placardpt
      Ponto de Vista
      Pedro Duarte ajudou a conhecer o reforço

      Treinou o reforço do Benfica e não tem dúvidas: «O Grimaldo tem vantagem, mas o Gil vai acabar por se impor»

      2021/07/26 16:45
      Francisco Paulo Carvalho
      E9

      Formado na Sanjoanense, Gil Dias esteve uma temporada nos juniores do SC Braga, antes de se transferir para o Monaco e começar uma pequena «volta ao Mundo» nos anos seguintes. Nessa temporada de 2013/14, conviveu com o treinador Pedro Duarte - que assumiu por estes dias precisamente o comando da Sanjoanense - e foi com o técnico que o zerozero foi conversar para saber um pouco mais do novo jogador encarnado.

      Gil Dias
      FC Famalicão
      2020/2021
      33 Jogos  2540 Minutos
      2   5   0   02x

      ver mais »
      O treinador de 41 anos conheceu Gil Dias quando este tinha apenas 16 anos e descreve como era o jovem pupilo na altura, seja dentro de campo, como no balneário, falando de «um miúdo muito tranquilo, sempre muito consciente do trabalho que tem que fazer» e que se vai adaptar com facilidade à realidade do Benfica.

      Além disso, Pedro Duarte explica qual considera ser o esquema tático que mais beneficia o novo camisola 31 das águias - que custou 1,5 milhões de euros aos cofres da Luz - e falou da concorrência com Grimaldo. Para o técnico, o espanhol «tem vantagem« neste momento, mas Gil Dias vai acabar «por se impor» devido às «características que tem e pela sua capacidade de trabalho.»

      Pedro Duarte treinou Gil Dias nos juniores do SC Braga, em 2013/14 ©Catarina Morais / Kapta +

      Zerozero: O Gil Dias chegou aos juniores do Braga em 2013/14 e ficou na Pedreira apenas uma temporada, até que foi contratado pelo Monaco por cinco milhões. Surpreendeu-lhe esse salto?

      Pedro Duarte: O Gil quando chegou para começar a trabalhar começámos logo a perceber que ele era um atleta diferenciado dos outros colegas. Uma qualidade técnica acima da média, passada larga, estrutura física interessante. Embora ainda estivesse numa fase de maturação, já demonstrava que conseguia alcançar níveis diferentes. Com o crescimento foi mais fácil verificar. Acabou por ser uma surpresa essa transferência, até porque na altura não era muito normal o Braga vender jogadores dessa idade. Agora é algo mais fácil. A surpresa foi por aí. O que o Gil mostrou desde o momento que começou a trabalhar connosco, e fez um campeonato excelente, que culminou com a conquista do título de campeão nacional de juniores, é que já fazia a diferença em relação aos colegas. Passou para um patamar de exigência muito maior, depois de uma primeira fase de adaptação. Previa-se um futuro risonho para ele, mas confesso que tive alguma surpresa pelos valores envolvidos.

      ZZ: Depois da ida para o Monaco seguiram-se um total de sete empréstimos, pelas mais variadas liga, como a La Liga, Championship, liga grega, Segunda Liga portuguesa, Serie A,… Porque acha que ele não se conseguiu fixar/impor num local?

      Gil Dias ao serviço da Fiorentina ©Getty / Emilio Andreoli
      PD: Falo com o Gil regularmente e o que posso perceber pelo trajeto que tem tido, Monaco, Fiorentina, Nottingham Forest, Olympiacos, Granada,…diferentes competições, diferentes níveis competitivos, é que o passo que ele deu hoje, de ir para o Benfica, poderá ser suportado por estas vivências que teve. Campeonatos muito competitivos e experiências que o obrigaram a crescer. Andou de país em país, quase com a casa às costas, mas eu acho que isso também o obrigou a crescer, não só em termos de pessoa, como a nível desportivo. Passou por campeonatos extremamente competitivos, dos melhores do mundo, que têm características muito específicas e eu acho que isso ajudou o Gil a tornar-se um jogador mais completo. Às vezes as pessoas podem ficar um bocado desconfiadas ao olhar para o trajeto do Gil e pensar que ele não se fixa em lado nenhum, mas eu acho que isso é um ponto positivo a favor dele, com a capacidade que ele tem a nível individual, aliada à sua qualidade, de jogar em diferentes contextos competitivos.

      ZZ: Acha que o que ele mostrou em Famalicão, onde jogou mais nos últimos anos e com mais regularidade, justificou este salto para o Benfica?

      PD: Se quisermos olhar apenas para a componente dos números, efetivamente a temporada passada foi a melhor dele, mas se formos analisar as características dele, o que mais o enriqueceu foram as várias experiências. Às vezes pode surpreender um pouco a forma como ele agora está a jogar, numa defesa a três a defesa esquerdo, mas isso tem que ver mesmo com as vivências dele, que lhe permitem conseguir ter mais do que uma função. Diferentes competições, países e estilos de jogo dão-lhe uma capacidade de entendimento do jogo muito superior. Torna-o mais rico como jogador

      ZZ: O Gil fez grande parte, senão a totalidade, da sua carreira a extremo, no ataque, mas parece que chegou à Luz para ser opção a lateral esquerdo. Acha que ele tem o que é preciso para isso? O que lhe falta para ser um grande lateral esquerdo?

      PD: Comigo, nos juniores do SC Braga, ele nunca jogou a lateral esquerdo. Numa primeira fase quando chegou a Braga para começar a trabalhar, apresentava ali ao nível de qualidade individual, recursos técnicos e relação com bola acima da média, mas tinha algumas lacunas no processo defensivo. Cresceu muito a esse nível nos últimos anos. Na altura jogávamos com dois homens mais adiantados e o Gil acabava por ser o homem que tinha maior liberdade e jogava entre o lateral e o central. Chegou pontualmente a jogar a interior esquerdo, mas lateral nunca. Agora, pelas características dele e pela forma como ele está a jogar, acho que se vai adaptar bem. Tem passada larga, ataca e cruza bem e tem melhorado as debilidades no processo defensivo.

      ZZ: O Benfica de Jorge Jesus varia entre o 4x4x2 clássico e o 3x4x3. Que tipo de sistema o pode beneficiar mais?

      PD: Se for como lateral esquerdo puro e duro, num 4x4x2, ele pode acabar por ter menos propensão ofensiva e toda gente sabe que em equipas como o Benfica os laterais têm que ser extremamente ofensivos. Aí o jogo dele pode não ser tão visível. Se jogarem com uma linha de três centrais, o Gil com a capacidade que tem de fazer o corredor todo poderá enquadrar-se melhor, com maior liberdade no processo ofensivo. Não é que se tenha que explorar o processo defensivo, mas a jogar em 4x4x2 vai ter que ficar mais vezes na posição e não terá a liberdade de fazer o corredor todo. Pelas características físicas dele, será mais benéfico o 3x4x3.

      ZZ: O que lhe falta então para ser um grande lateral são rotinas e melhorar o processo defensivo?

      PD: É normal que tenha ainda que corrigir algumas lacunas ao nível do posicionamento, é diferente jogar numa linha de 4 ou numa de 5 onde é ele a fazer todo o corredor. Ele está no sítio certo para evoluir. Está entregue a um treinador com uma capacidade de leitura de jogo muito grande, que sabe explorar as características individuais do jogador, com um nível de exigência muito grande. Até pela humildade e pela vontade do Gil de querer saber e ouvir, penso que ele tem uma possibilidade de carreira de se afirmar no futebol português e europeu.

      ZZ: O que é que ele traz que o Grimaldo, a sua principal concorrência, não traz? O que o diferencia?

      Português tem sido opção na pré-época ©SL Benfica
      PD: São jogadores diferentes. O Grimaldo já tem conhecimento daquilo que são as dinâmicas do Benfica há alguns anos, enquanto o Gil vai ter que ter um período de adaptação à equipa e às próprias ideias do treinador.  No entanto, como é um grande profissional, isso não será problema. Numa linha de 3, como disse, ele poderá trazer muito ao ataque do Benfica, coisa que o Grimaldo também faz. Estamos a falar de um clube que compete em diversas frentes e que precisa de ter dois jogadores por posição para dar uma resposta positiva. O Grimaldo tem vantagem neste momento por ter conhecimento das dinâmicas, mas penso que o Gil vai acabar por se impor, pelas características que tem, pela sua capacidade de trabalho.

      ZZ: O Jorge Jesus é um treinador conhecido por fazer algumas adaptações, umas de sucesso e outras de menos sucesso. Uma das maiores foi, provavelmente, Fábio Coentrão, também ele extremo por muitos anos. O Gil pode ser o próximo Coentrão?

      PD: As comparações são sempre infelizes. Todos os atletas são diferentes, mas acho que o Gil tem a capacidade de chegar e de se impor. Poderá demorar um pouco por não estar habituado à realidade do clube, mas pela qualidade que tem e pela vontade que tem...ele consegue fazer mais do que uma função e isso é uma mais valia. Ele pode acrescentar a essa dinâmica de corredor lateral uma dinâmica de corredor e de zonas interiores. É um jogador que surge facilmente em zonas de finalização e que tem facilidade de finalizar. Sente-se confortável em zonas mais adiantadas.

      ZZ: Conheceu-o enquanto jovem. Entretanto passaram alguns anos. Como era ele dentro do balneário e dentro de um grupo? Vai ter um papel importante a esse nível na Luz?

      PD: O Gil é um miúdo muito tranquilo, sempre muito consciente do trabalho que tem que fazer. Às vezes dava a sensação de que estava desligado de uma palestra, de um treino, mas facilmente percebia o que nós queríamos. Teve a sorte de encontrar um grande grupo e conseguiu inserir-se muito bem. Pela forma dele ser, penso que vai integrar-se também facilmente no grupo do Benfica. Nos treinos já era completamente diferente, era intenso e os colegas na brincadeira até lhe chamavam o “Zé dos ressaltos”, porque ganhava todos os lances divididos em que metesse o pé. Não vou dizer que o Gil chegou e se impôs na equipa num instante. Demorou algum tempo. Esteve algum período no banco para perceber tudo, para ganhar massa muscular, mas tudo isso acabou por receber de forma tranquila e fazia tudo o que pedíamos. Ele não mudou nesse aspeto.

      ZZ: Na apresentação dele no Benfica, ele disse que este era um sonho dele deste pequenino, até porque ele é benfiquista assumido. Isso era algo visível nas conversas com ele já em 2013/14? Ele mostrava estar pronto para dar o salto a qualquer momento?

      PD: O Gil sempre teve uma habilidade diferenciada dos colegas no Braga e para o nosso nível de exigência.  Ele sempre aceitou muito bem as críticas que fazíamos e as análises que eram feitas. Se me dissessem aos 18, 19 anos que ele chegaria ao Benfica, era fácil de adivinhar vendo o crescimento dele até aqui. Do nosso grupo de trabalho era claramente quem aparentava ter um futuro mais risonho, mas às vezes é preciso um pouco de sorte e de capacidade de trabalho. Fico satisfeito com este passo, é muito mérito dele, mas destaca-se o suporte que ele tem. Depois é a qualidade, a irreverência e a atitude dele, que foi aprimorando com o seu trajeto, que lhe dá esta capacidade de chegar ao Benfica. Essa passagem permite-lhe hoje estar muito mais preparado e completo. Deixou a zona de conforto muito cedo e agora vai finalmente singrar fruto do seu trabalho.

      Portugal
      Gil Dias
      NomeGil Bastião Dias
      Nascimento1996-09-28(24 anos)
      Nacionalidade
      Portugal
      Portugal
      PosiçãoDefesa (Defesa Esquerdo) / Avançado (Extremo Esquerdo)

      Fotografias(66)

      Liga BWIN: SL Benfica x FC Arouca
      Liga BWIN: SL Benfica x FC Arouca
      Comentários (8)
      Gostaria de comentar? Basta registar-se!
      motivo:
      21_savage
      2021-07-27 10h47m por odiablored
      O Tiago Araújo tem muito potencial mas apesar de poder fazer a posição e de quando lá jogou ter jogado bem, não é lateral
      O Tiago Araújo tem estado a recuperar da operação de uma lesão grave mas quando voltar e ganhar ritmo tem tudo para subir à equipa principal e ser o substituto do Cervi
      Gil Dias
      2021-07-26 23h47m por ReturnoftheEagle
      Mas alguém acha que vem para jogar? É um jogador do Mendes a dar mais uma volta no carrossel, daqui a nada já está a dar outra volta. Este jogador não é para vingar, é para dar comissão.
      JD
      Gil Dias
      2021-07-26 22h33m por JDABM
      Tem potencial suficiente para poder evoluir e ser um jogador capaz de discutir um lugar a titular numa equipa grande.

      Por 2, 2M, com a idade que tem, português e pelo que joga, não tenho nada a criticar.

      Que continue a evoluir.
      OrgulhoBenfiqui sta69
      2021-07-26 19h33m por Migas29
      Não exageremos também. . . É mais que um jogador de equipa que luta pela manutenção. . .
      3D
      Laterais Benfica
      2021-07-26 18h48m por 3dA
      Diogo Gonçalves, Gilberto, Grimaldo, Gil Dias, todos os laterais do Benfica estão talhados para jogar num sistema com 3 centrais. Todos têm debilidades defensivas, uns por serem extremos de raiz, outros por simplesmente serem pouco eficazes.

      Quanto a G. Dias, como ala nesse sistema pode dar jeito ao Benfica. Não é um fora de série mas a qualidade está lá, depende de como vai lidar com a exigência de jogar num clube grande.
      Vai se impor
      2021-07-26 18h26m por OrgulhoBenfiquista69
      No banco e já tem sorte porque se fosse eu a mandar este nem no banco teria lugar.
      Jogador banal e de equipa que luta pela manutenção.
      Às vezes nem sei como certos jogadores chegam ao Benfica.
      Standards muito baixos hoje em dia.
      Gil
      2021-07-26 17h47m por 19Rick_and_Morty04
      Ele não tem qualidade suficiente para se impor numa equipa como o Benfica na sua posição de origem quanto mais numa posição que nem é a dele, ainda por cima com um concorrente como o Grimaldo.
      What?
      2021-07-26 17h29m por CapitaoHaddock
      O Gil Dias impor-se ao Grimaldo? na playstion?
      AHAHAH

      O João de Deus, está junto à linha a dar-lhe indicações? posicionamentos, e tatica ao Gil em particular. . .

      Só não compreendo é como é que o Benfica em vez de comprar um lateral esquerdo cai nestas situações ridiculas?? e mandou a custo zero um para o moreirense. . . e vendeu outro ao Arsenal, mandou outro para a Bê e contrata-me um lateral esquerdo que não sabe ser lateral esquerdo?
      Tópicos Relacionados
      OUTRAS NOTÍCIAS
      Liga Portuguesa
      Figuras do Jogo
      Os destaque do FC Porto x Moreirense
      Os destaques da partida entre o FC Porto e o Moreirense que terminou com um goleada a favor dos dragões.
      ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
      Drifter05 19-09-2021, 21:10
      albantrop 19-09-2021, 21:07
      Aguentazz 19-09-2021, 21:05
      DingyPT 19-09-2021, 20:59
      TI
      Tikiman 19-09-2021, 20:58
      Aguentazz 19-09-2021, 20:50
      Patriota69 19-09-2021, 20:47
      jorslb1 19-09-2021, 20:46
      PO
      PORTOTUGA2 19-09-2021, 20:39
      BR
      Braguilha___comedia 19-09-2021, 20:36
      Patriota69 19-09-2021, 20:33
      Dirtylooks 19-09-2021, 20:31
      ReturnoftheEagle 19-09-2021, 20:29
      ItEzzWhatItEzz 19-09-2021, 20:28
      Best1NTheWRLD 19-09-2021, 20:28
      Dirtylooks 19-09-2021, 20:25