placardpt
      Mude para o zerozero Futsal. Tudo sobre o Futsal aqui!
      Rubrica mensal do zerozero

      TERRA DO FUTSAL | Edgar Varela: «Estou muito contente por estar aqui»

      2021/06/12 19:09
      Paula Ferreira Lobo
      E0

      Em mais uma edição desta rubrica, viajamos até uma Terra que se tornou mais do Futsal esta época. A chegada de Ricardinho e Ortiz – entre outros – alavancou o interesse pelo futsal em França, tornando-o num campeonato que adeptos e imprensa internacional foram seguindo com atenção. Portugal, claro está, não foi exceção, até porque motivos de interesse para os portugueses não faltavam. Um deles é precisamente o entrevistado deste mês, que brilhou ao serviço do Mouvaux Lille, a equipa que disputou o título com o ACCS de Ricardinho e Bruno Coelho – ficaram a apenas dois pontos dos parisienses.

      Edgar Varela, na sua primeira experiência fora de Portugal, chamou à atenção sobre si próprio em terras gaulesas, e promete repetir a dose na próxima época, visto que acaba de renovar contrato por mais um ano com a formação francesa.

      Esta entrevista foi realizada no dia 8 de junho de 2021.

      Zerozero: Ontem o Mouvaux Lille anunciou a tua renovação. Imagino que estejas feliz.

      Edgar Varela: Sim. Foi mais ou menos uma renovação. Eu já tinha assinado por dois anos, mas tivemos uma reunião para saberem se eu queria continuar ou não. As duas partes decidiram que sim, e eu estou contente por continuar mais um ano.

      ZZ: Esta foi a tua primeira época em França, e a tua primeira experiência num campeonato estrangeiro. Que balanço fazes deste primeiro ano?

      EV: Para primeiro ano o balanço que faço é positivo. Podia ter sido melhor – não foi melhor porque não ganhamos o campeonato, ficamos em segundo -, mas a nível individual para mim foi muito positivo. Pensava que iria ser um ano muito difícil, até porque foi ano de adaptação, mas acho que consegui superar as expectativas. Foi um ano muito importante e muito bom para mim.

      ©Mouvaux Lille

      ZZ: Essa questão da adaptação é importante. O futsal em Portugal e em França é diferente…

      EV: Sim, é um campeonato bastante diferente. Eu saí do Sporting e fui para o Fundão, e a adaptação não foi boa, mesmo estando em Portugal, e eu pensei que aqui, num campeonato diferente, uma língua diferente, uma maneira diferente de jogar… pensei que ia ser muito pior. Digo que foi mais fácil adaptar-me aqui que adaptar-me ao Fundão.

      ZZ: Quais são as principais diferenças entre o futsal em Portugal e o futsal em França?

      EV: Eu Acho que o futsal em Portugal é um jogo muito mais tático. O jogo é mais pensado, é muito mais trabalhado, temos detalhes, coisas que se decidem no pormenor…

      Aqui não, é um campeonato muito mais físico, um campeonato muito mais de força, de técnica, aqui em França há jogadores muito habilidosos. Em Portugal também há, claro, mas aqui eles trabalham muito a parte física.

      qAcho que consegui superar as expectativas
      Edgar Varela

      ZZ: Há mais espaço para o individual, é isso?

      EV: Há mais espaço para o individual e os jogadores são mais fortes a nível físico. Mais fortes, mais altos… aqui é um campeonato mais de força que em Portugal.

      ZZ: Disseste há pouco que foi mais fácil adaptares-te ao Lille que ao Fundão. O que é que não correu bem na tua experiência no Fundão? Ou o que é que poderia ter corrido melhor?

      EV: Não sei, se calhar foi porque estava mais preso… estava habituado ao Sporting, e no Sporting entram quatro e saem quatro e o jogo é sempre o mesmo, e eu era só mais um. Jogando ou não jogando, não se notava diferença. No Fundão não, no Fundão eu era um, não era só mais um. Eu fui para lá para fazer a diferença, e se calhar foi nessa parte que eu não consegui mudar o chip, e aí foi mais difícil adaptar-me.

      ©Zé Paulo Silva

      ZZ: Sentes que cresceste? Com essa experiência e agora com a experiência em França?

      EV: Sim, aqui posso dizer que cresci muito. Muita gente diz, e eu também vejo, mesmo a minha mulher diz isso também, que eu sou a pessoa que sou quando, por exemplo, estou a jogar na rua com os meus amigos. Sou uma pessoa mais tranquila, faço aquilo que quero dentro dos limites… sou eu a jogar à bola. Enquanto no Sporting e no Fundão não era eu. Era algo que me metiam na cabeça, que eu tinha que fazer aquilo que eles queriam. Aqui eu faço o que eles querem, mas à minha maneira - dentro das regras e dos limites, claro.

      ZZ: Foi essencial para ti poder ter levado a tua família contigo, para França?

      EV: Sim! Se não tivesse cá a minha família, não era a mesma coisa, porque há a parte desportiva, e a parte familiar, e eu sou uma pessoa muito de família, preciso sempre de tê-los ao meu lado para me aconselharem e me dizerem alguma coisa depois dos jogos. Principalmente a minha mulher [que jogou futsal]: ela vê os jogos e diz sempre o que é que eu fiz de bem e de mal, e é sempre bom ouvir outras opiniões.

      ZZ: Emigrar sempre esteve nos teus planos, ou isto foi uma questão de oportunidade?

      EV: Eu sempre tive o sonho de jogar num campeonato fora de Portugal, mas nunca associei a França. Tinha associado a outros países, mas nunca a França porque não conhecia o campeonato francês. Quando acabei a minha época no Fundão recebi a proposta de França, estávamos com a situação do COVID e tudo mais, e foi o clube que apareceu, que me deu uma grande oportunidade, e estou muito contente por estar aqui, e por ter aceitado.

      qFoi mais fácil adaptar-me aqui que adaptar-me ao Fundão
      Edgar Varela

      ZZ: Em que outros campeonatos tinhas pensado? Ainda pensas experimentá-los, no futuro?

      EV: O campeonato espanhol é um campeonato que eu quero muito experimentar. O campeonato russo também. Acho que são os dois campeonatos que eu mais gostava de experimentar… talvez o brasileiro, também. São campeonatos em que me vejo a encaixar bem.

      ZZ: Voltando a França: há pouco referiste as qualidades técnicas dos jogadores do campeonato francês. Achas que podermos vir a ter alguns desses atletas no campeonato português? Deveria prestar-se mais atenção ao futsal francês aqui em Portugal?

      EV: Acho que sim. É um campeonato que está a evoluir, tem muitos jogadores bons que eu não conhecia, e agora que conheço digo que muitos deles conseguiriam jogar no campeonato português, e em outros campeonatos.

      Só que o campeonato aqui [ainda] não é muito conhecido, e ainda não se trabalha muito a parte tática. Como eu disse, aqui o campeonato é muito na força, a maioria dos jogadores que jogam nas equipas vieram do futebol 11, então jogam mais na força e não é tão tático como eu estava habituado no Sporting e no Fundão, como é o campeonato português e o campeonato espanhol. Mas se o campeonato francês mudasse o chip e começasse a trabalhar mais a parte tática diria que muitos jogadores que jogam aqui conseguiriam jogar facilmente em Portugal.

      ©Sporting CP

      ZZ: Como foi trabalhar com o Beto Aranha?

      EV: Foi muito bom! Ele conseguiu pôr o meu potencial todo para cima. Conseguiu meter-me num nível mais alto, e fazer de mim um jogador que eu não era já há muitos anos. Ele conseguiu mostrar aquilo que eu era. Admiro muito o trabalho que ele fez aqui, e especialmente o trabalho que ele fez comigo, trabalho que eu precisava que tivesse sido feito há mais tempo, se calhar.

      ZZ: Esta entrevista já estava marcada, convém dizer isto, mas é inevitável falar da decisão da Federação Francesa, tornada pública ontem, de relegar o ACCS à 2ª divisão. O clube vai recorrer, mas confirmando-se a decisão da Federação abre-se a possibilidade do Lille disputar a Liga dos Campeões. Imagino que não seja esta a forma que gostariam de conseguir o acesso à prova.

      EV: Não, como é óbvio não é esta a forma. Nós queríamos conquistar o título [o que daria acesso à Liga dos Campeões]. Quando jogamos contra eles e perdemos [no jogo da segunda volta], foi aí que perdemos o campeonato. Ainda faltavam algumas jornadas, mas nós sabíamos que era complicado.

      Vamos ver o que vai acontecer, mas como é óbvio nós queríamos era ter sido campeões.

      qAdmiro muito o trabalho que ele [Beto Aranha] fez aqui, e especialmente o trabalho que ele fez comigo
      Edgar Varela

      ZZ: Pois, aquele foi o jogo decisivo. O que é curioso é que o Mouvaux Lille tem apenas uma derrota, precisamente contra o ACCS, a quem tinham ganho na primeira volta. O que é que faltou para terem vencido esse jogo?

      EV: Faltaram algumas coisas. Temos que nos culpar a nós, porque não conseguimos dar aquilo que gostaríamos de dar. Só depois de perdermos o jogo é que percebemos que poderíamos ter dado muito mais. E outras coisas que se passaram, mas não podemos culpar os outros. Temos que nos culpar a nós primeiro. Acontece, temos que seguir em frente.

      ZZ: Para o ano o objetivo é serem campeões?

      EV: Vamos começar a trabalhar no final de julho, e vai ser sem erros. Nós em 26 jogos perdemos um jogo. Eu, e todos nós, dissemos que era impossível em qualquer outro campeonato uma equipa que em 26 jogos só perde um não ser campeã. Isto não é histórico, mas é algo que é muito difícil acontecer a uma equipa.

      ZZ: E para o ano o treinador não será o mesmo. Já foi anunciado que o Beto Aranha vai embora.

      EV: Infelizmente não será o mesmo, não sabemos ainda quem vai ser. Quem quer que seja, de certeza que vem para ajudar, para melhorar o que fizemos de errado e aperfeiçoar o que temos de bom.



      Portugal
      Edgar Varela
      NomeEdgar Ramos Mendes Varela
      Nascimento1996-03-02(25 anos)
      Nacionalidade
      Portugal
      Portugal
      PosiçãoAla

      Fotografias(28)

      Comentários (0)
      Gostaria de comentar? Basta registar-se!
      motivo:
      EAinda não foram registados comentários...
      Tópicos Relacionados
      OUTRAS NOTÍCIAS
      Amigáveis
      BRA 0-0 PFE intervalo
      Acabou a 1ª parte. Acompanhe aqui o SC Braga x Paços de Ferreira em direto e ao minuto, com todas as estat?ticas e as curiosidades mais interessantes.
      ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
      MisticaEncarnada 24-07-2021, 20:47
      MisticaEncarnada 24-07-2021, 20:42
      PE
      Pedro_academico 24-07-2021, 20:27
      sonyec 24-07-2021, 20:26
      sonyec 24-07-2021, 20:25
      ProvedorZero 24-07-2021, 20:24
      l10_FCP 24-07-2021, 20:20
      afonsofarense2000 24-07-2021, 20:17
      JiLVicente 24-07-2021, 20:17
      JiLVicente 24-07-2021, 20:13
      bet_now 24-07-2021, 20:07
      TU
      Tutaemeia 24-07-2021, 20:04
      PE
      PERAMANCA 24-07-2021, 20:03
      XP
      xpress 24-07-2021, 19:59
      PI
      Pirisca 24-07-2021, 19:48
      MisticaEncarnada 24-07-2021, 19:36