betclicpt
      Mude para o zerozero Futsal. Tudo sobre o Futsal aqui!
      Rubrica mensal do zerozero

      Aquela vez em que Davide Moura quis dar um tiro ao Pli… e com razão!

      2020/11/26 17:09
      Redação
      E0

      O Estórias de Balneário veio para ficar. Todos os meses vamos trazer-lhe histórias fora das quadras do futsal nacional, contadas na primeira pessoa por algumas das figuras mais carismáticas do futsal nacional.

      Em mais uma edição do Estórias de Balneário, convidamos Pli, ex-guarda-redes do SC Braga, a partilhar alguma história dos seus tempos de futsal.

      Ficamos a saber da praxe que se fazia no Minho e que a vida sem GPS não era fácil. Quem nunca se enganou no pavilhão que atire a primeira pedra! Ou dê o primeiro tiro, se forem o Davide Moura...

      Estórias de Balneário por Pli

      Estava a pensar contar duas histórias e mais uma praxe que fazíamos sempre aos miúdos, no Braga.  

      Uma praxe que era habitual fazermos no Braga era que todos os miúdos que entravam, enquanto não vestissem a camisola da equipa sénior, não se podiam equipar no cabide. Às vezes tínhamos lá no balneário um monte de roupa, que eles tinham que pôr sempre a roupa no monte da roupa, enquanto não podiam usar o seu cabide. Quando iam treinar quatro ou cinco juniores aquilo parecia a feira da Vandoma, de tanta roupa que estava no meio do chão! Depois era uma alegria para eles quando vestiam pela primeira vez a camisola dos seniores - a de jogo, que não contavam os treinos - e já se podiam equipar no cabide, faziam uma festa!

      Agora histórias tenho duas.

      Uma, nos primórdios, quando comecei a jogar no São Lázaro – clube que depois deu nome ao Braga, depois de deixar de existir – em que um dos nossos melhores jogadores estava a trabalhar numa feira na Exponor, e nós precisávamos que ele viesse ao jogo, que era um jogo importante. Estávamos sempre a ligar a perguntar «Onde é que estás?».  «Estou a sair agora da feira já vou aí ter com vocês. Onde é que é o pavilhão?». Nós íamos dando indicações, na altura não tínhamos GPS como temos agora, e ele «Ok, estou a chegar, já vi o pavilhão, estou a entrar». E nós «Porreiro, ele chegou!». Entramos para o aquecimento e ele nada. Começamos o jogo, e ele nada. Aparece-nos ao intervalo, e nós «Então?», e ele «Enganei-me no pavilhão»!

      Chegou ao outro pavilhão, equipou-se num balneário que não era o nosso, que não era de ninguém, entrou para um jogo em que estava de um lado uma equipa vestida de amarelo, do outro uma equipa de verde, e ele equipado de vermelho, que era o que nós vestíamos. Depois lá teve que vir a correr para o nosso pavilhão.

      A outra história é com o Davide, um rapaz muito porreiro. Ele jogou comigo no Braga, na altura também estava aqui o Chiquinho, que veio do Sporting, e eles viviam juntos.

      Então eu e acho que era o Berto, antigo guarda-redes que também estava aqui comigo, fomos ao balneário mais cedo e pusemos a pomada Finalgon nas cuecas e nas meias. Aquilo arde mesmo muito, deve aquecer mesmo muito… então ele vestiu-se, foi embora, já estava eu em casa a jantar e liga-me o Chiquinho, a chorar a rir, a dizer que o Davide estava no chuveiro a insultar-nos a todos. Ouvia-se ele a insultar-nos: «Eu vou trazer uma caçadeira lá de cima e vós ides ver!». E o Chico a contar-nos que ele ia no carro a dizer «Ó Chiquinho, tu tens a chauffage [aquecimento] ligada? É que está aqui muito quente, estou com os pés a ferver, e aqui na zona do rabo estou a fever… o que é que se passa aqui?», e o Chiquinho também não sabia. Depois eu é que lhe mandei mensagem [ao Chiquinho] a avisar se acontecesse isso, já sabia do que tinha sido. Foi aí que ele me ligou, a chorar a rir, a dizer que o Davide estava na banheira, e passou lá cerca de uma hora, com água fria quer nos pés quer nas outras zonas, a ver se acalmava a dor que ele tinha.

      Era muito engraçado, que ele falava muito à Trás-os-Montes, a dizer que nos ia dar um tiro… depois, claro, choramos a rir, e todos gozamos com ele no treino a seguir!



      Portugal
      Pli
      NomeAntónio Pedro Seara Sequeira Vale Peixoto
      Nascimento1977-01-20(44 anos)
      Nacionalidade
      Portugal
      Portugal
      PosiçãoGuarda-Redes

      Fotografias(14)

      Comentários (0)
      Gostaria de comentar? Basta registar-se!
      motivo:
      EAinda não foram registados comentários...
      OUTRAS NOTÍCIAS
      Liga Portuguesa
      em direto
      SCF 0-1 FCP intervalo
      Acabou a 1ª parte. Acompanhe aqui o Farense x FC Porto em direto e ao minuto, com todas as estat?ticas e as curiosidades mais interessantes.
      ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
      FC
      FCPorto206 25-01-2021, 21:04
      I_
      I_see_dead_people 25-01-2021, 21:00
      ReturnoftheEagle 25-01-2021, 20:58
      TO
      torradeira1 25-01-2021, 20:55
      TO
      torradeira1 25-01-2021, 20:54
      VI
      vivofutbol 25-01-2021, 20:41
      KE
      Kempes 25-01-2021, 20:40
      MisticaEncarnada 25-01-2021, 20:36
      ReturnoftheEagle 25-01-2021, 20:31
      diogomoura983 25-01-2021, 20:28
      VI
      vivofutbol 25-01-2021, 20:28
      SA
      Santanaa5 25-01-2021, 20:25
      VI
      vivofutbol 25-01-2021, 20:23
      deTodosUm04 25-01-2021, 20:22
      Markes88 25-01-2021, 20:21
      trinta_cm 25-01-2021, 20:20