placardpt
      Destaque
      Um resumo das muitas contratações dos parisienses

      De Pastore a Messi: as contratações do milionário Paris SG

      2021/08/11 18:39
      Redação

      O Paris SG está, nos dias que correm, nas bocas do mundo desportivo, depois de ter garantido a contratação do astro argentino Lionel Messi a custo zero - isto após um mercado de transferências já muito ativo com as contratações de Sergio Ramos, Donnarumma, Wijnaldum e Hakimi -, mas as contratações milionárias dos parisienses têm já uma década e, por isso, o zerozero decidiu fazer um pequeno resumo daquilo que foi a última década (muito) mexida do Paris SG.

      Curiosamente, tudo começou há precisamente dez anos. Em 2011, o investidor e milionário árabe Nasser Al-Khelaïfi chegou à presidência do clube e prometeu desde logo colocar os parisienses entre os grandes através de um projeto de cinco anos que pretendia colocar o Paris SG como o maior clube francês e, mais tarde, a nível internacional.

      Os primeiros anos (2011 a 2016 - 559 milhões)

      © C.Gavelle/PSG

      No verão desse ano começou o investimento do Paris SG e foram contratados uma série de jogadores para reforçar um plantel que na temporada passada tinha terminado em 4º lugar na Ligue 1. Thiago Motta (11,5 milhões de euros), Kévin Gameiro (11 milhões), Blaise Matuidi (8 milhões) e Alex (cinco milhões) foram algumas das contratações desse ano, mas a maior e aquela que significou o ponto de viragem na realidade parisiense foi o argentino Javier Pastore, que custou ao Paris SG 40 milhões de euros, proveniente do Palermo, tornando-se, na altura, a maior contratação de sempre do clube.

      O primeiro ano do projeto milionário do Paris SG não correu, no entanto, como desejado, visto que terminaram em 2º lugar na Ligue 1, atrás do Montpellier. Contudo, isso não deitou abaixo as ambições de Al-Khelaïfi no comando do Paris SG e no verão seguinte o investimento subiu de 107,1 milhões de euros para 151 milhões, onde se destacaram as contratações de Thiago Silva (42 milhões), Lucas Moura (40 milhões), Ezequiel Lavezzi (30 milhões), Zlatan Ibrahimovic (21 milhões), um jovem Marco Verratti (12 milhões) ou até um experiente David Beckham (que chegou a custo zero). Aqui, o forte investimento teve efeito, uma vez que o Paris SG logrou em alcançar o seu 3º título de campeão francês da história, que fugia desde 1993/94.

      Nas temporadas seguintes a constelação de estrelas continuou a aumentar nos balneários do Parc des Princes e o dinheiro a sair nos cofres do clube. Edinson Cavani (64,5 milhões), Marquinhos (31,4 milhões), David Luiz (49,5 milhões), Ángel Di María (63 milhões), Julian Draxler (36 milhões) ou até o português Gonçalo Guedes (30 milhões) e o espanhol ex-Sporting Jesé Rodríguez (25 milhões de euros) foram alguns dos maiores investimentos do clube entre 2013 e 2017 - foram gastos 301,5 milhões nesse período -, que resultaram em três títulos de campeão nacional, três Taças francesas, quatro Taças da Liga e quatro Supertaças.

      Os recordistas (2017 a 2020 - 622 milhões)

      © Paris Saint-Germain

      Se até aqui o investimento era já avultado, tudo mudou em 2017/18. Com o fim do projeto inicial de cinco anos de Nasser Al-Khelaïfi, o domínio interno do Paris SG era já uma confirmação e a aposta agora passava por chegar à tão desejada glória internacional, de olhos postos num objetivo bem definido: a Liga dos Campeões.

      Para isso, o investidor árabe não teve qualquer problema em escrever um importante capítulo na história do futebol e garantir a contratação de Neymar, na altura jogador do Barcelona, por uns impressionantes 222 milhões de euros, fazendo o avançado canarinho a transferência mais cara de sempre, um recorde que perdura até aos dias de hoje. Essa transferência não só deu um novo animo ao Paris SG para atacar a glória europeia, como também mudou aquilo que eram as dinâmicas das transferências internacionais, levando a que os valores crescessem e os recordes fossem cilindrados com mais facilidade.

      E se companhia faltasse a Neymar, os parisienses trataram rapidamente disso. Depois de uma temporada emprestado pelo Monaco - num jeito de contornar o fair-play financeiro da UEFA), um jovem de seu nome Kylian Mbappé também se mudou em definitivo para Paris a troco de 145 milhões de euros, a segunda transferência mais cara da história do futebol.

      Embora com nomes menos sonantes, as contratações (e os milhões) não pararam e jogadores como Leandro Paredes (40 milhões), Thilo Kehrer (37 milhões), Abdou Diallo (32 milhões), Idrissa Gueye (30 milhões), Keylor Navas (15 milhões) ou Mauro Icardi (50 milhões de euros) foram aumentando a contagem total de milhões de euros gastos nas últimas temporadas, até que chegamos a este verão.

      Verão quente de 2021 (76 milhões)

      © Paris SG

      Ao nível de negócios com outros clubes, o Paris SG gastou um total de 76 milhões de euros (60 para Achraf Hakimi e 16 para Danilo Pereira, que pertencia ao FC Porto), mas foi no mercado de jogadores livres que os franceses mais brilharam. Com um luxuoso lote de jogadores sem clube, os parisienses não tiveram problemas em abrir os cordões à bolsa ao nível de salários, comissões e tudo o que envolve este tipo de negociações e começaram por garantir a contratação do holandês Gini Wijnaldum, seguindo-se o experiente central espanhol Sergio Ramos e o guardião italiano Gigi Donnarumma.

      Depois de Mbappé e Neymar, aquele que é, quiçá, o ponto mais alto destes últimos anos de contratações milionárias chegou. Lionel Messi vinha negociando por largos meses uma possível renovação com o seu clube de sempre, o Barcelona, mas algumas complicações financeiras e da La Liga levaram ao divórcio oficial entre as duas partes. O Paris SG não demorou e precisou de apenas cinco dias para garantir a contratação do astro argentino, que vai receber cerca de 35 milhões de euros por ano para as próximas duas épocas.

      Completam-se, assim, (até ver) dez anos de enormes e milionárias contratações do Paris SG. Feitas as contas, foram gastos um total de 1257 milhões de euros em contratações (fora valores gastos em empréstimos), que fazem dos parisienses um dos clubes (a par do Manchester City) que mais gastou no período analisado.

      Argentina
      Lionel Messi
      NomeLionel Andrés Messi Cuccittini
      Nascimento1987-06-24(34 anos)
      Nacionalidade
      Argentina
      Argentina
      Dupla Nacionalidade
      Espanha
      Espanha
      PosiçãoAvançado (Extremo Direito) / Avançado (2.º avançado)

      Fotografias(100)

      Comentários (9)
      Gostaria de comentar? Basta registar-se!
      motivo:
      AS
      KingDevil
      2021-08-16 13h40m por ASNL
      Já passou algum tempo desde esta notícia mas vou responder em relação à relevância desta liga.
      Tem uma champions (OM) e uma taça das taças (PSG). Mas têm várias finais perdidas, as equipas costuma(va)m chegar longe e essas finais perdidas não foi só por um ou 2 clubes como cá (ou nos paises baixos) mas sim por vários. Marselha, PSG, Mónaco, Bordéus, Saint-Étienne, Reims e não sei se me falhou outro. Alguns são repetentes em finais perdidas, assim de memória, Marselha, PSG e S...ler comentário completo »
      KingDevil
      2021-08-12 12h18m por carlosfcpfan
      Discordo, o campeonato francês pré-PSG era interessantíssimo. Chegaram a ser 6 vencedores diferentes em 6 anos de 2008 a 2013 - Lyon, Bordeaux, Marselha, Lille, Montpellier, PSG
      PSG
      2021-08-12 07h46m por fmn_69
      Para o ano com a saída de Mbappe, CR7 poderá ir para lá quando tb acaba contrato.
      Fair play
      2021-08-11 22h42m por pabt
      O futebol actual é uma anedota, nunca este clube nos últimos anos cumpriu tal fair play !!!
      RE
      Para memória futura
      2021-08-11 22h31m por RedLineVigo
      Títulos Internacionais do FC Porto
      2's "Champions"
      2's "Ligas Europa"
      1 Supertaça Europeia
      2's Taças Intercontinental
      TS
      KingDevil
      2021-08-11 22h06m por TSG_Hoffenheim_1899
      e nesse ano o Marselha venceu a Champions como todos sabemos, devia-lhe ter sido retirada tal como lhe foi retirado o campeonato desse ano.
      Isso só demonstra a nulidade que é o futebol francês, têm 0 Taças Uefa/Liga Europa e 1 Champions ganha por um Marselha a comprar resultados na Ligue 1 nessa época. . .
      Demais
      2021-08-11 21h14m por santos1989
      ICARDI 50 MILHÕES???? NEM 10 VALE
      Gameiro
      2021-08-11 19h27m por bigshaq
      Apesar da idade penso que encaixaria bem num dos 3 grandes em portugal. Como está agora no Strasbourg não me parece que tenha um salário por aí além
      Ibra
      2021-08-11 19h25m por bigshaq
      O ibrahimovic foi do Milan para o PSG por 21 milhões loool
      Na altura foi a contratação estrela e era o Ibra que todos conhecemos. . .
      É só engraçado comparar os valores da altura (nem foi há muito tempo) com os valores estúpidos de agora que dão por jogadores que apenas fazem uma mão cheia de bons jogos e valem logo 50 milhões.
      OUTRAS NOTÍCIAS
      Liga Portuguesa
      Antevisão
      Vizela x Benfica DIRETO
      Depois de uma espécie de viagem espacial para jogar contra o Bayern (não é nenhum extraterrestre, mas sem dúvida que atualmente está, pelo menos, no pódio ...
      ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
      Ultras-__FCP 23-10-2021, 23:56
      Ultras-__FCP 23-10-2021, 23:49
      Ultras-__FCP 23-10-2021, 23:45
      Arshavin_IsBack23 23-10-2021, 23:45
      FK
      fka 23-10-2021, 23:44
      Arshavin_IsBack23 23-10-2021, 23:36
      LE
      leoes18 23-10-2021, 23:24
      ReturnoftheEagle 23-10-2021, 23:21
      JS
      jsilva77 23-10-2021, 23:20
      champions2004 23-10-2021, 23:16
      Pormenortatico 23-10-2021, 23:13
      Aleaotejano 23-10-2021, 23:04
      ReturnoftheEagle 23-10-2021, 23:03
      Rafa_Nadal 23-10-2021, 23:01
      ReturnoftheEagle 23-10-2021, 22:58
      santos977 23-10-2021, 22:55