betclicpt
      Mude para o zerozero Futsal. Tudo sobre o Futsal aqui!
      Destaque
      Fundanenses batem Braga por quatro bolas a três

      Fundão acorda tarde, mas a tempo de ser feliz

      2020/11/28 13:43
      Redação
      E0

      Não há, até ver, quem consiga “assaltar o castelo” fundanense com sucesso. Na manhã deste sábado (28), coube aos “Guerreiros do Minho” encetarem a sexta tentativa de invasão ao “cofre forte” beirão, mas acabaram vergados por quatro bolas a três, depois de até terem rubricado um início de encontro prometedor no primeiro jogo sob orientação interina de Luís Silva.

      Com os respetivos encontros frente a Candoso e Futsal Azeméis (relativos à jornada 11, que se disputou hoje) adiados, Fundão e Braga decidiram aproveitar para acertar calendário, disputando uma partida que estava em atraso da sétima jornada. Três dias depois de ter entrado em cena para se debater com  Eléctrico, o Fundão voltou a subir à quadra do Municipal do Fundão, para medir forças com o Braga, já sem Paulo Tavares - rescindiu contrato a meio da semana - e com Luís Silva no banco, como treinador interino.

      Braga entrou a vencer

      Diante do Braga, como no encontro com o Eléctrico, o Fundão entrou novamente a perder e… com um golo na sequência de uma bola parada. Estavam cumpridos três minutos quando Bolt fez a bola beijar as redes da equipa local pela primeira vez, dando vantagem aos “Guerreiros do Minho”. Poucos instantes depois, quando o Fundão ainda se reerguia após o tento sofrido, o Braga aproveitou para dilatar a vantagem. Vítor Hugo saiu da baliza, avançou no terreno e atirou forte para o 0x2, colocando a equipa do Fundão em maus lençóis.

      A perder por duas bolas a zero, o Fundão precisava despertar na manhã de sábado para entrar na luta pelo jogo e a verdade é que a equipa da Beira Baixa não se deixou atemorizar, nem virou a cara à luta. Em vantagem, o Braga baixou ligeiramente, procurou colocar “água na fervura” e fechar as “portas” para a sua baliza, mas Pedro Senra tinha a chave. Já depois de Nem ter atirado ao poste da baliza bracarense, o algarvio Senra encarregou-se de encurtar distâncias.

      O Fundão cresceu no encontro, aproveitou o bom jogo de pés do guardião Luan, e procurava então alcançar vantagem, ao passo que o Braga, confortável com a iniciativa local, exibia mais pragmatismo e objetividade nas suas ações, procurando criar perigo maioritariamente em transição. Aos 16 minutos de encontro, Peléh foi derrubado na área bracarense e a equipa de arbitragem assinalou penálti favorável ao Fundão. Chamado a bater, o capitão Mário Freitas atirou fraco e permitiu a defesa a Vítor Hugo. Diz a “velha máxima” que “quem não marca, sofre” e o Fundão esteve perto de atestar a veracidade da mesma. Um minuto depois, Bruno Cintra teve o 1x3 nos pés, mas falhou a emenda já com Luan batido.

      Não foi de grande penalidade, mas seria igualmente de bola parada que o Fundão chegaria à igualdade. O Braga cometeu a sexta falta e, na conversão do respetivo livre, Juninho apontou o 2x2 e igualou a contenda antes o descanso. 

       

      "Cambalhota" no marcador no segundo tempo

      A etapa complementar arrancou novamente com uma boa ocasião para o Braga fazer o 2x3, no caso, por Tiago Correia. As oportunidades foram-se sucedendo e, umas vezes por mérito dos guarda-redes, outras por demérito dos jogadores no momento de decidir, o 2x2 foi-se perpetuando.

      A seis minutos do fim, momento decisivo no encontro: Gustavo Rodrigues, jogador que já tinha sido admoestado na primeira parte com cartão amarelo, recebeu o segundo e respetivo vermelho, após derrubar Peléh. Em desvantagem numérica, o Braga procurou defender-se com pôde, mas voltou a brilhar Juninho: de regresso à quadra depois de ter cumprido castigo com o Eléctrico, o brasileiro fez o 3x2. Em desvantagem pela primeira vez na partida, a equipa técnica do Braga parou o jogo e avançou para o 5x4, com Bruno Cintra a assumir funções de guarda-redes avançado.  Miguel Ângelo foi o único a conseguir ameaçar a baliza de Luan com perigo nos minutos que se seguiram, e o Fundão aproveitaria um erro bracarense para fazer o 4x2. Peléh, autor de dois golos no encontro anterior frente ao Eléctrico, atirou a contar para a baliza deserta e fez o 4x2.

      A poucos segundos do fim, ainda haveria tempo para mais um golo. Lachaga assumiu a marcação de um livre, que castigou a sexta falta fundanense, e bateu Luan para o 4x3, golo festejado de forma peculiar, desgarrada, como que se de um “Guerreiro” a içar a bandeira branca se tratasse, uma vez que pouco mais havia a fazer.

      Com este resultado, o Fundão é agora quarto colocado com 20 pontos (mas ainda tem um jogo a menos), ao passo que o Braga é 12º, com sete (e três jogos a menos).



      Sondagem
      RESULTADO SONDAGEM
      AD FUNDÃO
      EMPATE
      SC BRAGA
      Comentários (0)
      Gostaria de comentar? Basta registar-se!
      motivo:
      EAinda não foram registados comentários...
      jogos em destaque
      U Sábado, 28 Novembro 2020 - 11:00
      Pavilhão Municipal do Fundão
      Tiago Silva
      4-3
      VIDEOS
      OUTRAS NOTÍCIAS
      Oficial
      O Casa Pia anunciou esta quarta-feira a contratação de Jota Silva, extremo de 21 anos que esteve ligado ao Leixões durante a primeira metade da temporada. «Estou muito ...
      ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
      miketu 27-01-2021, 16:37
      miketu 27-01-2021, 16:32
      TryItOut 27-01-2021, 16:31
      miketu 27-01-2021, 16:29
      Devespensar 27-01-2021, 16:21
      AlexisSanchez_7 27-01-2021, 16:19
      AlexisSanchez_7 27-01-2021, 16:18
      RA
      rarva 27-01-2021, 16:16
      3D
      3dA 27-01-2021, 16:15
      zirel 27-01-2021, 16:14
      TryItOut 27-01-2021, 16:12
      miketu 27-01-2021, 16:07
      lvr1vsc 27-01-2021, 16:05
      JO
      jorslb1 27-01-2021, 16:02
      BestInTheWRLD 27-01-2021, 16:00
      JO
      jorslb1 27-01-2021, 15:59