betclicpt
      Mude para o zerozero Basquetebol. Tudo sobre o Basquetebol aqui!
      Destaque
      Três MVP... Zero títulos da NBA

      De enorme expectativa... a uma grande desilusão: Oklahoma City Thunder

      2020/03/31 15:29
      Texto por Redação*
      E0

      *com Tiago Bebiano

      A 6 de Junho de 2012 os Oklahoma City Thunder eliminaram os San Antonio Spurs no jogo 6 das finais da conferência Oeste e avançaram para as finais da NBA.

      Após estarem a perder 0-2, os Thunder venceram dois jogos em casa e voltaram a San Antonio com a eliminatória empatada. No quinto jogo, a vencer por 103x101 e menos de 30 segundos de jogo para se disputar, James Harden concretiza um lançamento de triplo que garante a vitória na quinta partida. No jogo 6, os Spurs chegaram a liderar por 18 pontos, mas uma reviravolta incrível no terceiro período permitiu à equipa orientada por Scott Brooks uma ida à final da NBA frente aos Miami Heat de LeBron James, Dwyane Wade e Chris Bosh. 

      Foi a primeira participação numa final da NBA desde 1996, quando eram conhecidos por Seattle Supersonics. Os Thunder enfrentavam os Heat que se provaram vulneráveis o ano passado frente aos Mavericks. Será que as jovens estrelas da equipa de Oklahoma conseguiam negar o título mais um ano ao trio de Miami? Não. Mas como, com três atuais MVP e atual campeão da NBA Serge Ibaka?

      A construção de uma equipa feita para ganhar

      Tudo isto começou em Seattle, a 28 de junho de 2007, quando os Supersonics escolheram Kevin Durant no draft, acabando por ser Rookie do ano no final dessa época. Mais tarde, em 2008, escolheram Russell Westbrook e Serge Ibaka no draft e, menos de uma semana depois, a equipa de Seattle moveu-se para Oklahoma, criando assim os Oklahoma City Thunder.

      Durant e LeBron na final ©Getty / Ronald Martinez
      Um recorde de 23-59 na primeira época para esta nova equipa valeu a terceira escolha no draft de 2009, onde os Thunder seleccionaram James Harden. Em 2010, garantiram Durant com uma extensão de contrato de cinco anos e a equipa venceu 55 jogos na fase regular dessa temporada, onde os OKC Thunder chegaram às finais da conferência Oeste e perderam perante os Mavericks que acabariam por se tornar campeões esse ano frente aos Miami Heat. 

      No ano seguinte, foi a vez de Westbrook receber uma extensão de contrato de cinco anos, numa época em que Durant venceu pela terceira vez consecutiva o título de melhor marcador na fase regular e Harden foi sixth man of the year, prémio dado ao melhor suplente do ano. Nos play-offs, após eliminarem os adversários do Oeste, foi a vez de encontrarem LeBron James e os Miami Heat na final. Venceram o primeiro jogo e o mundo do basquetebol parecia que tinha uma nova dinastia em formação. Contudo, os Heat venceram quatro jogos consecutivos. Os Thunder perderam e teve início o fim da hipotética dinastia.

      Tempos difíceis aproximavam-se

      Serge Ibaka e James Harden, depois da época desoladora, encontravam-se no último ano de contrato e os Thunder tinham que decidir o que fazer com ambos os jogadores. Com a notícia de Ibaka a renovar com a equipa de Oklahoma, ficava a dúvida em relação a como seria com James Harden. Ofereceram ao base norte-americano um contrato cinco milhões abaixo do máximo. Esta foi a resposta dele: «Eu senti que já tinha feita um sacrifício ao sair do banco e fazer o que quer que fosse para ajudar a equipa e eles mostraram que não estavam dispostos em ajudar-me». 

      Harden foi trocado para os Rockets por Jeremy Lamb e Kevin Martin. No entanto, mesmo sem Harden, na época 2012/13, os Thunder foram a melhor equipa da conferência ao vencerem 60 jogos em 82, tornando-se a equipa mais jovem de sempre na NBA a vencer 60 jogos. Já nos play-offs, os Thunder enfrentaram os Rockets, a nova equipa de Harden.

      Harden nos Rockets ©Getty / Scott Halleran
      Liderados por Durant, acabariam por vencer em seis jogos frente à equipa de Houston, mas o momento crucial da eliminatória foi no segundo jogo quando Patrick Beverly lançou-se contra Westbrook a tentar roubar uma bola, resultando num menisco rasgado para o número zero dos Thunder, que acabaria por não jogar mais essa época. Na eliminatória seguinte, a equipa de Oklahoma foi eliminada pelos Memphis Grizzlies em apenas cinco jogos. 

      Com a décima segunda escolha no draft de 2013, os Oklahoma City Thunder escolheram Steven Adams. Pouco depois, Kevin Martin, que não assentou bem na equipa dos Thunder, foi trocado para os Timberwolves. Teve início a época 2013/2014 e mais uma cirurgia ao joelho para Westbrook, embora só lhe tenha custado dois jogos no início da temporada.

      Porém, dias depois, Westbrook voltaria a fazer nova cirurgia ao joelho, desta vez afastando-o do basquetebol até fins de fevereiro. No meio disto tudo, Durant continuava a fazer o seu papel e a dominar na NBA, vencendo nessa época o prémio MVP. Com os play-offs, veio mais uma eliminatória frente aos Grizzlies, numa das eliminatórias mais espectaculares de sempre com direito a prolongamentos nos primeiros quatro jogos e ainda a jogo 7, onde os Thunder acabaram vitoriosos, com Westbrook a registar um triplo duplo e Durant 33 pontos. De seguida, venceram as semifinais frente aos Clippers em seis jogos, mas, voltaram a encontrar os Spurs na final da conferência e perderam contra a equipa orientada por Gregg Popovich.

      O fim de um capítulo

      Na época 2014/15, Durant começou a época com uma fratura no pé que o viria a incomodar a temporada toda até que a 27 de março foi anunciado que ficava de fora o resto da época. A ausência de Durant assim como a fratura da mão de Westbrook no início da época colocaram os Thunder num buraco do qual nunca recuperaram. Ficaram em nono lugar na conferência e falharam os play-offs, a primeira vez desde 2009 e custou o cargo a Scott Brooks. 

      Durant nos Warriors ©Getty / Gregory Shamus
      Com Billy Donovan contratado como novo treinador, na época 2015/2016, os Thunder venceram 55 jogos na fase regular e encontraram os campeões em título na final de conferência, os Warriors, que vinham da sua época histórica de 73 vitórias e nove derrotas. Os Thunder estiveram a ganhar a eliminatória por 3-1 mas... os Warriors venceram com Curry e Thompson a demonstrarem o porquê de serem conhecidos por Splash Brothers, com uma enchente de triplos a destruir as hipóteses dos Thunder de chegar às finais da NBA.

      Já no draft, a equipa de Oklahoma trocou Serge Ibaka para os Magic num acordo que envolvia a ida de Victor Oladipo para os Thunder, com o plano principal a ser mais uma ajuda ofensiva para Durant. No entanto, o líder dos Thunder não tinha contrato assinado com OKC e acabou por assinar com... Os Golden State Warriors. Sim, a equipa que já estava imparável, ficou ainda mais.

      O último a sair...

      Na época 2016/2017, o número zero dos Thunder fez aquilo que se considerava um dos recordes mais difíceis de igualar, ter uma média de triplo-duplo na fase regular. Apenas Oscar Robertson tinha conseguido até à data. Nessa época, Westbrook e Harden eram os favoritos a MVP, mas o base dos Thunder venceu. Contudo, ambos voltariam a encontrar-se na primeira ronda dos play-offs e seria Harden a levar a melhor sobre Brodie, tornado claro que Westbrook não conseguia vencer sozinho. Já Durant, venceu o primeiro título na NBA essa época.

      Harden e Westbrook nos Rockets e novamente juntos ©Getty / Mike Stobe
      No início de 2017/18, os Thunder trocaram Oladipo e Sabonis para os Pacers por Paul George e ainda obtiveram Carmelo Anthony, embora «Melo» não tenha assentado bem na equipa. Contudo, George e Westbrook provaram ser uma boa dupla, simplesmente não boa o suficiente para avançarem da primeira ronda dos play-offs. Nessa época, Durant e os Warriors voltaram a ser campeões da NBA e Harden foi MVP da fase regular, apesar de mais uma época de triplo-duplo para Westbrook.

      Porém, Paul George continuou na equipa, dizendo: «Estou aqui para ficar». Russell Westbrook voltou a registar uma média de triplo duplo essa época e a equipa apurou-se para os play-offs, onde encontraram os Trail Blazers na primeira ronda. Damian Lillard acabou com as esperanças dos Thunder e dos seus fãs ao acertar o último lançamento no jogo 5 «na cara» de Paul George, garantindo assim a vitória na eliminatória para a equipa de Portland. Depois deste momento, tudo mudou, com Westbrook a juntar-se aos Rockets e Harden na época 2019/20 e Paul George a integrar os Clippers onde faz parceria com Kawhi Leonard.

      Um raio de esperança

      Sam Presti, diretor-geral dos Thunder, conseguiu escolher três MVP seguidos no draft e, mesmo assim, não conseguiu vencer um título da NBA. 

      Atualmente, numa das épocas com menos expectativas para a equipa de Oklahoma, os Thunder têm surpreendido numa conferência Oeste muito competitiva, com Chris Paul, Steven Adams, Shai Gilgeous-Alexander e Danilo Gallinari a serem as figuras principais de uma equipa que se encontra em quinto lugar com 40 vitórias e 24 derrotas.

      Agora, com a NBA suspensa, fica a curiosidade para o quão longe chegaria esta equipa, que estava a ser a mais surpreendente esta época com Chris Paul a liderar.



      Estados Unidos
      Kevin Durant
      NomeKevin Wayne Durant
      Nascimento1988-09-29(31 anos)
      Nacionalidade
      Estados Unidos
      Estados Unidos
      PosiçãoExtremo

      Fotografias(21)

      Comentários (0)
      Gostaria de comentar? Basta registar-se!
      motivo:
      EAinda não foram registados comentários...
      SIMULADOR ZEROZERO
      CASHBACK
      Se falhar a sua aposta múltipla entre sexta e domingo o Casino Portugal devolve-lhe até 100€ para voltar a apostar.
      CONSULTE AQUI AS CONDIÇÕES
      OUTRAS NOTÍCIAS
      Futebol Espanhol
      com video
      Internacional português falou à Eleven Sports
      Em conversa no Facebook da Eleven Sports, Rony Lopes abordou vários tópicos. Desde o regresso da La Liga, passando pela formação em Portugal e terminando com a ...
      30-05-2020 19:38E1
      ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
      carloscorreia368 30-05-2020, 20:01
      Andrei_Arshavin 30-05-2020, 19:57
      SchmeichelCovid69 30-05-2020, 19:55
      carloscorreia368 30-05-2020, 19:55
      SCP_SUPPORTER 30-05-2020, 19:50
      Migas29 30-05-2020, 19:41
      Andrei_Arshavin 30-05-2020, 19:31
      SchmeichelCovid69 30-05-2020, 19:30
      JU
      justo2 30-05-2020, 19:29
      JU
      justo2 30-05-2020, 19:24
      CrookSoul 30-05-2020, 19:16
      TI
      tiagomgd 30-05-2020, 18:49
      Gprof_isBack 30-05-2020, 18:49
      CrookSoul 30-05-2020, 18:41
      Boba-Fett 30-05-2020, 18:27
      CreedEinsteinBratton 30-05-2020, 18:24