betclicpt
      Mude para o zerozero Hóquei em Patins. Tudo sobre o Hóquei em Patins aqui!
      entrevista
      Hoquista cumpre a terceira época em Itália

      André Centeno e as aspirações de uma época surpreendente no Valdagno

      2021/01/15 22:10
      Humberto Ferreira
      E0

      André Centeno foi considerado no início de 2021 o jogador mais produtivo de 2020 da Série A italiana. O defesa/médio de 34 anos falou ao zerozero sobre a temporada do Valdagno, que viu chegar esta temporada um novo treinador - Diego Mir - e está na luta pelos primeiros lugares.

      O hoquista falou sobre a temporada, a forma de trabalhar do treinador argentino, os desafios da época em tempos de Covid-19 e ainda sobre as aspirações para este ano.

      Balanço da nova época

      «É uma Série A que está a ser muito equilibrada, estamos nos lugares cimeiros e é importante estarmos ali e ocuparmos aquelas posições. Está a ser uma temporada exigente, pois desde de dezembro, altura em que voltamos à competição, têm sido jogos ao sábado e à quarta-feira e isso torna tudo mais exigente a todos os níveis».

      Parar para voltar com regras

      «Foi uma boa opção da federação, pois agora somos testados a 72 horas antes dos jogos e assim faz com que não paremos mais tempo. Desde essa paragem em novembro que mais nenhuma equipa parou e jogamos sempre. Felizmente na nossa equipa ainda não tivemos nenhum caso, mas o procedimento é se houver algo caso positivo a equipa pode adiar esse jogo e só esse jogo, depois terá de jogar sempre recorrendo a jogadores de outros escalões. Nós fazemos os testes rápidos e se houver alguém positivo, essa pessoa fica em isolamento e faz análises mais profunda. Dando positivo e o reto negativo esse jogador fica em isolamento e o resto vai a jogo. Foi a forma que a federação italiana encontrou para evitar que o campeonato pare mais tempo. Aqui em Itália as coisas estão praticamente todas fechadas e isso convívio social está mais restrito».

      Grande arranque do Valdagno

      «Aqui em Itália o campeonato é muito equilibrado. Há equipas muito fortes, como Trissino, o Forte, o Bassano que se reforçou bem, o Lodi, nós não éramos vistos como candidatos, mas trabalhamos para merecer a posição que estamos. Vivemos bem com esse papel e queremos continuar assim para chegar bem aos play-off, para ter boas sensações e experiências positivas para conseguir um bom resultado. Mas temos de trabalhar e saber bem aquilo que somos».

      Novo treinador e bons métodos

      «A nossa equipa faz-se valer do facto de ser uma grande equipa. Não há ninguém que se queira destacar individualmente. O treinador Diego Mir é muito exigente. É um trabalho diário e que é feito para integrar também os jogadores mais novos. O nosso estilo de jogo é muito intenso, quer a defender, quer a atacar, muito físico e rápido. O estilo de jogo em Itália é mais tático e por isso há muitas diferenças para o hóquei português. Nesta terceira temporada estou a aprender bastante».

      A tranquilidade italiana

      «Experiências no estrangeiro são sempre boas experiências e nesta altura sinto-me muito bem integrado. É uma cidade pequena, mas que vive muito o hóquei e já merecia ter gente nos pavilhões».

      Reecontro com Diego Mir

      «Foi meu treinador no Alcoy e encontramo-nos agora. É um treinador diferente, evoluiu, aposta bastante nos treinos de reação, velocidade e tomada de decisão e pouco nos treinos analíticos. É um treinador moderno, que se adaptou e está bem adaptado à realidade italiana».

      Jogador mais produtivo de 2020

      «Não estava à espera, foi um estudo realizado pela federação italiana. Fiquei muito contente e é muito motivador para continuarmos a trabalhar. É um trabalho coletivo, pois sem a ajuda dele não conseguia ser o jogador mais produtivo».

      Aspirações

      «Os objetivos são ganhar jogo a jogo. Temos de ir com calma, em termos de play-off queremos chegar na melhor forma possível e se possível nos lugares cimeiros. Quanto à Coppa Itália é uma prova eliminar, queremos fazer o nosso melhor e porque não lutar pela vitória. Quanto ao scudetto queremos ter uma palavra a dizer».



      Angola
      André Centeno
      NomeAndré Marques Centeno
      Nascimento1986-03-22(34 anos)
      Nacionalidade
      Angola
      Angola
      Dupla Nacionalidade
      Portugal
      Portugal
      PosiçãoDefesa/Médio

      Fotografias(4)

      Comentários (0)
      Gostaria de comentar? Basta registar-se!
      motivo:
      EAinda não foram registados comentários...
      Tópicos Relacionados
      OUTRAS NOTÍCIAS
      Liga dos Campeões
      FC Porto defronta Juventus esta terça-feira
      O FC Porto joga esta terça-feira em Turim frente à Juventus e o zerozero faz a antevisão da partida. Humberto Ferreira e Rodrigo Coimbra convidam Maniche, ...
      ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
      SCP4Lyfe 09-03-2021, 10:58
      MisticaEncarnada 09-03-2021, 10:57
      sonyec 09-03-2021, 10:54
      PensadorDaBola 09-03-2021, 10:54
      berdinho 09-03-2021, 10:52
      P0
      P0P1 09-03-2021, 10:46
      Somel12 09-03-2021, 10:46
      JHendrix 09-03-2021, 10:43
      O_Pestinha 09-03-2021, 10:41
      MAREMI_FCP 09-03-2021, 10:35
      pogrebnyak 09-03-2021, 10:33
      sonyec 09-03-2021, 10:29
      Somel12 09-03-2021, 10:28
      Kaizeler 09-03-2021, 10:26
      Pedroboss3 09-03-2021, 10:07
      tiger1974 09-03-2021, 10:05