Segue o facebook do zerozero.pt. Notícias, Vídeos e Fotografias na sua rede social.

Error message here!

Error message here!

Esqueceu-se password?

Perdeu a password? Introduza o seu endereço de email. Irá receber um link para criar uma nova password.

Error message here!

Voltar ao login

Real MadridEspanha
InglaterraLiverpool
PortugalPortugal
TunísiaTunísia
ItáliaItália
Arábia SauditaArábia Saudita
Poente B2
José Pedro Fernandes
2018/01/30 21:26
E0
Poente B2 é o olhar de José Pedro Fernandes sobre o desporto, o futebol e os media. Uma perspectiva a partir da pedreira, com um espectro vermelho e branco, sem amarras ou pressupostos de isenção, mas tendo como linha orientadora a honestidade intelectual.

Cumpriu-se ontem um ano que pela última vez publiquei uma crónica no zerozero, naquele dia de final da Taça da Liga, que deu o título à minha crónica “Taça CTT: A Final (in)desejada”, numa alusão a uma final sem grandes, disputada num longínquo Algarve por dois clubes minhotos. O texto que se segue é um resumo daquele dia até hoje...

29 de janeiro de 2017, final da Taça da Liga, apuramento do campeão de inverno: o Braga perdeu, e bem, o Moreirense, ganhou, e muito bem. Depois do jogo fiquei “doente”, recuperei. O treinador do Braga falou, como costumava falar. Continuou a falar como costumava falar. Deixaram-no falar, como costumava falar. E o Braga foi perdendo, como não costumava perder. O Braga ficou atrás do Guimarães, como não costumava ficar e, quando nada mais havia a fazer,  despachou o treinador, que há muito tempo deveria ter despachado, e fez o que não necessitava ter sido feito se não tivesse feito o erro que fez, contratar Jorge Simão. É que isto do futebol é como a justiça, “não basta saber, é preciso provar”, e o então treinador do Braga, que se suspeitava saber muito, não provou que sabia o que se julgava saber. Pegar numa equipa em terceiro, terminar em quinto lugar, atrás do vizinho Guimarães, e falhar a entrada direta na fase de grupos da Liga Europa não é, de todo, prova abonatória que não legitime a pena capital de ser “despejado” da pedreira. 

A verdade é que o SC Braga revelou-se um touro demasiado musculado para tão franzino forcado de cara. Justificar tamanha deceção de deixar fugir o quarto lugar no campeonato com o facto de o Guimarães 2016/2017 praticar um futebol atraente e eficaz, ter um bom treinador e ter bons executantes de futebol, seria sonegar a realidade qualitativa que o SC Braga, de há uns anos a esta parte, oferece aos treinadores que orientam a equipa principal. 

O Senhor que se seguiu, e segue, é Abel Ferreira. Sóbrio, cordial, sério, direto, sem laivos de vedeta e sem apresentar sinais de bipolaridade vai levando a água ao moinho por ele dirigido.

Do meu Poente B2, vejo um Braga que, sem me deslumbrar, continua a cumprir, mantendo um seguro quarto lugar, à espera de uma brecha para assaltar o pódio e a acalentar a esperança de uma épica campanha europeia, idêntica à de 2011... “VÃO TER DE CONTAR CONNOSCO!”

Quanto aos outros...

O Benfica foi tetra e fez o bis. Na zona da foz do Douro dizem que foi dos e-mails e dos bruxos, mas foram os benfiquistas que encheram o Marquês. Já nesta época, o Benfica ressente-se, vendeu muito, diz-se que vendeu bem, mas não compra nada de especial, e o Rui Vitória arrisca-se a ficar sem o sobrenome e o banco da Luz.

O Porto voltou a não ganhar nada. Nuno Espírito Santo, que se destacou essencialmente como desenhador, foi “dispensado” e para o seu lugar entrou Sérgio Conceição, um treinador à Porto, queira lá isso dizer o que quer que seja. 

Por Alvalade, Bruno de Carvalho continua a ser o Bruno de Carvalho, o justiceiro da verdade desportiva, e já conquista Taças da Liga e celebra-as como de “Champions League” se tratasse. O que não vale a taça ter deixado de ser patrocinada por uma marca de cerveja para passar a ter “selo de qualidade”.

O nosso arquirrival, Vitória de Guimarães, que nos conquistou o quarto lugar, foi à final da taça de Portugal e fez parte de uma bonita festa. Entrou diretamente na fase de grupos da Liga Europa e, por esta altura, já está fora da competição. No campeonato, está a meio da tabela a... 14 pontos(!!!!) do Braga.

O vídeo árbitro (VAR) é uma realidade em Portugal, algo impensável há uns anos, estamos na vanguarda! Alguma coisa mudou!?... Nada! Os três “grandes” continuam a ser “roubados” pela arbitragens, a culpa nunca morre solteira e é sempre dos mesmo, os árbitros. Esses, por seu turno, ameaçam com greves. Ameaçam, ameaçam, ameaçam, voltam a ameaçar e, no próximo fim de semana, continuam a arbitrar!

Os “pequenos”, finalmente, abriram os olhos e “ajuntaram-se” em cimeira, formam o G15. “Jaquinzinhos” chamar-lhe-ão os grandes. O certo é que já fazem urticária aos três do costume e, se se mantiverem unidos e não sucumbirem à pequenez que assalta diariamente o futebol, poderão mudar a realidade institucionalizada do futebol nacional. Haja vontade e perseverança.

No entretanto, por esse mundo fora, Ronaldo, que continua a ser o melhor do mundo, já tem 4 filhos, 5 bolas de ouro e o fisco espanhol à perna. O João Mário, que não jogava no Inter de Milão, vai agora para o histórico West Ham... para jogar; Renato Sanches, que estava “tapado” em Munique, só ficou “destapado”, no Swansea, com a chegada de Carlos Carvalhal; André Silva não joga no Milão e quando joga não marca, se for associado ao Manchester United talvez o consigamos ver a jogar num Besiktas, Valência ou Mónaco. Adrien Silva... só agora começou a jogar. 

Em junho e... julho, valha-nos São Éder, o Czar da Rússia!



Comentários (0)
Gostaria de comentar? Basta registar-se!
motivo:
EAinda não foram registados comentários...
OPINIÕES DO MESMO AUTOR
Os jogos entre o Braga e o Guimarães não são um qualquer jogo de futebol, são os jogos de futebol. O do passado domingo não foi diferente e o dérbi dos ...
22-02-2018 20:03
Há jogos de futebol e jogos futebol, há dérbis e dérbis e depois há o Braga – Guimarães, o dérbi dos dérbis. E se há jogos que ...
18-02-2018 20:48E1
Mentiria se dissesse que desejava o Benfica nesta final da Taça da CTT, mas também mentiria se dissesse que acho que a final, com um surpreendente (super) Moreirense, vai ser ...
29-01-2017 19:11E2
Opinião
Visão de jogo
Pedro Silva
A preto e branco
Luís Cirilo Carvalho
Na Minha Secreta Área
Luís Rocha Rodrigues
Visão de jogo
Pedro Silva
A preto e branco
Luís Cirilo Carvalho
Futebol Total
Nelson Diogo Duarte