F Dumfries, o homem do leme neerlandês :: zerozero.pt
      placardpt
      Crónica
      Países Baixos afasta Estados Unidos da América

      Dumfries, o homem do leme neerlandês

      Após uma fase de grupos competente, embora sem grande brilhantismo, mas muitíssimo competente, reforçamos, os Países Baixos asseguraram, este sábado, um lugar nos quartos-de-final do Campeonato do Mundo. A Laranja Mecânica confirmou o estatuto de favorita e bateu os Estados Unidos (3-1) no primeiro jogo dos oitavos da prova que decorre no Catar.

      Denzel Dumfries, lateral do Inter de Milão, foi a grande figura da partida, com duas assistências e um golo. Memorável!

      Via aberta à direita

      Contas da fase de grupos fechadas, árvore dos oitavos completa e segue jogo em Doha, sem tempo para pausas. Os Países Baixos, primeiros no Grupo A, defrontavam os Estados Unidos, segundos no B, e o objetivo era claro: abrir a porta dos quartos e descansar algumas horas à espera de conhecer o adversário da próxima fase (Argentina ou Austrália).

      Os norte-americanos entraram num registo mandão, a trocarem muito bem a bola e estiveram mesmo muito perto do golo, logo aos três minutos, quando Pulisic testou os reflexos do surpreendente Noppert. Um sério aviso que despertou os homens de Van Gaal, que não tardaram a dar uma resposta efetiva contra a ameaça dos Estados Unidos.

      Aos dez minutos, na primeira vez que os Países Baixos se aproximaram da área contrária, Dumfries cruzou atrasado para a finalização de Memphis Depay. O momento da finalização é soberbo, mas na retina fica a forma como a bola foi trabalhada na zona do miolo por De Jong e De Roon. Um regalo para a vista, um aconchego para o coração dos amantes do futebol.

      Ainda antes do intervalo, Noppert voltou a dar o ar da sua graça, ao defender um remate de Weah, aos 42 minutos, pouco antes de Blind dilatar o resultado em cima do apito para o intervalo: Dumfries voltou a cruzar na direita, Daley Blind apareceu de trás, antecipando-se a Dest e a rematar de pé direito para o 2-0. Um lance tirado a papel químico.

      Memphis Depay abriu o ativo �Getty /

      Turner e Wright deram esperança, mas...

      A vantagem era confortável, mas o Mundial é pródigo em surpresas e Louis Van Gaal não queria sair deste jogo com sabor amargo depois de uma primeira parte bem conseguida. O experiente treinador neerlandês mudou duas peças para o recomeço da partida, enquanto o homólogo norte-americano mudou apenas uma peça.

      Os Estados Unidos acertaram alguns detalhes, afinaram o seu jogo no último terço e contaram com um Matt Turner em grande estilo na baliza. O guarda-redes do Arsenal foi defendendo tudo o que havia para defender - destaque para a dupla defesa a remates de Koopmeiners e Depay - enquanto os companheiros da frente não iam conseguindo melhor sorte na área contrária.

      Gakpo (49') e Timber (75') evitaram o primeiro dos States em cima da linha de golo, mas não houve quem conseguisse evitar que a carambola de Haji Wright (ainda deve estar para perceber como bateu Noppert daquela forma) resultasse em golo, que deu uma ligeira esperança aos homens de Gregg Berhalter.

      No entanto, o sonho americano acabou destruído a 10 minutos dos 90', e por quem mais fez por merecer a festa: Denzel Dumfries. Depois de duas assistências, o lateral apareceu na área norte-americana para anotar o 3-1 final, muito bem assistido por Blind.

      U Sábado, 03 Dezembro 2022 - 15:00
      Khalifa International Stadium
      Wilton Pereira Sampaio
      3-1
      Memphis Depay 10'
      Daley Blind 45'
      Denzel Dumfries 80'
      Haji Wright 76'
      Khalifa International Stadium
      Lotação50 000
      Medidas105x68
      Inauguração1976
      FaseOitavos-de-Final
      Lances Capitais
      10´
      GOLO Países Baixos!
      Memphis Depay marca
      Memphis Depay marca o seu 1º golo na prova (4 jogos)
      45´
      +1
      GOLO Países Baixos!
      Daley Blind marca
      Daley Blind marca o seu 1º golo na prova (4 jogos)
      76´
      GOLO Estados Unidos!
      Haji Wright marca
      Haji Wright marca o seu 1º golo na prova (4 jogos)
      80´
      GOLO Países Baixos!
      Denzel Dumfries marca
      Denzel Dumfries marca o seu 1º golo na prova (4 jogos)
      A Chave

      Minuto 45+2: Dumfries volta a cruzar na direita, Daley Blind vem de trás, antecipa-se a Dest e finaliza de pé direito! Remate rasteiro e colocadíssimo!

      O Árbitro

      Nada a apontar ao trabalho do árbitro brasileiro Wilton Sampaio.

      O Melhor
      Abram alas

      Se do ponto de vista defensivo, Dumfries acusa algumas fragilidades, a verdade é que o lateral do Inter é um portento do ponto de vista ofensivo. Assistiu Depay para o primeiro, assistiu Blind para o segundo e ainda marcou. Exibição fantástica!

      O Pior
      Nem tempo deu...

      ... para pensar no empate. Os Estados Unidos conseguiram reduzir a diferença, aos 76 minutos, mas cinco minutos volvidos acabaram por ver o sonho ser destruído pelo terceiro golo dos Países Baixos, da autoria de Denzel Dumfries.

      Forma
      Países Baixos
      2022/2023
      6J
      5V
      1E
      0D
      14-6G
      Estados Unidos
      2022
      14J
      8V
      4E
      2D
      23-7G
      Sabia que...by playmaker stats
      Os EUA caíram nos oitavos de final nas suas 3 últimas presenças em Mundiais (2010, 2014, 2022)
      van Gaal continua invicto em Mundiais, após 11 jogos
      Nos 18 últimos jogos em Mundiais, os Países Baixos só perderam um ? na final, em 2010, frente à Espanha, no prolongamento
      Países Baixos estão invictos em Campeonatos do Mundo há 11 jogos
      Nos 27 últimos jogos, os Países Baixos só perderam um
      Países Baixos não perdem há 19 jogos
      Nas suas 3 últimas presenças no Campeonato do Mundo, os Países Baixos chegaram sempre, pelo menos, aos quartos de final
      Os Países Baixos estão nos quartos de final do Campeonato do Mundo pela 5.ª vez (1994, 1998, 2010, 2014, 2022)
      Comentários (16)
      Gostaria de comentar? Basta registar-se!
      motivo:
      Ferreira92
      2022-12-04 14h21m por redlegion
      Se formos atrás vemos centrais de jeito tinhas Staam e Frank de Boer. De 2006 para cá o melhorzito era o van Bronckhorst e talvez o Heitinga. Havia o Boulahrouz, mas este era um caceteiro autêntico. A realidade é que os holandeses também não são conhecidos pelos seus ótimos defesas.
      O grande mal deles é que jogavam um futebol de ataque e muito virado para a frente, mas lá atrás não tinham jogadores de classe mundial (talvez lá está o Staam e Frank de Boer nos últimos 30 anos).
      FE
      Triper
      2022-12-04 00h55m por Ferreira92
      Em comparação com essas gerações de que falas e que jogavam um futebol muito atrativo, tinhas o reverso de que eram equipas com problemas defensivos e que nos detalhes, vacilavam. Aliás, a geração de Robben e Nistelrooy não tinha um central de jeito.
      Esta atual seleção pode até jogar perto de zero, mas é inegável que tens dos melhores defesas do mundo.
      Ataques ganham jogos, defesas ganham campeonatos. A ver vamos.
      Holanda
      2022-12-04 00h40m por ruizinho119
      Sou fã confesso desta seleção, que tem jogado quanto baste, e, se bem que com alguma sorte à mistura fruto da inoperância ofensiva dos adversários, tem conseguido avançar com alguma facilidade ao longo do Mundial. Aguardo com bastante expetativa o duelo contra a Argentina; não acho que sejam favas contadas - para nenhum dos lados. A Argentina mais uma vez terminou o jogo agarrada ao terço, ao contrário da Holanda, que se tem apresentado com bastante tranquilidade. Para que lado irá pender a balança?
      Seleção competente q. b.
      2022-12-03 21h02m por Triper
      Jogam um futebol triste, pastoso, e lento (a partir do minuto 10, depois do golo, já estavam a gerir o resultado) mas a realidade é que fazem os mínimos que é ganhar os jogos dada a falta de alguma qualidade a nível coletivo (até que há ali alguns bons jogadores mas dá ideia de que todos juntos não chegam para fazer uma grande equipa logo fazem o que podem e até agora tem chegado).

      Quem viu a Laranja no tempo do Davids, dos irmãos de Boer, Kluivert, "careca da sorte do Uni...ler comentário completo »
      *
      2022-12-03 19h04m por Footblu
      " expert cá do sítio"
      Bludouro
      2022-12-03 19h04m por Footblu
      O Luís Freitas Lobo acerta sempre . . . ou não. . . . . Ele gosta de ser o " experto" da do sítio. . .
      "Laranja muito madura" para US "boys"
      2022-12-03 18h45m por GatoPreto
      Vitória justo dos Países Baixos, que montaram uma estratégia que anulou os pontos fortes da equipa norte-americana.
      No 1º tempo, os EUA apareceram a assumir o jogo, tiveram uma boa oportunidade, mas foram os neerlandeses que, na sua primeira transição, marcaram, por Depay, após assistência de Dumfries, que subira pelo corredor direito. A equipa de Van Gaal manteve a sua estratégia de entregar a posse de bola à turma estadunidense, mas, simultaneamente, fechando-lhe as princi...ler comentário completo »
      ZY
      Bludouro
      2022-12-03 18h30m por zyxw4321
      Melhor, ele afirmou várias vezes que a Polónia ia eliminar a Argentina. Portanto, como a Argentina derrotaria os Países Baixos facilmente, só se pode concluir que a Polónia iria trucidar os Países Baixos no lugar da Argentina. Mesmo que isso nao tenha acontecido nas últimas vezes que Países Baixos e Polónia se defrontaram.
      Sepulveda
      2022-12-03 18h12m por bludouro
      Epah, afirmas isso com tanta certeza meu caro. Perdoa-me se estiver equivocado, mas não era tu que dizias que Portugal já ia de vela frente à Alemanha?
      Países (não tão) Baixos
      2022-12-03 17h55m por bludouro
      Os Países Baixos não só chegaram aos quartos de final em 1994, 1998, 2010, 2014 e 2022, com também chegaram ao Final 8 em 1974 e 1978. O facto do formato da prova ter sido nessa década diferente - com uma segunda fase disputada em dois grupos de quatro - em nada diminui esse estatuto, até porque a Mecânica Laranja de Johan Cruyff foi finalista em ambos as edições aparentemente omitidas. . . Ao todo, são quatro lugares no pódio - dois de prata, dois de bronze - e cinco presenças nas meia...ler comentário completo »
      Denzel Dumfries
      2022-12-03 17h40m por ArshavinIsGunner
      Grande lateral direito! Top na minha opinião!
      Países Baixos
      2022-12-03 17h30m por moumu
      Estiveram melhores com bons golos, pena para o EUA mas para eles já é bom passar a fase de grupos. A Holanda poderá ir mais longe se jogar assim embora haja candidatos mais dotados.
      Dumfries
      2022-12-03 17h19m por BITW38
      talvez a melhor exibicao da sua carreira. A holanda esteve (e tem estado no geral) mt solida la atras e so erros individuais provocam calafrios na defesa.

      qt aos estados unidos, nao sera certamente o ultimo mundial desta geracao. Precisam de experiencia e de maior capacidade mental, deixam-se levar mt por certos momentos do jogo. Qd sofrem perdem a cabeca, qd estao atras dum resultado esquecem-se que o adversario tb ataca (o 3o golo da holanda. . . . pa, inacreditavel)
      BE
      Adendo
      2022-12-03 17h06m por BenficaMundial
      Chegando aos quartos, acho que estes Países Baixos atingiram já também o seu objetivo. Não os vejo a vejo a vencer a Argentina (até ver), mas nunca se sabe
      ZY
      Países Baixos
      2022-12-03 17h04m por zyxw4321
      Tenho visto uma atitude geralmente negativa em relação a esta seleção, mas já estão nos quartos-de-final, e conseguiu isso de maneira relativamente tranquila, sem nunca estarem em desvantagem até agora. A partir dos quartos-de-final, qualquer equipa pode começar a pensar que consegue chegar à final, na minha opinião. Veremos agora como correrão os quartos, em princípio o jogo mais complicado para eles até aqui.
      BE
      Resultado injusto, mas aceita-se
      2022-12-03 17h03m por BenficaMundial
      Muita competência por parte dos Países Baixos. Sem ter um jogo vistoso e com muito critério defensivo, penso que marcaram em todas as grandes oportunidades que criaram. Dumfries claramente o mvp. Duas grandes assistências e o golo foi a cereja no topo do bolo. Os Estados Unidos tiveram mais posse, mas houve alguma displicência no último terço. Mesmo no golo que marcaram houve alguma sorte. De qualquer das formas, como foi dito, esta seleção tem muito futuro:
      McKennie, Musah, A...ler comentário completo »
      OUTRAS NOTÍCIAS
      II Liga
      notícia zz
      Jovem avançado do Estoril Praia
      Com a saída de Henrique Araújo para Inglaterra, o Benfica pretende uma alternativa para a frente de ataque da equipa B. O zerozero sabe que o nome é o de Gilson Benchimol, ...
      ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
      MisticaEncarnada 27-01-2023, 10:42
      pedrobalo 27-01-2023, 10:41
      pedrobalo 27-01-2023, 10:40
      MisticaEncarnada 27-01-2023, 10:40
      pedrobalo 27-01-2023, 10:23
      InvincibleEagle 27-01-2023, 10:23
      NA
      naoacreditoemsantos 27-01-2023, 10:21
      InvincibleEagle 27-01-2023, 10:15
      Footblu 27-01-2023, 10:00
      zirel 27-01-2023, 10:00
      Footblu 27-01-2023, 09:59
      orgulhovermelho 27-01-2023, 09:59
      LelloMarmello 27-01-2023, 09:55
      Vic54 27-01-2023, 09:54
      f1950 27-01-2023, 09:53
      LelloMarmello 27-01-2023, 09:49