, que Murilo - no jogo 250 da carreira - desperdiçou sobre a trave.

    Até ao descanso, o Arouca ficou perto da vantagem. David Simão optou pela meia distância (com pouco sucesso) e Rafa Mujica ficou (ligeiros) centímetros do golo após centro na largura conferida por Jason. O Gil foi respondendo com um crescente aproveitamento da profundidade, Murilo abriu o ativo após recuperação alta dos gilistas, mas uma posição irregular adiou a estreia no marcador.

    Cristo da desgraça... anulada

    No recomeço, os visitantes reativaram o chip dos instantes iniciais da partida, impuseram dificuldades na saída aos gilistas e o golo não tardou em surgir. Canto curto à direita, cruzamento largo de Jason e finalização imaculada de Cristo González ao segundo poste, num lance em que o espanhol ficou livre de marcação depois de Gabriel Pereira se ter lesionado no mesmo lance.

    Logo a seguir, Jason ameaça o 0-2 e, sem tempo a perder, Tozé Marreco faz entrar Martim Neto, Miro e Tidjany Touré que, de imediato, fez Félix Correia derivar para a direita. Com os extremo em «modo flanqueador», o Gil verticalizou o seu jogo, ganhou outra capacidade de chegar ao último terço - o golo anulado a Depú é a grande prova disso - e fez o público barcelense desesperar com o desacerto pela baliza.

    Por essa altura, o conjunto minhoto fazia acreditar os seus adeptos, mas, novo momento de Cristo, parecia colocar uma cruz no resultado final. No entanto, o coração minhoto foi gigante e, num ápice, os pontos tornaram-se reais.

    Tidjany Touré reduziu com um belo remate cruzado no período de descontos, tornou o anfiteatro gilista um verdadeiro vulcão e o empate surgiu mesmo instantes depois. Lançado no limite do fora de jogo por Fujimoto, Buatu confirmou o resultado final com uma finalização digna de ponta de lança.



    jogos históricos
    U Sexta, 26 Abril 2024 - 20:15
    Estádio Cidade de Barcelos
    Gustavo Correia
    2-2
    Tidjany Touré 90'
    Jonathan Buatu 90'
    Cristo González 47' 83'

    ESTÁDIO

    Estádio Cidade de Barcelos
    Lotação12 032
    Medidas105x68
    Inauguração2004
    Lances Capitais
    44´
    GOLO INVALIDADO Gil Vicente
    Murillo remata, ainda pouco desenquadrado com a baliza e Thiago - muito MAL colocado - permite um golo fácil ao brasileiro. Vale, ao Arouca, o adiantamento do avançado
    47´
    GOLO FC Arouca!
    Cristo González marca
    77´
    GOLO INVALIDADO Gil Vicente
    Depú marca de cabeça, mas Zé Carlos surge em fora de jogo
    o lateral ganhou as costas a toda a defesa arouquense, mas surge claramente adiantado
    83´
    GOLO FC Arouca!
    Cristo González marca
    90´
    +4
    GOLO Gil Vicente!
    Tidjany Touré marca
    90´
    +5
    GOLO Gil Vicente!
    Jonathan Buatu marca
    Positivo
    Reta final

    Não só pela recuperação gilista, como também pelo segundo golpe desferido por Cristo González, o desafio embalou para uma reta final de loucos que muito boa fama confere ao futebol português.

    Negativo
    Adormecimento do Arouca

    A vencer por 0-2 e a conseguir gerir a ameaça do Gil Vicente, o Arouca acusou o golo de Tidjany Touré e acabou por deixar escapar os três pontos perante o derradeiro forcing dos minhotos.

    Forma
    Gil Vicente
    2023/2024
    36J
    11V
    8E
    17D
    46-56G
    FC Arouca
    2023/2024
    39J
    17V
    7E
    15D
    65-53G
    O Árbitro

    Gustavo Correia controlou as incidências de forma tranquila até ao final da primeira parte, altura em que exibiu dois amarelos de «rajada» a Domínguez e Milovanov. Bem no fora de jogo tirado no lance do golo de Murilo, pareceu ter agido bem ao validar o tento arouquense, num lance em que Gabriel Pereira é tocado fortuitamente por Mujica, tal como no segundo tento arouquense.

    Fotografias(25)

    Liga Portugal Betclic: Gil Vicente x Arouca
    Liga Portugal Betclic: Gil Vicente x Arouca
    Sondagem
    RESULTADO SONDAGEM
    GIL VICENTE
    EMPATE
    FC AROUCA

    Comentários

    Gostaria de comentar? Basta registar-se!
    motivo:
    GU
    Acreditar
    2024-04-27 09h57m por Gunty
    Acreditar até ao fim e nunca desistir, essa foi a chave para este desfecho.
    Parabéns à equipa técnica do Gil Vicente que em dois jogos difíceis faz 4 pontos.
    Gil
    2024-04-27 05h52m por moumu
    Fizeram das tripas coração e conseguiram excelente ponto, época um pouco atribulada mas havia maiores candidatos a descer.
    Gil e Arouca
    2024-04-26 22h38m por zlatan_21
    Apenas por mero acaso, liguei o jogo a partir do minuto 76 e acabou por valer bem a pena. Que belos 20 minutos finais!
    A jogar assim o Gil não descerá e ainda bem.

    OUTRAS NOTÍCIAS

    Euro
    com video
    Entrada dura sobre o avançado português
    No final do jogo diante da Turquia, os seguranças tentavam travar os invasores de campo, mas um foi diretamente contra o avançado português. A entrada foi tão dura que o ...