betclicpt
      Destaque
      Várias surpresas neste início de temporada

      Top-5 Ligas: Real Madrid é o único líder «normal»; já reparou em quem está a surpreender?

      2020/10/14 13:14
      Texto por Redação*
      E2

      * Ricardo Gonçalves

      O início de uma nova temporada traz sempre, para além de grande expectativa, várias surpresas nas jornadas iniciais, com resultados inesperados e calendários favoráveis a permitir que equipas improváveis cheguem aos lugares cimeiros das suas ligas nacionais.

      O que não é comum, no entanto, é que a esmagadora maioria das ligas do top-5 europeu tenham um líder surpreendente, como é o caso atualmente.

      Entre Ligue 1, Premier League, Bundesliga, Serie A e Liga Santander, apenas a última tem no primeiro lugar da sua classificação um nome expectável - Real Madrid - enquanto que todas as outras trazem histórias diferentes, com uma série de bons começos, capazes de aquecer o coração de adeptos de várias equipas que, na teoria, não planeiam lutar pelo título, desde o Lille de Renato Sanches até ao Eintracht Frankfurt de André Silva.

      Dogues e arminhos na luta pela liderança

      © Lille

      O início da temporada não tem sido fácil para o PSG. O favorito à conquista da Liga Francesa teve de lidar já com múltiplos casos de covid-19 nas primeiras jornadas, para além de algumas suspensões, e por esse motivo os parisienses abriram a época com duas derrotas consecutivas, frente ao Lens e ao Marseille de André Villas-Boas.

      Quem aproveitou a situação para subir ao topo da tabela da Ligue 1 foram duas equipas que impressionaram na última temporada, Rennes e Lille, que levam 14 pontos em seis jornadas e são seguidos de perto pelo recém-promovido Lens, que também venceu quatro partidas.

      Dois projetos com potencial para muito sucesso em França estão já em destaque na prova, com o terceiro e quarto classificados de 2019/20 a chegarem à frente com uma série de bons resultados, depois de empatarem na primeira jornada (1x1).

      A casa de Renato Sanches, José Fonte, Xeka e Tiago Djaló tem sido uma de sucesso nos últimos anos, sob o comando de Cristophe Galtier, mas não deixa de ser curioso que les dogues ocupem a primeira posição da tabela, precisamente 10 anos depois da última vez que se sagraram campeões de França.

      O Rennes, por outro lado, não é uma equipa titulada, mas na última época conseguiu um histórico terceiro lugar e vai agora disputar a fase de grupos da Liga dos Campeões, de maneira que ocupar a primeira posição da Ligue 1 é um excelente presságio para a época que se avizinha, ainda que equipas como PSG e Marseille estejam à espreita.

      Toffees, para adoçar a Premier League

      © Getty /

      Numa época tão diferente das últimas, devido ao fator pandémico, o Everton está a levar muito a sério as normas de distanciamento, de tal maneira que à quarta jornada já está a uma distância de pelo menos três pontos em relação a todos os seus concorrentes na Premier League, com quatro vitórias em quatro jogos.

      O Everton é, na história recente do futebol inglês, uma das equipas que mais se intromete entre os grandes. Mas com um 12º lugar em 2019/20, precedido de duas épocas consecutivas em 8º lugar, certamente ninguém em Inglaterra esperava que os toffees entrassem na nova temporada com um ímpeto tão grande. 

      qNão estou preocupado com a adaptação física. Se estivesse preocupado, contratava o Usain Bolt e não o James
      Carlo Ancelotti

      Uma pré-época com Carlo Ancelotti, que chegara em dezembro, aliada a um trio de reforços em cheio e à forma inacreditável de Dominic Calvert-Lewin permitiu que tudo corresse bem ao Everton. Com Doucouré e Allan, que o técnico já conhecia do Napoli, Ancelotti pôde reverter ao 4-3-3 característico das suas equipas, enquanto que James Rodríguez não precisou de muito tempo de adaptação para se destacar como o criativo da equipa no ataque, sendo o principal responsável pelo volume de oportunidades criadas dos toffees

      O potencial sempre existiu, mas parecem agora estar a reunir-se as condições para o surgimento de um Everton mais poderoso que o dos últimos anos. Os três pontos de vantagem não são garantia de sucesso, especialmente com um dérbi de Liverpool marcado para sábado, mas são um excelente indício daquilo que esta equipa é capaz de fazer. 

      À espreita, com nove pontos, estão o Liverpool, Arsenal, Leicester e um igualmente impressionante Aston Villa, que leva atualmente um jogo a menos mas que chamou à atenção de todos com uma goleada histórica (7x2) ao campeão.

      Trio de líderes raro, com os do costume à espreita

      © Getty /

      Apesar de ter conquistado dois troféus já esta época, o eterno campeão Bayern München não tem tido grandes facilidades na Bundesliga, onde leva já uma derrota e sete golos sofridos, mesmo depois de golear o Schalke na primeira jornada da prova.

      Uma derrota inesperada (4x1) na casa do Hoffenheim manchou um registo impressionante dos bávaros desde a chegada de Hansi Flick, mas quem agradece são os três líderes da Bundesliga: RB Leipzig, Augsburg e Eintracht Frankfurt, um trio improvável, que apresenta sete pontos à terceira jornada.

      Na verdade, o sucesso de uma dessas equipas não é assim tão improvável, uma vez que o RB Leipzig já é uma força bem estabelecida na Alemanha e chegou até à meia-final da última edição da Liga dos Campeões, mas a turma de Nagelsmann é a que mostra maior potencial das três, depois de vitórias tranquilas na receção ao Mainz e ao Schalke 04, para além de um empate em Leverkusen. 

      Augsburg venceu na receção ao BVB ©FC Augsburg

      A mais surpreendente, por outro lado, é a ascensão do Augsburg, que começou a temporada a todo o gás depois de terminar em 15º na última edição da Bundesliga. Os comandados de Heiko Herrlich começaram com uma vitória no terreno do Union Berlin, antes de chamarem à atenção com uma vitória sem espinhas (2x0) na receção ao poderoso Borussia Dortmund.

      O Eintracht Frankfurt pode não ter impressionado na mesma medida que os seus rivais, mas o facto de a próxima jornada trazer um duelo entre Augsburg e RB Leipzig pode ser uma oportunidade dourada para André Silva e companhia se isolarem no topo da prova, caso vençam no terreno do Köln e o outro resultado for um empate, antes da viagem para Munique na quinta jornada.

      O ataque destruidor e a defesa impenetrável

      © Getty / Silvia Lore

      Depois de nove scudettos consecutivos, qualquer equipa que dê luta à Juventus em Itália traz uma competitividade que é muito bem vinda num país que, com tantas boas equipas, não foi feito para tão longa hegemonia. Em 2019/20 já houve muita luta, com o Inter de Conte a terminar a apenas um ponto da equipa de Cristiano Ronaldo, mas a tabela da nova época traz, para já, dois novos líderes.

      Foram jogadas apenas três jornadas, mas isso não retira brilho à Atalanta e o Milan, que se exibem no topo da tabela da Serie A com nove pontos, alcançados com métodos completamente diferentes.

      À boa moda de Gasperini, a Atalanta leva já treze golos na competição, que mantendo a média significaria algo como 165 golos no final da época, um número absurdo e muito superior aos já incríveis 98 golos da temporada transata, mas em Bergamo nunca se sabe... Só Papu Gómez, capitão de equipa, já leva quatro golos na prova da qual é melhor marcador, à frente de Cristiano Ronaldo. O mago argentino lidera é a grande figura da equipa, mesmo aos 32 anos, e apesar de ter marcado em todos os jogos, esteve em destaque na goleada no terreno da Lazio (1x4), partida em que bisou. 

      Milan a protagonizar um bom início em 2020/21 © Emilio Andreoli / Getty

      O Milan, por outro lado, está a destacar-se por proezas defensivas, uma vez que é a única equipa no top-5 de ligas a não ter sofrido nenhum golo depois de jogar três ou mais partidas, ainda que não tenha ainda defrontado oposição do nível mais elevado. Ainda assim, o ataque não tem tido problemas, como a última jornada revelou.

      Os dois líderes destacam-se por um início impressionante, enquanto o campeão ocupa a oitava posição com quatro pontos em dois jogos, mas é importante realçar que o próximo sábado traz viagens igualmente difíceis para Atalanta e Milan, que visitam o Napoli e o Internazionale, respetivamente.

      Blanco é como algodão

      © Getty / d,vela

      No meio de tantas surpresas em ligas de topo na Europa, eis que em Espanha o líder não surpreende ninguém. 

      O Real Madrid terminou a quinta jornada da liga espanhola em primeiro lugar da Liga Santander, tendo jogado apenas quatro partidas, e para já partilha com o Barcelona e o Sevilla o estatuto de equipas imbatíveis esta temporada.

      Depois de um nulo frente à Real Sociedad no primeiro jogo, os merengues registaram três vitórias consecutivas, incluindo um triunfo por 2x3 no terreno do Real Betis, que é a equipa que de mais perto segue o Real Madrid na tabela, estando a apenas um ponto na segunda posição.

      Ainda é muito cedo para celebrar seja o que for, mas Zidane quererá manter o registo vitorioso para poder sonhar com a renovação do título de campeão, especialmente com o El Clásico já marcado para a sétima jornada da Liga Santander, ainda este mês.
       

      Comentários (2)
      Gostaria de comentar? Basta registar-se!
      motivo:
      zerozero
      2020-10-14 20h49m por zlatan_21
      Muito interessante de se ler esta notícia. Cada vez mais estão melhores nas notícias.
      zerozero e ligas europeias
      2020-10-14 18h24m por kropotkin
      Antes do comentário propriamente dito os meus parabéns ao zerozero! Abri esta notícia a pensar que a ia fechar no segundo seguinte, estava quase certo que era uma daquelas porcarias dos slides. Enganei-me. Bom trabalho.

      Agora o Everton. Livrou-se do Marco Silva e já se está a notar a diferença. Assim como outros treinadores que andam por aí (Sá Pinto, João de Deus, . . . ) o Marco Silva deveria ter uma parte do salário paga pelos clubes rivais. Era justo.
      OUTRAS NOTÍCIAS
      América do Sul
      Oficial
      Federação colombiana oficializou decisão
      Chegou ao fim a caminhada de Carlos Queiroz no leme da seleção da Colômbia. Através de comunicado, a Federação Colombiana de Futebol anunciou que chegou a ...
      ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
      da_ni82 02-12-2020, 09:07
      TA
      Tantoscasos 02-12-2020, 09:06
      RS
      rs24bfc 02-12-2020, 09:01
      jolokiabhut 02-12-2020, 09:00
      jolokiabhut 02-12-2020, 08:56
      FR
      franscisquinho342 02-12-2020, 08:53
      FR
      franscisquinho342 02-12-2020, 08:50
      slbmeireles 02-12-2020, 08:49
      JS
      jsilva77 02-12-2020, 08:41
      Heimdallr 02-12-2020, 08:26
      RS
      rs24bfc 02-12-2020, 08:15
      Heimdallr 02-12-2020, 08:15
      da_ni82 02-12-2020, 08:11
      jolokiabhut 02-12-2020, 08:09
      PI
      Pinho352 02-12-2020, 08:02
      jolokiabhut 02-12-2020, 08:00