placardpt

Guimarães

Portugal
Portugal
| População: 160 592

Descrição

Guimarães é uma cidade portuguesa situada no Distrito de Braga, região Norte e sub-região do Ave (uma das sub-regiões mais industrializadas do país), com uma população de 52 181 habitantes, repartidos por uma malha urbana de 23,5 km², em 20 freguesias e com uma densidade populacional de 2 223,9 hab/km². É sede de um município com 241,05 km² de área e 162 592 habitantes, subdividido em 69 freguesias, sendo que a maioria da população reside na cidade e na sua zona periférica. O município é limitado a norte pelo município de Póvoa de Lanhoso, a leste por Fafe, a sul por Felgueiras, Vizela e Santo Tirso, a oeste por Vila Nova de Famalicão e a noroeste por Braga. É uma cidade histórica, com um papel crucial na formação de Portugal, e que conta já com mais de um milénio desde a sua formação, altura em que era designada como Vimaranes. Podendo este topónimo ter tido origem em Vímara Peres, nos meados do século IX, quando fez deste local o seu principal centro governativo do condado Portucalense. Guimarães é uma das mais importantes cidades históricas do país, sendo o seu centro histórico Património Cultural da Humanidade da UNESCO, tornando-a definitivamente um dos maiores centros turísticos da região e do país. As suas ruas e monumentos respiram história e encantam quem a visita. A Guimarães actual soube conciliar, da melhor forma, a história e consequente manutenção do património com o dinamismo e empreendedorismo que caracterizam as cidades modernas, que se manifestou na nomeação para Capital Europeia da Cultura em 2012, factores que levaram Guimarães a ser eleita pelo New York Times como um dos 41 locais a visitar em 2011 e a considerá-la um dos emergentes pontos culturais da Península Ibérica. Guimarães é muitas vezes designada como "Cidade Berço", devido ao facto aí ter sido estabelecido o centro administrativo do Condado Portucalense por D. Henrique e por seu filho D. Afonso Henriques poder ter nascido nesta cidade e fundamentalmente pela importância histórica que a Batalha de São Mamede, travada na periferia da cidade em 24 de Junho de 1128, teve para a formação da nacionalidade. Os "Vimaranenses" são orgulhosamente tratados por "Conquistadores", fruto dessa herança histórica de conquista iniciada precisamente em Guimarães.

Fonte: http://www.cm-guimaraes.pt/PageGen.aspx | http://pt.wikipedia.org/wiki/Guimar%C

http://www.cm-guimaraes.pt

Mais...

HISTÓRIA: A cidade está historicamente associada à fundação da nacionalidade e identidade Portuguesa. Guimarães, entre outras povoações, antecede e prepara a fundação de Portugal, sendo conhecida como "O Berço da Nação Portuguesa". Aqui tiveram lugar em 1128 alguns dos principais acontecimentos políticos e militares, que levariam à independência e ao nascimento de uma nova Nação. Por esta razão, está inscrito numa das torres da antiga muralha da cidade "Aqui nasceu Portugal", referência histórica e cultural de residentes e visitantes nacionais. CULTURA: Guimarães, como cidade de dimensão média, tem uma vida cultural muito interessante. Para além dos museus, monumentos, associações culturais, galerias de arte e festas populares, tem desde Setembro de 2005 um importante espaço cultural, o Centro Cultural Vila Flor, com dois auditórios, um centro expositivo, e um café-concerto. Prepara-se para ser Capital Europeia da Cultura em 2012. Até lá será construída uma Plataforma das Artes, no antigo mercado municipal e terrenos de uma indústria de transformação de mármores, tendo sido iniciamente previsto ser este espaço usado para um Centro de Arte Contemporânea. Esta Plataforma das Artes dividir-se-á em Centro de Arte a instalar em novo edifício, Ateliers Emergentes de Apoio à Criatividade e Laboratórios Criativos (gabinetes de apoio empresarial). TRADIÇÕES E FESTIVIDADES: As Festas Gualterianas, em honra de São Gualter, decorrem desde 1906 sempre no primeiro fim-de-semana de Agosto. Estas festas são marcadas pelo Cortejo do Linho e pela Batalha das Flores e pelo parque temático com variadíssimas diversões. Por fim, como é tradição, a Marcha Gualteriana encerra as festas. As Nicolinas são Festas de Estudantes de Guimarães, celebradas em honra de São Nicolau de Mira. Iniciam-se a 29 de Novembro e terminam a 7 de Dezembro. A Festa de Santa Luzia acontece anualmente a 13 de Dezembro, junto à capela de Santa Luzia, na Rua Francisco Agra. Associada a esta festividade está a tradicional venda de bolos, confeccionados com farinha de centeio e açúcar, designados como Sardões e Passarinhas, com óbvias conotações sexuais. QUALIDADE DE VIDA: Considerada, pelos jornais Expresso, Jornal de Noticias como a 2ª cidade com melhores condições para se viver, é contudo também a quinta cidade mais poluída do país. Em 2006, a rede de abastecimento de água cobria 95% da população. O abastecimento de água era fornecido na efectividade a cerca de 80% da população. A cobertura da rede de saneamento básico doméstico pública era, em 2006, de 83% da população sendo que 54% dos alojamentos familiares se encontravam ligados ao sistema público, enquanto 46% se encontrava ligada a sistemas particulares e 1,1% não possuía qualquer sistema de esgotos. O acesso, em 2006, a estações de tratamento de águas residuais era de 80%. Na recolha e tratamento de resíduos, o acesso da população era de 100%
Fonte: http://www.cm-guimaraes.pt/PageGen.aspx | http://pt.wikipedia.org/wiki/Guimar%C

Fotografias(10)

Em Guimarães, fechou-se a porta no jogo com o Paços
Guimarães (POR)

Localização