Playmaker - by zerozero.pt, maior base de dados do mundo de Futebol

Error message here!

Error message here!

Esqueceu-se password?

Perdeu a password? Introduza o seu endereço de email. Irá receber um link para criar uma nova password.

Error message here!

Voltar ao login

PortugalPortugal
Bósnia e HerzegovinaBósnia e Herzegovina
SertanensePortugal
PortugalBenfica
FrançaFrança
EslovéniaEslovénia
Mundial
Playmaker
Autogolos, penaltis e poucas expulsões

Os principais números do Mundial 2018

2018/07/16 13:51
Texto por Redação
   
Análise estatística por Vasco Sousa
E4

O 21.º Campeonato do Mundo terminou e é tempo de balanços da prova. O zerozero apresenta-lhe as 20 principais curiosidades da fase final.

  • 0 pontos: Só duas seleções terminaram o Campeonato do Mundo sem qualquer ponto: o Egito (que continua sem vitórias na competição, após sete jogos) e o estreante Panamá.
     
  • 0 derrotas: A França sagrou-se campeã do Mundo pela segunda vez, com um registo quase imaculado de seis vitórias e um empate. Para além dos gauleses, outras duas seleções terminaram a competição invictas: a Espanha e a Dinamarca.
     
  • 2.º lugar: A Croácia conseguiu melhorar a sua classificação de sempre num Mundial. Há 20 anos, em França, os croatas terminaram no último lugar do pódio, desta feita subiram um lugar na classificação, fazendo história.
     
  • 3.º lugar: O Mundial 2018 fica na memória dos adeptos da Bélgica, que conseguiram a sua melhor classificação de sempre (terceiro lugar). Antes deste Mundial, a melhor classificação dos belgas acontecera em 1986 (quarto lugar).
     
  • 3 treinadores: Deschamps entrou numa restrita galeria de notáveis da história do Campeonato do Mundo. O selecionador francês repetiu os feitos do brasileiro Zagallo e do alemão Beckenbauer e tornou-se no terceiro campeão como jogador e treinador.
     
  • 4 penáltis: Subasic fez história neste Mundial. Ao defender três grandes penalidades frente à Dinamarca, igualou o português Ricardo como guarda-redes com mais penáltis defendidos num desempate. Depois, voltou a defender uma grande penalidade no desempate frente à Rússia, igualando a alemão Schumacher e o o argentino Goycoechea com quatro defesas em desempates.
     
  • 4 Mundiais: Cristiano Ronaldo marcou quatro golos, o seu melhor registo num Mundial. O internacional português já marcou em quatro Campeonatos do Mundo (2006, 2010, 2014 e 2018), igualando o registo dos alemães Seeler (1958, 1962, 1966 e 1970) e Klose (2002, 2006, 2010 e 2014) e do brasileiro Pelé (1958, 1962, 1966 e 1970). CR7 foi, ainda, um dos dois jogadores que assinou um hat-trick no torneio, juntamente com o inglês Kane.
     
  • 4 expulsões: Só se registaram quatro expulsões neste Mundial, o registo mais baixo da competição desde 1978.
     
  • 5 Mundiais: O mexicano Rafa Márquez jogou o seu quinto Campeonato do Mundo, igualando o recorde do seu compatriota Carbajal e do alemão Matthaus.
     
  • 5 jogos: Nestor Pitana (apitou o jogo de abertura e da final) foi o árbitro com mais jogos disputados no Rússia 2018 (cinco).
     
  • 6 golos: Harry Kane sagrou-se o melhor marcador do Mundial, com seis golos, tornando-se o segundo inglês a vencer a Bota de Ouro do torneio, depois de Lineker, em 1986. Seis golos é, de resto, um registo comum nos últimos Campeonatos do Mundo: nos 11 últimos torneios, por oito vezes o goleador da prova terminou com seis remates certeiros – e só por uma vez ultrapassou esta marca (Ronaldo, em 2002).
     
  • 12 autogolos: 12 jogadores introduziram a bola na própria baliza, um registo histórico no Mundial, já que nunca tinham sido apontados tantos autogolos numa só edição da prova. De todos os autogolos, o de Mandzukic fica na história, por ter sido o primeiro numa final do Campeonato do Mundo. Para além disso, só um jogador marcara um golo e um autogolo no mesmo jogo na competição: o holandês Brandts, em 1978.
     
  • 16 jogadores: Ninguém se conseguiu destacar no capítulo das assistências para golo neste Mundial. No total, 16 jogadores fizeram duas assistências no torneio. Destaque para James Rodriguez e Messi, que fizeram dois passes para golo no mesmo jogo.
     
  • 16 golos: A Bélgica deu nas vistas no Campeonato do Mundo e terminou a competição com um total de 16 golos marcados – o melhor ataque da prova. Nunca os belgas tinham marcado tantos golos num só Mundial.
     
  • 19 anos: Mbappé não quebrou nenhum recorde, mas os seus feitos neste Mundial ficam na história: tornou-se o jogador francês mais jovem de sempre a marcar numa fase final; foi o terceiro mais jovem a jogar uma final do Mundial; e o segundo mais jovem de sempre a marcar no jogo decisivo da competição, só atrás do Rei Pelé. Com tudo isto, naturalmente o avançado do PSG foi considerado o Melhor Jogador Jovem da prova.
  •  
  • 29 grandes penalidades: Foram assinaladas 29 grandes penalidades ao longo do Rússia 2018, um registo histórico no Campeonato do Mundo, já que nunca tinham sido assinalados tantos penaltis numa edição da prova. Destas 22 grandes penalidades, sete foram desperdiçadas, incluindo por jogadores como Modric (eleito Melhor Jogador da prova), Cristiano Ronaldo (atual Melhor jogador do Mundo) ou Messi (cinco bolas de Ouro).
     
  • 45 anos: El-Hadary tornou-se, aos 45 anos, o jogador mais velho de sempre a jogar no Campeonato do Mundo, batendo o recorde que pertencia a Mondragón (43 anos), estabelecido curiosamente no último Mundial.
     
  • 68 golos: 40% dos golos apontados neste Mundial foram através da sequência de lances de bola parada. No total, 68 golos foram marcados a partir de grandes penalidades (23, contabilizando aqui o autogolo de Sommer, na sequência de um penalti), livres diretos (6), livres indiretos (14), cantos (23) ou lançamentos laterais (2).
     
  • 169 golos: O Mundial da Rússia rendeu 169 golos, ficando a apenas dois golos do melhor registo de sempre da competição. Em 1998 e 2014 marcaram-se 171 golos.
     
  • 694 minutos: Modric foi o jogador com mais minutos disputados neste Mundial. O camisola 10 croata esteve em campo no torneio num total de 694 minutos. Seguiram-se Pickford (690) e Lovren (650).
Comentários (2)
Gostaria de comentar? Basta registar-se!
motivo:
Zerozero. . .
2018-07-17 10h55m por bludouro
Escreveram: "[. . . ] só um jogador marcara um golo e um autogolo no mesmo jogo na competição: o holandês Brandts, em 1978. " Errado! Então o próprio Mandzukic não fez precisamente o mesmo na final desta prova? Talvez o vosso texto implique o facto sem ser de todo explícito sobre tal.

Sobre os penáltis: "Foram assinaladas 29 grandes penalidades ao longo do Rússia 2018 [. . . ]. Destas 22 grandes penalidades [. . . ]". Então como ficamos: foram quantos penáltis assinaladas: 29 ...ler comentário completo »
Português
2018-07-16 14h09m por hugo_5
Este português destas curiosidades está um pouco manhoso. Uma revisão do que se escreve não seria mal pensado. SL
Tópicos Relacionados
Competição
APOSTAS EM DESTAQUE
1Escolha quanto quer apostar
Aposto
2Escolha suas apostas
OUTRAS NOTÍCIAS
Sub-21
Destaque
Fizemos a simulação da convocatória final
Portugal tem tido gerações de grande talento e tem conseguido estar nas fases finais das grandes competições com enorme regularidade e a lutar pelos títulos, pelo ...
ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
ZZTUGA 16-10-2018, 08:37
ZZTUGA 16-10-2018, 08:35
ZZTUGA 16-10-2018, 08:13
petitor 16-10-2018, 07:24
petitor 16-10-2018, 07:20
-DaniloTheBeast- 16-10-2018, 05:32
FIFAforever_returns2 16-10-2018, 05:08
FIFAforever_returns2 16-10-2018, 05:01
FIFAforever_returns2 16-10-2018, 04:59
BE
beldroegas 16-10-2018, 04:03
freskas 16-10-2018, 03:34
freskas 16-10-2018, 02:51
freskas 16-10-2018, 02:44
SS
Ssantiago 16-10-2018, 02:42
ResendeFCA 16-10-2018, 01:28
ResendeFCA 16-10-2018, 01:26