betclicpt
      Kiko Casilla tem os dias contados no Leeds

      A queda de um internacional espanhol: Foi para Inglaterra para ser protagonista, mas está cada vez mais longe

      2021/01/13 13:20
      Redação*
      E1

      *com Ricardo Miguel Gonçalves

      Partiu para Leeds para ser o «número um» num projeto promissor, numa altura em que certamente conseguiria atrair propostas de ligas mais aliciantes, mas a aventura não tem corrido como Casilla gostaria. É suplente, tal como em Madrid, mas desta vez tem à sua frente um jovem que, apesar da inexperiência, só permitirá ao internacional espanhol estreia na Premier League caso esteja lesionado ou suspenso.

      É dos mais experientes no Leeds, onde aufere um salário digno desse estatuto, mas não mostra argumentos para justificar o investimento. O incidente de racismo que lhe fez perder a titularidade foi a primeira gota, para a falta de qualidade que tem mostrado encher o tanque e dar combustível aos adeptos, que já pedem a contratação de um novo suplente. Mas como é que chegou a este ponto?

      10 títulos para celebrar sentado

      Dias de galático ©Global Imagens / Jorge Amaral
      Formado no Real Madrid, Kiko Casilla evidenciou-se ao serviço do Espanyol e estreou-se na seleção antes de conseguir uma transferência de regresso a «casa», para substituir Iker Casillas que rumava ao FC Porto. Apesar da semelhança do nome, a mesma casta não era sinónimo de mesmo vinho e a expectativa dos adeptos merengues não era grande.

      Ainda assim, para surpresa de muitos, o guardião espanhol acabou por se tornar numa opção bastante fiável na baliza do Real Madrid, que defendeu em mais de 40 ocasiões. Keylor Navas era o favorito, mas exibições consistentes nas taças permitiram a Casilla relegar o costa-riquenho para o banco algumas vezes, principalmente na sua segunda e terceira época no Santiago Bernabéu, e ser presença ocasional numa equipa que tudo conquistou.

      Kiko Casilla
      Real Madrid
      Total
      43 Jogos  3886 Minutos
      49   1   0   02x
      ver mais »
      A quarta época trouxe uma grande novidade. Enorme, na verdade, uma vez que se tratava de uma novidade de um metro e 99: Thibaut Courtois assinou pelo Real Madrid. A competição já era grande e tornou-se ainda maior, especialmente com Keylor Navas a decidir permanecer e lutar pela titularidade. 

       

      Para Casilla não sobraram minutos, e quando chegou janeiro o guardião procurou a saída. 10 troféus depois, incluindo um trio de Ligas dos Campeões, o futuro de Kiko Casilla era Inglaterra.

      Casilla em versão 2021

      Do Santiago Bernabéu a Elland Road vai uma grande distância, e de Elland Road ao The People's Pension Stadium vai uma distância... na verdade menor, geograficamente falando, mas muito maior em termos futebolísticos. É lá que se passa esta história.

      Apresentado em janeiro de 2019 ©Leeds United
      Foi nesse estádio, casa do modesto Crawley Town, que Kiko Casilla entrou em campo pela última vez. No último domingo, com o guardião espanhol na baliza, o Leeds United foi eliminado da FA Cup por um emblema do quarto escalão, e logo com um 3x0 no marcador.

      Os primeiros dois golos da equipa da casa deixaram o espanhol com sangue nas luvas. Não foi propriamente um «frango», mas mais uma sensação de que Casilla poderia ter feito muito melhor, alastrada por todos os adeptos do Leeds United. Primeiro foi o tiro de longe de Nick Tsaroulla, que entra no lado esquerdo da baliza, sem ser particularmente colocado. Três minutos depois foi o 2x0, com o guardião a não proteger o seu poste mais próximo.

      Sem culpas no terceiro golo, mas este surgiu já no 70º minuto de um jogo em que Casilla andou «aos papéis». Saídas em falso, falta de confiança nos cruzamentos e, à frente dele, uma defesa que é mais sólida e confortável sob a liderança de Illan Meslier, o guarda-redes 14 anos mais novo que Kiko Casilla que conquistou a titularidade no Leeds. 

      ©Getty / Lewis Storey

      O eterno suplente

      Quando rumou a Inglaterra, em janeiro de 2019, Casilla certamente não pensou que estaria a aquecer o banco pouco mais de um ano depois, como se ainda estivesse no Real Madrid. Podia ter escolhido logo uma equipa de uma liga grande, mas quis ser o guardião de um projeto do Leeds que, com Marcelo Bielsa, tinha boas chances de promoção à Premier League. O contrato até 2023 indicava isso mesmo: estabilidade a longo prazo, numa idade que normalmente não é fator em guarda-redes.

      Não foi o que aconteceu. Chegou para resolver os problemas na baliza dos whites, mas nem sempre foi a solução, com a lista de erros a ser constantemente comparada à de defesas, como que numa corrida contra si próprio. Sem competição, então, perderia a baliza para uma suspensão de oito jogos devido a racismo, por insultar Jonathan Leko.

      Meslier tem estado em bom plano ©Leeds United Football Club
      Não havia Navas nem Courtois, havia... Illan Meslier. Guarda-redes que tinha então 19 anos, emprestado pelos franceses do Lorient, e que assumiu a baliza durante a suspensão de Casilla e no resto da temporada. Chegaram ambos à Premier League como campeões, mas o dono da titularidade era já o jovem francês, entretanto adquirido em definitivo por pouco mais de seis milhões de euros.

      Meslier é o titular mais jovem do top-5 de ligas, e vai batendo alguns recordes na Premier League. Não é perfeito, naturalmente, mas tem sido um upgrade a um guarda-redes que na altura em que rumou a Inglaterra era visto como bom de mais para o Leeds, o que talvez tenha sido parte do problema.

      Já Casilla, com 34 anos, começa a ser o patinho feio da massa adepta do Leeds, que já pede a contratação de um novo número dois. Um papel que certamente não o envaidece, mesmo a troco de mais de 35 mil euros por semana...

      Espanha
      Kiko Casilla
      NomeFrancisco Casilla Cortés
      Nascimento1986-10-02(34 anos)
      Nacionalidade
      Espanha
      Espanha
      PosiçãoGuarda Redes

      Fotografias(18)

      Comentários (1)
      Gostaria de comentar? Basta registar-se!
      motivo:
      Mais uma prova
      2021-01-13 14h01m por freskas
      Que nem sempre o estatuto e o dinheiro sao sinonimo de boas prestacoes tal como o Rodrigo por exemplo que custou um balurdio dava para comprar 2 ou 3 bons jogadores
      OUTRAS NOTÍCIAS
      Liga Portuguesa
      com video
      Tondela venceu Boavista no João Cardoso
      Tondela venceu Boavista (3x1) em encontro da 14.ª jornada da Liga NOS.
      ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
      EN
      enoqueosportinguista 17-01-2021, 08:35
      zlatan_21 17-01-2021, 08:11
      zlatan_21 17-01-2021, 08:07
      SCP_SUPPORTER 17-01-2021, 04:43
      MAREMI 17-01-2021, 02:07
      DepoisPago 17-01-2021, 01:12
      contratudoetodos 17-01-2021, 00:57
      contratudoetodos 17-01-2021, 00:56
      DepoisPago 17-01-2021, 00:53
      JO
      josebrito123 17-01-2021, 00:52
      OneWinner 17-01-2021, 00:47
      MAREMI 17-01-2021, 00:36
      Gadoxe 17-01-2021, 00:17
      JD
      JDABM 17-01-2021, 00:13
      LA
      lalaland 17-01-2021, 00:10
      LA
      lalaland 17-01-2021, 00:08