betclicpt
      Anuncio feito pelo Governo esta quarta-feira

      Portugal entra em estado de calamidade a partir da meia noite: Conheça as 8 medidas «fundamentais»

      2020/10/14 14:41
      Texto por Redação
      E7

      O Primeiro-Ministro, António Costa, anunciou esta quarta-feira que o Conselho de Ministros decidiu elevar o nível de alerta da situação de contingência para o estado de calamidade em Portugal, a partir da meia noite desta quinta-feira. Assim sendo, foram anunciadas várias novas medidas, que entrarão em vigor em todo o território nacional.

      Segundo explicou António Costa, em causa está o «agravamento progressivo e consistente» da crise pandémica, com especial ênfase desde «meados de agosto», o que levou então o Governo a decretar o Estado de Calamidade. Além disso, o chefe do Executivo anunciou ainda uma série de medidas que apelidou de «fundamentais» para esta situação extraordinária, entre as quais ajuntamentos na via pública com mais de cinco pessoas, ou a limitação de eventos familiares, como «casamentos e batizados, a um máximo de 50 participantes.

      Além disso, o Primeiro-Ministro anunciou que irá dar entrada na Assembleia da República uma proposta de lei que torne obrigatório o uso de máscara na via pública sempre que se justificar, além de que pretende que seja obrigatória a utilização da aplicação de rastreamento StayAway Covid em contexto laboral, escolar e por alguns funcionários da Administração Pública. No entanto, esta última ideia tem ainda de ser aprovada pelos partidos na Assembleia da República.

      Conheça as oito medidas «fundamentais» anunciadas por António Costa para este Estado de Calamidade:

      •  Elevar o nível de alerta para estado de calamidade em todo o território nacional, «podendo o Governo adotar todas as medidas necessárias para conter a pandemia, como conter a circulação»;

      • Proibidos os ajuntamentos na via pública com mais de cinco pessoas, aplicando-se também esta medida a outros espaços comerciais;
      •  Limitar os eventos familiares «como casamentos, batizados e outros» a 50 participantes, sendo que terão de cumprir as normas de distanciamento físico e utilização de máscaras;
      •  Proibir todos os festejos académicos e atividades de caráter não-letivo ou científico;
      • Reforço das ações de fiscalização destas regras na via pública e nos estabelecimentos;
      • Agravar coimas até 10 mil euros em pessoas coletivas que não assegurem o cumprimento das regras em vigor quanto à lotação e afastamento que é necessário assegurar nesses estabelecimentos;
      • Recomendar o uso de máscara na via pública e a utilização da aplicação StayAway Covid e a comunicação através desta aplicação sempre que haja um teste positivo;
      • Apresentar à AR uma proposta de lei para que seja imposta a obrigatoriedade da máscara na via pública
      Comentários (7)
      Gostaria de comentar? Basta registar-se!
      motivo:
      . . . . .
      2020-10-14 18h56m por rayman
      A obrigatoriedade de utilizar a app Stay Away Covid é um atentado à privacidade dos cidadãos.
      Máscara na via pública é relativo
      2020-10-14 17h56m por tcb9277
      Não se pode comparar a necessidade do uso de máscara numa rua movimentada de Lisboa ou Porto com a necessidade do uso de máscara na rua numa aldeia de Cinfães.
      jorslb1
      2020-10-14 15h41m por iSMURF4
      É bom que assim seja, não faz sentido usares mascara na rua estando tu sozinho. . .
      JO
      jaimepacheco
      2020-10-14 15h22m por jorslb1
      A utilização da máscara na rua dependerá do contexto. Se for fazer uma caminhada para uma zona onde passa por 3 ou 4 pessoas no maximo, é diferente de ir para um parque cheio de gente onde até ha engarrafamentos e encontrões nos caminhos.
      Mas creio que está mais direccionado para as pessoas que ficam à conversa à frente dos cafés, paragens de autocarro etc.
      jaimepacheco
      2020-10-14 15h20m por RSoares66
      Uso da máscara em via pública é só em zonas movimentadas.
      NA
      jaimepacheco
      2020-10-14 15h10m por NandoTobias
      Não são as mesmas, há alterações como podes ver. . .
      Qnt a mascara em via publica é uma medida interessante para minimizar e importante, embora eu sinceramente tmb n goste pois afeta a minha vida pessoal naturalmente.
      Algo que não deve conhecer, a esplanada é um dos locais mais prováveis de apanhar, é real, mais só os ambientes familiares. fazer caminhadas sem mascara n vejo problemas desde que não se aproxime dos outros. Não esquecer que a marcara não serve para nos protegermos a nós, mas sim aos outros.
      Medidas
      2020-10-14 14h55m por jaimepacheco
      Que basicamente são as mesmas que as pessoas já cumpriam.
      Só não concordo com o uso de máscara na via pública.
      Eu todos os dias faço caminhadas no fim do trabalho. A última coisa que eu vou fazer é meter máscara na cara, lol.

      Nos espaços fechados acho muito bem.
      Mas a fazer caminhadas, na esplanada ou assim nem pensar.
      OUTRAS NOTÍCIAS
      SGS 0-3 SCP em direto!
      GOLO Sporting: Jovane Cabral marca de grande penalidade! Acompanhe aqui o Sacavenense x Sporting em direto e ao minuto, com todas as estat?ticas e as curiosidades mais interessantes.
      ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
      MantoApedrejadoBanid 23-11-2020, 21:49
      DingyPT 23-11-2020, 21:48
      MisticaEncarnada 23-11-2020, 21:47
      ReturnoftheEagle 23-11-2020, 21:46
      MantoApedrejadoBanid 23-11-2020, 21:46
      Hidetoshi_Nakata7 23-11-2020, 21:45
      Hidetoshi_Nakata7 23-11-2020, 21:42
      Hidetoshi_Nakata7 23-11-2020, 21:40
      FR
      Fragha 23-11-2020, 21:39
      ReturnoftheEagle 23-11-2020, 21:38
      MantoApedrejadoBanid 23-11-2020, 21:36
      MantoApedrejadoBanid 23-11-2020, 21:34
      MantoApedrejadoBanid 23-11-2020, 21:32
      ReturnoftheEagle 23-11-2020, 21:31
      MantoApedrejadoBanid 23-11-2020, 21:29
      Menteportista 23-11-2020, 21:27