Final Copa Sul-Americana 2021

12/01/2022

Pela primeira vez na história da Copa Sul-Americana entram em palco duas equipas brasileiras para tentar conquistar o segundo título mais importante do continente. Neste caso, será disputada a final entre o Red Bull Bragantino e o Athletico-PR, onde apenas a última venceu a prova, em 2017.

A final será disputada em Montevidéu, no Uruguai, no dia 20 de novembro, repleta de emoção brasileira.

Todavia, a principal competição do continente, a Copa Libertadores, será também disputada por duas equipas brasileiras, neste caso, o Flamengo e o Palmeiras, no mesmo estádio, a 27 de novembro.

Quatro equipas brasileiras nas provas principais, que comprovam a grandeza que se está a tornar o futebol brasileiro.

Copa Sul-Americana

A Copa Sul-Americana é a segunda prova mais importante a nível de clubes organizado pela Confederação Sul-Americana de Futebol.

Surgiu na época de 1998, comandada pelo técnico Scolari, e o seu primeiro vencedor foi o Palmeiras. Desde então, a prova tem tido vários vencedores, destacando-se o Boca Juniores e o Atlético Independiente, que são detentores de dois títulos.

Na época transata, o vencedor da prova foi o Defensa y Justicia. Apenas nas épocas de 2019 e 2020 a final foi disputada a um só jogo, onde nas edições anteriores existiam duas mãos para conquistar o título. Assim sendo, a Copa Sul-Americana tem agora uma luta mais vivida, num único jogo que será uma verdadeira final renhida.

O Caminho Até à Final

Para chegarem até aqui, o RB Bragantino e o Athletico tiveram vários jogos bem vividos e de grande qualidade, onde foram, eliminatória a eliminatória, mostrando que a qualidade do seu futebol é de ser referenciada.

RB Bragantino

Colocada no grupo G, a equipa da Red Bull terminou na primeira posição com 12 pontos conquistados, com 4 vitórias e duas derrotas. A equipa somou 7 golos marcados contra 6 sofridos. Porém, foi após a passagem dos grupos que colocaram o bom futebol em campo, vencendo posteriormente o Independente del Valle por 0-2 e empatando em casa por uma bola.

Segue-o o Rosario, onde venceram por 3-4 e voltaram a vencer por 1-0 na sua casa. Já nas meias-finais o Bragantino não facilitou, vencendo o Libertad por 2-0 em casa e como visitante goleou por 1-3.

Athletico-PR

Com grande destaque desde logo na fase de grupos, terminou com 15 pontos conquistados no grupo D, correspondendo a 5 vitórias e apenas uma derrota. Na fase de grupos sofreu apenas um golo, precisamente na única derrota, onde saboreou as balizas adversárias por oito vezes.

Nos oitavos de final defrontou a equipa América de Cali, vencendo na casa do adversário por 0-1. Seguidamente calhou na rota o LDU Quito, onde pregou um susto na primeira ronda, vencendo o Athletico por 1-0 na sua casa. Todavia, o Athletico tinha muito futebol para demonstrar e goleou em casa a equipa por 4-2.

Já nas meias-finais a equipa cruzou-se com o Penarol, vencendo na casa do adversário por 1-2 e na sua casa por 2-0.

Equipas no Brasileirão

Porém, para o campeonato, as equipas estão separadas por oito pontos. Com o Bragantino na quinta posição e o Athletico-PR na nona, podemos desde logo antever uma final da Copa Sul-Americana muito equilibrada.

Contudo, é do campeonato que podemos retirar fatores que podem ser fulcrais na final da edição de 2021, aliando aos dados que iremos citar da Copa e que pode ditar o Campeão Copa Sul-Americana.

Goleador na Rota

Ytalo José dos Santos, jogador do Bragantino, é o quinto melhor marcador do Brasileirão, contando já com 10 golos no campeonato. Porém, o destaque vai para Artur, que é autor de oito assistências no campeonato, mas já leva 7 golos e 4 assistências na Copa Sul-Americana.

Do lado do Athletico, o melhor marcador da equipa é Renato de Souza, autor de 6 golos. Porém, na Copa os destaques são Vitinho e Nikao, o primeiro com 4 golos e uma assistência e o segundo com 3 golos e 5 assistências, mostrando desde logo que são dois jogadores que podem desequilibrar pela sua equipa e causar estragos na final.

Equipas de Cartão

O futebol brasileiro destaca-se muito pela agressividade que os jogadores disputam os lances, mas que acaba por ditar jogos com muitos cartões. E, sendo uma final disputada entre duas equipas brasileiras, a Copa Sul-Americana será o palco de mais alguns.

As casas de apostas têm este mercado ativo para esta final, daí que possa ser particularmente relevante ter os seguintes fatores em conta.
A equipa do Bragantino destaca-se desde logo com 72 cartões amarelos a contar para o Brasileirão, contando com uma média de 2,25 cartões por jogo. Porém, destaca-se Jadsom, que tem 10 cartões até ao momento. Na Copa, detentores de 25 cartões, levam uma média de 2,08 por jogo.

Já o Athletico-PR conta com 60 cartões amarelos, perfazendo uma média de 1,87 cartões por jogo. Zé Ivaldo é detentor de 7 amarelos na equipa. Na Copa Sul-Americana contam com 30 cartões amarelos em 12 partidas, uma média de 2,5 cartões por jogo.

Os Destaques do Bragantino e o seu treinador

A equipa do Bragantino é comandada pelo chinelo Claudio Maldonado, que ergueu a equipa brasileira após passar pelo “colo-colo”. A sua garra como jogador está a ser transmitida para os seus jogadores, mas a falta de experiência como técnico pode ser um entrave na final.

No entanto, a equipa está repleta de excelentes jogadores, cujo destaque vai para Artur, Cuello e Ytalo. Artur e Ytalo são jogadores de área, com gosto na finalização, com Cuello a destacar-se pela qualidade de passe, transição e também por ser uma aposta forte do treinador no meio-campo.

Os Destaques do Athletico-PR e o seu treinador

O Athletico-PR tem um treinador que já passou por Portugal, Paulo Autuori, treinador do nacional da madeira. Todavia, o brasileiro tem um currículo de louvar e sabe vencer finais, não fosse ele detentor de duas Copas Libertadores! Aqui, pode fazer toda a diferença a 20 de novembro.

A equipa Furacão destaca-se com Vitinho, Nikao e Renato de Souza, que são os que proporcionam mais desequilíbrios na equipa e que podem tornar a final mais interessante. Sendo três jogadores que surgem bastante na área de finalização, vale a pena olhar para o mercado dos marcadores dos golos nesta Copa Sul-Americana.

Prognósticos final sul-americana

Antevê-se um jogo de enorme qualidade na Copa Sul-Americana, mas os prognósticos de apostas na final sul-americana apontam para um Athletico-PR que pode marcar a diferença. Todavia, ambas as equipas gostam de praticar um futebol agressivo e que se diferencia no eixo ofensivo, o que torna o mercado de ambas as equipas a marcar muito apelativo.

Contudo, o mercado dos cartões também pode ser aliciante, com médias elevadas e que uma final é suscetível a mais coração do que concentração.

Quem é favorito na decisão da Copa Sul-Americana 2021?

A nossa análise é equilibrada, mas o Athletico-PR tem tudo para sair vencedor da Final Copa Sul-Americana 2021. Além de ter conseguido uma copa mais interessante, com várias goleadas, foi a equipa mais possante, mais consistente e com um treinador com bastante experiência.

Assim, o Furacão, uma equipa que já venceu uma edição da competição e que quer arrecadar mais um título para o seu museu, é um dos clubes favoritos.

No entanto, as casas de apostas dão um ligeiro favoritismo à equipa da Red Bull Bragantino, sendo fundamental olhar para os últimos resultados das equipas mais perto do encontro.

Quais as melhores casas de apostas para fazer apostas na final sul-americana?

Nem todas as casas de apostas têm vários mercados ativos para esta final da Copa Sul-Americana, por isso destacamos desde logo a Betano. Além de não ter ainda os mercados todos ativos, já é possível ter várias soluções atrativas para esta final emocionante.

As casas Nossa Aposta e Solverde, onde as odds são interessantes de ser analisadas, também se enquadram nas melhores casas de apostas para esta final.