placardpt
      FC Porto perde em Manchester

      Este país não é para dragões

      2020/10/21 22:04
      Gaspar Castro

      Já eram 20 jogos em Terras de Sua Majestade, agora são 21 e o FC Porto continua sem conseguir por lá vencer. Foi também noite de 18ª derrota neste país, embora desta vez de uma forma diferente daquela com que outras, bem mais pesadas, aconteceram. Desta vez, foi por 3x1 e ficou um sabor amargo.

      Contra uma equipa super-favorita em pleno Etihad, Sérgio Conceição montou uma equipa sólida no momento defensivo, deixou o City ter bola mas conseguiu tapar os espaços durante muito tempo e até marcou primeiro, numa iniciativa extraordinária de Luis Díaz. 

      O plano de jogo funcionou durante muito tempo, talvez mais tempo do que o esperado, mas um penálti muito forçado no primeiro tempo (o mais grave de vários erros que prejudicaram o FC Porto), convertido por Agüero, e dois momentos de virtuosismo de Gündogan e Ferrán Torres consumaram a derrota portista em jogo de estreia no regresso à Liga dos Campeões. Deu, ainda assim, para estrear Sarr (a titular) e Evanílson e trazer Nakajima de volta aos relvados.

      Solidez primeiro, explosão depois

      Seria o plano geral de Sérgio Conceição para este muito difícil encontro. O técnico surpreendeu desde logo no onze inicial, juntando Sarr a Pepe e Mbemba, estreando assim o francês e montando uma equipa que seria de cinco defesas no momento defensivo e de três no processo ofensivo (que foi, na sua maioria, de rápidas transições ofensivas). Também entre as surpresas surgia um muito jovem Fábio Vieira, colocado à frente de Uribe e Sérgio Oliveira e com Marega e Díaz a assumirem a missão de atacar o espaço nas costas da defesa do City.

      Luis Díaz abriu o marcador com um grande momento © TIM KEETON / Getty Images

      Por largos períodos, o FC Porto conseguiu condicionar o estilo de jogo do Manchester City, ou pelo menos evitar que esse estilo de jogo tivesse consequência. Com João Cancelo à esquerda da defesa, Rúben Dias no centro e Bernardo Silva como elemento mais móvel do meio-campo, o City de pendor ofensivo de Guardiola tinha bola, muita bola, mas não conseguia descobrir espaços para ultrapassar duas muralhas portistas, o meio-campo e a defesa.

      Agüero empatou o jogo com um penálti polémico © TIM KEETON / Getty Images

      Nesses momentos em que a bola era dos ingleses - na verdade, ingleses eram só dois -, o FC Porto organizava-se numa espécie de 5x4x1, mantendo Marega sozinho na frente e com todos os restantes jogadores a procurarem travar a organização coletiva adversária. Conseguindo suster ataques, o FC Porto tinha ocasionais oportunidades para os seis, em particular a partir dos flancos, onde estavam Zaidu e Corona como laterais muito projetados. 

      Ainda com 14 minutos de jogo, os portistas conseguiram surpreender a equipa de Guardiola. Aliás, Luis Díaz conseguiu-o. Numa iniciativa individual notável, o colombiano partiu da esquerda e contornou toda a defesa dos citizens antes de rematar cruzado a partir da direita. Dava para acreditar na surpresa, mas ainda havia muito jogo por jogar...

      Penálti arrancado à força e dois grandes momentos

      ...e esse restante jogo não quis nada com o FC Porto. Seis minutos depois desse golo de Díaz, a equipa de arbitragem assinalou um penálti por falta de Pepe, aparentemente ignorando o pisão de Gündogan a Marchesín mesmo antes. Agüero agradeceu, Marchesín ainda adivinhou o lado mas não evitou o golo do compatriota.

      Com a igualdade, a tendência do restante jogo manteve-se, com o FC Porto a ter muito menos bola e a tentar segurar o adversário para depois explorar fragilidades defensivas adversárias. Quase o conseguia perto do intervalo, quando Marega apareceu nas costas da defesa - a zona preferida do maliano - mas não conseguiu oferecer o golo por pouco. Tudo isto pela mesma altura de um lance em que ficam dúvidas sobre um possível penálti a favor do FC Porto, devido a contacto entre Cancelo e Pepe.

      O Manchester City marcou dois golos no segundo tempo e garantiu o triunfo ©Getty /

      O segundo tempo começou com uma séria ameaça de Gündogan a Marchesín (sem pisões desta vez, foi mesmo com um grande remate) e o médio internacional alemão brilhou mesmo aos 65', aproveitando uma falta de Fábio Vieira e convertendo na perfeição um livre direto para o fundo das redes portistas.

      Já estava difícil, estava consumada a reviravolta, e a machadada final veio aos 73', quando um grande momento de Ferrán Torres (tinha entrado pouco antes) valeu o terceiro golo da equipa de Guardiola, visivelmente feliz com o resultado e também envolto em bate-bocas com o banco do FC Porto.

      Menos feliz ficou Conceição, que ainda lançou para o ataque Taremi e Evanílson, recuperando Nakajima e lançando também Nanú, mas os portistas pouco mais conseguiram fazer. Por esta altura, o nível organizacional já não era o mesmo e faltavam argumentos para contrariar o poderio adversário. A equipa portista despede-se com uma derrota da estreia na prova milionária. O lado bom: ficaram boas indicações em alguns aspetos e há mais cinco jogos para lutar pelo objetivo.

      U Quarta, 21 Outubro 2020 - 20:00
      Etihad Stadium
      Andris Treimanis
      3-1
      Sergio Agüero 20' (g.p.)
      Ilkay Gundogan 65'
      Ferrán Torres 73'
      Luis Díaz 14'
      Etihad Stadium
      Etihad Stadium
      Inglaterra
      Manchester
      Lotação55 097
      Medidas105x68
      Inauguração2003
      FaseFase de Grupos
      GrupoGrupo C
      VIDEOS
      Lances Capitais
      14´
      GOLO FC Porto!
      Luis Díaz marca
      Luis Díaz marca o seu 1º golo na prova (1 jogos)
      20´
      GOLO Manchester City
      Sergio Agüero marca de grande penalidade!
      Sergio Agüero marca o seu 1º golo na prova (1 jogos)
      65´
      GOLO Manchester City!
      Ilkay Gundogan marca
      Ilkay Gundogan marca o seu 1º golo na prova (1 jogos)
      73´
      GOLO Manchester City!
      Ferrán Torres marca
      Ferrán Torres marca o seu 1º golo na prova (1 jogos)
      A Chave

      Minuto 17: É assinalado um polémico penálti a favor do Manchester City. Agüero converte e empata o encontro.

      O Árbitro

      Nota negativa para a equipa de arbitragem, por uma série de razões, a maioria das quais prejudiciais aos portistas. Não nos parece haver razão para penálti tendo em conta o pisão a Marchesín logo antes e o critério disciplinar nem sempre fez sentido, como quando uma falta propositada a travar uma transição portista não deu em cartão.

      O Melhor
      Organização portista

      Sérgio Conceição surpreendeu no esquema montado e durante muito tempo correu bem. A equipa esteve muito sólida, tapando os caminhos ao City, e acabaria por sofrer um muito cruel castigo.

      O Pior
      Arbitragem

      Não pode ser desculpa exclusiva. O Manchester City tem melhores jogadores e isso influenciou também o jogo, como seria sempre óbvio. Ainda assim, a forma como surgiu o primeiro golo dos citizens é demasiado penalizadora para um FC Porto que fez uma primeira parte tão positiva.

      Forma
      Manchester City
      2020/2021
      7J
      5V
      1E
      1D
      15-9G
      FC Porto
      2020/2021
      5J
      2V
      1E
      2D
      13-9G
      Sabia que...by playmaker stats
      FC Porto soma a 18.ª derrota em 22 jogos em Inglaterra (4 empates).

      A última derrota com golos tinha sido há 13 anos frente ao Liverpool (4-1)
      Duas épocas depois o FC Porto abre a Champions League com uma derrota (vs Besiktas, 2018/19), nessa temporada os dragões qualificaram-se para os 1/8 de final.
      Há onze anos que o FC Porto não começava a Champions com uma derrota fora de casa:
      2020 D 3-1 Manchester City
      2009 D 1-0 Chelsea [qualificou-se para os 1/8 final]
      FC Porto cometeu apenas 4 faltas em 90 minutos de jogo frente ao Manchester City (15 faltas).

      Duas das quatro faltas resultaram em golos:
      Pepe - grande penalidade, golo de ??Agüero
      Fábio Vieira - livre direto, golo de ??Gundogan
      Sondagem
      RESULTADO SONDAGEM
      MANCHESTER CITY
      EMPATE
      FC PORTO
      Comentários (115)
      Gostaria de comentar? Basta registar-se!
      motivo:
      voltou_apito_do urado
      2020-10-22 18h48m por carloscorreia368
      O Porto tem mais participações na Champions league.
      Mas em todas as competições da UEFA desde sempre sim tens razão e como tu dizes.
      Kempes
      2020-10-22 16h46m por voltou_apito_dourado
      És mentiroso e anedótico.
      Já agora diz que o porto é o maior em Champions league e em UCL.
      Factos? Vamos a verdades sobre a fase de grupos, o Benfica tem um somatório de mais pontos e mais vitórias que o Porto, tem mais jogos, mais participações, mais golos marcados e mais golos sofridos é verdade. Está no site da UEFA, queres que meta aqui o link?
      jsilva77
      2020-10-22 15h09m por MisticaEncarnada
      Eu até aqui já escrevi que se não fosse o Porto ter ficado sem pernas e podia ter feito na segunda parte o que fez na primeira. Depois com falta de frescura física do adversário o City carrega, obrigado. . . a maior prova disso é, para mim, o terceiro golo em que o jogador que marca passa facilmente pela defesa do Porto e ninguém o acompanha. Depois há também o desgaste emocional. . .
      __5CP_
      2020-10-22 15h04m por PalancaFCP
      É bom sinal (AVB). Significa que somos uma nação além fronteiras, diferente de ser uma rebelião interna aquém títulos.
      JS
      Falar de anti jogo e autocarro
      2020-10-22 15h02m por jsilva77
      Do FCPorto neste jogo acaba por ser até moralmente desonesto, num jogo em que dividimos, e até fomos superiores taticamente na primeira parte . . . Estratégia que só foi estragada por uma entrada brutal sobre Marche, que podia ter acabado com a carreira do homem, basta ver as fotos de todos os diários desportivos que até arrepia, ninguém entra assim a disputar uma bola, não pode . . . e que deveria ter dado expulsao para o jogador do City e . . . ainda é assinalado penalty contra, para...ler comentário completo »
      Kempes
      2020-10-22 14h11m por __5CP_
      Com o RGS a presidente vai buscar o Lito Vidigal e vai ser tudo nosso durante uma década.
      Vamos ultrapassar isso a BRINCAR.
      Lol
      2020-10-22 13h55m por voltou_apito_dourado
      Uma equipa que em 90 minutos faz 4 faltas e ainda se desculpam com o árbitro. Guardiola foi conciso antes e no final do jogo, até lá fora há a fama que os homens do banco condicionam as equipas de arbitragem liderados pelo Luís das gajas
      marcojusto
      2020-10-22 12h41m por carloscorreia368
      Ui nem quero imaginar o dinheiro q já gastas te em rennie!!
      Vai ver o teu colosso europeu logo contra o. . . o. . . o. . . ???? vou ver contra quem é, e já termino o comentário.
      Ainda o NÃO penalti do Sporting!?
      2020-10-22 12h35m por JAOF
      1 - no jogo, a primeira coisa que é mostrada é a repetição com imagem parada do início do lance. . . FORA DA GRANDE ÁREA.

      2 - Estamos no futebol, não no basquetebol. É permitido o contacto, não é permitido usar o mesmo para impedir o adversário de jogar (excepto "ombro a ombro", o que não foi o caso).

      3 - Zaidu tem a mão no ombro, NÃO Agarrando e com o braço sempre flectido - NÃO EMPURRANDO.

      4 -os tram um contacto entre pernas e o jogador d...ler comentário completo »
      r rre
      2020-10-22 12h10m por MisticaEncarnada
      Físicas sim. Os jogadores do Porto são rápidos mas não quer dizer que tenham enormes resistências físicas. O terceiro golo do City não teria acontecido na primeira parte. Já viste a forma fácil com que aquele jogador passou pela defesa do Porto?
      Quando faltam argumentos técnicos tens de ir lá por outras vias e o Porto foi, foi pela táctica mas se os jogadores quebram começam a sair das posições e esse rigor táctico já não é o mesmo. Quanto mais fresca estiver uma equipa, independen...ler comentário completo »
      marcojusto
      2020-10-22 12h02m por MisticaEncarnada
      O problema do Porto foi quebrar fisicamente. Nós (tugas) não estamos preparados para estas exigências físicas. Se essa quebra não tivesse ocorrido o Porto podia fazer uma segunda parte parecida com a da primeira e se calhar até nem perdia.
      Mais um aVARiado
      2020-10-22 11h32m por OLobomau
      Arbitragem amadora a todos os níveis. O VAR deste jogo tem de ser banido das competições europeias com um erro tão amador.
      Em relação ao jogo, o Porto fez o que tinha a fazer. O City, normalmente, tem grande percentagem de posse de bola, independentemente do adversário. O melhor que uma equipa adversária tem de fazer é recuperar a bola e fazer transição rápida.
      Faltou cabeça fria aos jogadores do Porto nos lances capitais. Os golos do City podiam ser facilmente evitávei...ler comentário completo »
      GP
      Manuelamaro
      2020-10-22 11h29m por gp13
      Realmente houveram muitas simulações de lesões. . . o pisão na canela do Marchesín, as cotoveladas na face do Marega, os pitões no tornozelo do Fábio Vieira, os puxões ao Luis dìaz nos contra ataques. . .
      Perdas de tempo. . . realmente houveram tantas que viu-se poucos minutos de compensação. . .
      Anti jogo. . . realmente viu-se vários jogadores do Porto no chão mas foi por faltas graves que sofreram. . .
      Autocarro. . . é verdade, foram nele para o estádio para jog...ler comentário completo »
      GP
      JDABM
      2020-10-22 11h19m por gp13
      Comparar possível toque nas costas com intensidade subjetiva no jogo do Sporting com uma entrada de pitões na canela do Marchesín que poderia provocar fratura ou lesão grave é de alguém que apenas pretende semear o ódio e a desonestidade nesta caixa de comentários.
      MA
      Curioso
      2020-10-22 11h14m por manuelamaro
      Falam em organização tática, 11 homens atrás da bola, Marítimo no dragão fez o mesmo, autocarro, anti jogo, perdas de tempo, simulações de lesões. Então como ficamos?
      GP
      Orgulhovermelho
      2020-10-22 11h14m por gp13
      Comentário de uma desonestinade intelectual tremenda. Óbvia interferência do árbitro nos dois primeiros golos do City. É o que acontece quando um clube é comprado para ser fachada e lavagem de dinheiro de bilionários do médio oriente e a isso se junta um árbitro da Letónia, de onde ninguém conhece sequer um jogador ou clube de lá.
      Os 5 defesas deveu-se à necessidade de contornar o facto dos laterais como Manafá, Zaidu, Corona (adaptado) e Nanú serem melhores em termos atacantes que ...ler comentário completo »
      GP
      Orgulho neste Porto
      2020-10-22 10h56m por gp13
      Grande atitude e Porto personalizado como é costume no panorama internacional.
      Boa opção na tática de 5 defesas uma vez que Zaidu e Manafá não teriam capacidade de parar os homens da frente do City numa tática de 4 defesas.
      Arbitragem vergonhosa que condicionou o resultado do jogo.
      JS
      orgulhovermelho , não concordo
      2020-10-22 10h48m por jsilva77
      Com boa parte da tua análise . . . Na primeira parte o City viu-se aos papéis com a tática do FCPorto e, tivesse o FCPorto executantes ao mesmo nível do seu adversário, provavelmente teríamos matado o jogo na primeira parte . . . Isso e a arrepiante entrada sobre Marche que poderia ter tido consequências gravíssimas e . . . Não se traduziu em vermelho para o jogador do City e ainda lhes deu penalty . . . Na segunda parte, os pecados velhos de Alvalade, a equipa recua na expetativa de res...ler comentário completo »
      Kropotkin
      2020-10-22 10h39m por PalancaFCP
      E esse é o problema que persiste. Entregar os papéis principais a actores secundários, ou se preferirem duplos. É dificil fazer a gestão de um craque em campo, porque geralmente têm mais dificuldade em obedecer a tácticas. Logo, quando um treinador abdica de um craque para jogar com um pino, é o mesmo que acovardar-se.

      Geralmente só joga com um virtuoso a titular, isso diz muito.
      JOGO
      2020-10-22 09h13m por orgulhovermelho
      Foi um mau jogo, de ambas as partes. O City esteve muito abaixo, mas verdade seja dita que o Porto também colocou a equipa toda atrás da linha da bola, o objetivo era apenas defender. O City acabou por vencer justamente sem ter feito um grande jogo, mas mesmo sem ter jogado muito dá a sensação que se o Porto não tivesse jogado com 5 defesas poderia ter levado mais, como se viu na parte final do jogo, não fosse Marchesin e o resultado poderia ter sido bem mais pesado. De realçar as decla...ler comentário completo »
      JS
      As imagens do Marche a ser pisado
      2020-10-22 09h06m por jsilva77
      No pênalti do City são verdadeiramente arrepiantes e, atrevo-me a dizer, seria para cartão vermelho . . . Arrepia mesmo e não sei como Merche ainda tem a perna intacta, entrada inacreditável e decisão incompreensível . . . No campeonato Inglês já vi muitas destas entradas a serem punidas com vermelho direto e com toda a legitimidade, se isto não é colocar em risco a integridade física de um companheiro de profissão e até a sua carreira, mas enfim . . .

      Uma coisa que hoje m...ler comentário completo »
      PalancaFCP
      2020-10-22 09h00m por kropotkin
      Acho que de todos esses cepos que mencionas o Sérgio Oliveira é capaz de ser o menos mau. Com o Sérgio Conceição no comando, O Marega e o Manafá sentavam no banco o Lewandovski e o Kyle Walker.
      CR28
      2020-10-22 09h00m por Francis9PT
      Era falta do Zaidu no jogo do Sporting ? Então é falta aqui também.
      Ete jogo foi roubo de igreja.
      petitor
      2020-10-22 08h31m por PalancaFCP
      Alguns reforços têm qualidade para começar já a ser aposta, e merecem que sejam descontados os erros iniciais; temo que alguns deles sofram do "síndrome Nakajima", ou seja, revelem técnica a mais para o entendimento de SC. Basta observar as substituições de Luiz Dias em contrapartida das insistências em Marega durante 90 minutos, mesmo quando este deixa de impor velocidade e físico, as únicas coisas que tem a oferecer.
      RS
      Portistas
      2020-10-22 08h20m por rs24bfc
      Incrível o que alguns portistas escrevem do FCP. O FCP fez um bom jogo contra um candidato à conquista da Premier League e talvez da Champions. As ditas "vacas sagradas" que o SC poe em campo dão coisas que os novos reforços ainda não podem oferecer. Fala tudo de comparação direta e individual de jogadores mas não de uma perspetiva de equipa. . . acho que o maior erro do SC, foi de certa forma ter desistido da luta do meio campo quando começou a por mais avançados de forma algo brainless.
      OUTRAS NOTÍCIAS
      Benfica
      com video
      A justificação do técnico encarnado
      Treinador do SL Benfica, Jorge Jesus, comentou a fase da equipa após a vitória diante do Barcelona (3x0) para a Liga dos Campeões.
      ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
      Ruben_Ferreira 28-10-2021, 09:01
      Hakerportista 28-10-2021, 08:56
      FCP_18 28-10-2021, 08:54
      brazuka89 28-10-2021, 08:50
      Heimdallr 28-10-2021, 08:31
      bernardobranco 28-10-2021, 08:24
      JS
      jsilva77 28-10-2021, 08:18
      xithombo 28-10-2021, 07:58
      xithombo 28-10-2021, 07:48
      fabiosilva86 28-10-2021, 07:43
      Arshavin_Arsenal10 28-10-2021, 05:10
      CrookSoul 28-10-2021, 04:54
      Daviscon 28-10-2021, 04:18
      moumu 28-10-2021, 02:51
      moumu 28-10-2021, 02:50
      moumu 28-10-2021, 02:49