betclicpt
      150 das 211 federações pediram ajuda económica

      FIFA estima perdas de 12 mil milhões e revela plano de apoio às federações

      2020/09/16 16:01
      Texto por Redação

      A FIFA revelou esta quarta feira que estima perdas no valor de cerca de 11,7 mil milhões de euros face à pandemia de Covid-19 e que 150 das 211 federações nacionais, que estão sob o seu domínio, pediram ajuda financeira no plano de apoio à Covid-19, estando assim previstos já os valores referentes a cada uma.

      Atualmente, a FIFA tem em mãos um plano de apoio à Covid-19, que está a ser liderado pelo finlandês Olli Rhen, e que tem previstos cerca de 1,2 mil milhões de euros a serem distribuídos entre empréstimos e subsídios.

      Segundo o organismo que rege o futebol mundial, está prevista a entrega de 850 mil euros para as várias federações, 420 mil euros dedicados ao futebol feminino e ainda cerca de 1,6 mil milhões de euros para as diferentes Confederações, onde está incluída a UEFA.

      «A FIFA reagiu para minimizar o efeito dramático da pandemia no futebol e na sua economia. Esta é uma posição financeira forte e toda a instituição está comprometida a isso», esclareceu Rhen. O dirigente da FIFA explicou ainda que este plano de apoio à Covid-19 dependerá sempre da evolução da situação de cada uma das federações face à pandemia, mas que, para já, todas as federações têm à sua disposição o subsídio de solidariedade, que começou a ser pago a julho deste ano e que continuará a ser até janeiro do próximo ano.

      Além destes subsídios já referidos, a FIFA tem previstos empréstimos, sem juros, até 35% dos orçamentos de cada federação, não podendo este ultrapassar os 4,2 milhões de euros. Este plano de apoio à Covid-19 da FIFA tem como objetivo o reinício o mais perto do normal de todas as competições, sendo os fundos destinados, por exemplo, a protocolos existentes, participação das seleções em competições, contratação de pessoal, manutenção de infraestruturas e apoio a gastos administrativos e operacionais.

      Itália
      Gianni Infantino
      NomeGianni Infantino
      Nascimento1970-03-23(50 anos)
      Nacionalidade
      Itália
      Itália
      Dupla Nacionalidade
      Suíça
      Suíça
      FunçãoPresidente

      Fotografias(18)

      Comentários (8)
      Gostaria de comentar? Basta registar-se!
      motivo:
      SL
      --5CP--
      2020-09-16 21h23m por slbmeireles
      sim tambem concordo
      mas nem precisava se ir a salarios minimos
      Podia se meter um tecto, quem recebe-se mais de 10000 euros por mês, via o seu salário reduzido em 20%.
      Já ajudava em muito os clubes.
      SL
      --5CP--
      2020-09-16 20h17m por slbmeireles
      Opa eu tenho neste momento desempregado, o meu ramo está fechado sem saber quando volta, e consigo sobreviver. Logo eles tambem conseguem perdendo 20%, se muita gente esta a apertar o cinto, porque esses tambem nao podem?
      Nem que receba o salario minimo, que nao consegue viver com 500 euros por mes?

      Por isso acho que não ha desculpa, todos tem de perceber que se nao ajudarem os clubes a se manter, pior será no futuro para eles inclusive.
      --5CP--
      2020-09-16 19h21m por Indominus
      Forte 😏
      A resposta. . .
      2020-09-16 19h03m por bludouro
      . . . está precisamente na imagem que acompanha a noticia i. e. congelar os tectos (salariais) por uma década após a eliminação da covid. . .
      slbmeireles
      2020-09-16 18h11m por FutebolLife
      Mas isso é um assunto que diz respeito somente aos clubes. Nem a UEFA nem a FIFA, têm poder para decidir aquilo que cada clube deve ou não pagar por cada jogador ou funcionário do clube. Isso é da responsabilidade da direção de cada clube.
      SL
      FIFa e Uefa
      2020-09-16 17h45m por slbmeireles
      Deviam era tomar medidas relativos aos salários dos jogadores. O problema no meio desta pandemia vai ser exactamente isto. Não havendo grande parte das receitas, os custos mantem-se iguais. E nisto que deviam ser tomadas medidas. Se os clubes tem de apertar o cinto os jogadores tambem o deviam de fazer.
      Desta forma devia ser reduzido o seu salário em 20% por exemplo, o que ia ajudar em muito os clubes. Mas não só os jogadores, quem diz jogadores diz toda a gente que trabalha no clube.
      Fifa
      2020-09-16 16h44m por FutebolLife
      Está mais do que na hora de começarem a ajudar as federações. Já vêm tarde aliás.
      A FIFA está carregada de dinheiro. Fora o que vai entrar agora a partir de novembro com o lançamento dos novos jogos da produtora americana EA Sports.
      O dinheiro que a FIFA movimenta é qualquer coisa de absurdo. E tanta gente no mundo a passar fome e dificuldades.
      MáFIFA
      2020-09-16 16h33m por Indominus
      Lá vão ter que ir às offshores do Panamá buscar o dinheirinho escondido para ajudar as federações.
      Tópicos Relacionados
      OUTRAS NOTÍCIAS
      Liga Portuguesa
      Gilistas vão a jogo contra o Portimonense
      O Gil Vicente vai arrancar a sua prestação na Liga NOS na máxima força, depois de ter anunciado que os 12 elementos que ainda estavam infetados já recuperaram da ...
      ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
      kropotkin 25-09-2020, 06:43
      kropotkin 25-09-2020, 06:30
      PalancaFCP 25-09-2020, 06:24
      PO
      PortoDragao 25-09-2020, 05:45
      Ferreira79 25-09-2020, 05:44
      PO
      PortoDragao 25-09-2020, 05:44
      PO
      PortoDragao 25-09-2020, 05:42
      PO
      PortoDragao 25-09-2020, 05:42
      PO
      PortoDragao 25-09-2020, 05:40
      VocesSabemLa 25-09-2020, 04:55
      DI
      diogodabo 25-09-2020, 04:52
      KE
      Kempes 25-09-2020, 04:37
      zlatan_21 25-09-2020, 04:28
      gustompt 25-09-2020, 04:24
      Wesley87 25-09-2020, 04:19
      KE
      Kempes 25-09-2020, 03:28