Que hipóteses para FC Porto, Sporting e Benfica na Liga dos Campeões?

21/10/2022

Está a ser uma das melhores épocas de sempre para as equipas portuguesas na Liga dos Campeões, a maior competição de futebol da Europa. Ao fim de quatro jornadas, Portugal conseguiu seis vitórias; duas por cada uma das três equipas em prova. Não só todos os “Três Grandes” estão a participar, como todos estão a ter relativo sucesso e todos estão com hipóteses de passar à fase seguinte. Tal seria uma incrível demonstração de força do futebol português.

Mas nada está ganho e ainda faltam duas jornadas. Vejamos o que cada uma das três equipas tem pela frente.

FC Porto

O Grupo B é um dos grupos onde têm surgido surpresas várias. O estatuto de favorito do Atlético Madrid não lhe tem valido; a única vitória que obteve foi precisamente contra o FC Porto, arrancada “a ferros” no último lance do encontro, num jogo de má memória para os dragões. Os azuis e brancos arrancaram num verdadeiro descalabro, com uma goleada em casa por 4-0 perante o teoricamente modesto Club Brugge – um resultado que motivou uma ação criminosa contra a família do treinador Sérgio Conceição por parte de adeptos anónimos.

Porém, nem tudo é o que parece. O FC Porto recuperou a presença de espírito com duas sólidas vitórias sobre o Bayer Leverkusen (2-0 e 3-0), quando os alemães vinham de uma vitória sobre o Atlético que lhes permitia sonhar. O Club Brugge, longe de ser modesto, é o sólido líder do grupo, com os dez pontos dados por três vitórias e um empate. Espantosamente, os belgas ainda não sofreram golos! (E marcaram sete.)

Com seis pontos e um ponto de vantagem sobre o Atlético, o FC Porto poderá não precisar de vencer os dois jogos que faltam para passar à fase seguinte. Mas o jogo da 5.ª jornada, contra o Club Brugge, será um tira-teimas – é preciso contar com uma vitória do Atlético frente ao Bayer. Os portistas parecem ter resolvidos os seus problemas no ataque e há que encontrar forma de desfeitar a baliza que tem estado à guarda de Simon Mignolet.

Sporting CP

Tudo em aberto no Grupo D da Liga dos Campeões, com resultados também algo imprevistos. O Tottenham, favorito à vitória no grupo, tem apenas sete pontos em quatro jogos. O Sporting agigantou-se ao bater os Toffees em casa por 2-0 e foi extremamente competente ao bater o Eintracht em Frankfurt por 3-0. Mas as duas derrotas com o Marselha foram bastante desalentadoras – com destaque para o papel de Ricardo Esgaio nesta última, cuja expulsão precoce contribuiu definitivamente para o 4-1 final.

Ainda assim, o Sporting está em igualdade pontual com o Marselha, mas em desvantagem no confronto direto. Os franceses ainda recebem o Tottenham, enquanto os leões pensam repetir a graça de bater o Eintracht no estádio Alvalade XXI. As estatísticas de “goal score” estão extremamente equilibradas entre as quatro equipas, especialmente entre as três da frente.

É preciso notar que, tendo o Eintrach Frankfurt quatro pontos, está apenas a três do Tottenham e da liderança; com duas vitórias, os alemães passam à fase seguinte. Ou seja, todas as quatro equipas só dependem de si próprias para passar a fase de grupos da Liga dos Campeões.

Dos 24 golos marcados pelo Sporting esta época (entre Liga dos Campeões e campeonato), esta é a distribuição dos que marcaram mais que um golo:

  • Pedro Gonçalves: 5
  • Francisco Trincão: 4
  • Marcus Edwards: 4
  • Nuno Santos: 4
  • Hidemasa Morita: 2

Psicologicamente, as vitórias sobre Gil Vicente e Santa Clara ajudaram a esquecer o percalço no estádio do Bessa. À parte a Taça de Portugal, haverá ainda um teste de fogo frente ao surpreendente Casa Pia antes da visita a Londres, que determinará muito do futuro do Sporting nesta edição da Liga dos Campeões. Tudo está em aberto.

SL Benfica

Das três equipas portuguesas, os encarnados são os que estão em posição mais favorável para passar à próxima etapa da Liga dos Campeões. Com cinco pontos de vantagem sobre o terceiro classificado a duas jornadas do fim, é necessário um descalabro para que o Benfica não passe a primeira fase com sucesso.

Principalmente porque as águias já defrontaram o favorito Paris Saint Germain, líder do grupo apenas por ter mais um golo marcado que o Benfica nos quatro jogos já efetuados. Nas últimas jornadas, o Benfica torna a encontrar Juventus e Maccabi Haifa, que já provaram ser as duas equipas mais frágeis deste grupo, obtendo apenas três pontos cada – devido à repartição de vitórias nos dois jogos disputados entre si.

Ou seja, além de enfrentarem o Benfica, Maccabi e Juventus vão também jogar novamente contra o Paris Saint Germain, aumentando o nível de dificuldade. E, tal como o Benfica, a equipa de Mbappé, Messi e companhia não pode facilitar, pois ainda não assegurou matematicamente a passagem à próxima fase. Bastaria Benfica e PSG empatarem um dos dois jogos que têm pela frente para carimbarem, ambos, essa passagem.

As quatro equipas marcaram entre sete e quatro golos nestas primeiras quatro jornadas. Mas, como diz o ditado, “o ataque ganha jogos e a defesa ganha campeonatos”; é nos golos sofridos que está a grande diferença. O Benfica sofreu apenas três e os franceses quatro. Já a Juventus sofreu sete e os israelitas oito.

Três equipas portuguesas nos oitavos de final da Liga dos Campeões: hipóteses razoáveis

Concluímos que, à quarta jornada, o Benfica está praticamente apurado para a fase a eliminar da Liga dos Campeões 2022/23, o FC Porto tem fortes hipóteses e o Sporting CP tem hipóteses mais que razoáveis, embora as suas probabilidades sejam teoricamente um pouco mais baixas que as dos azuis e brancos. Ainda assim, constata-se que é perfeitamente viável imaginar três equipas portuguesas entre as 16 finalistas desta edição da Liga dos Campeões.

Os jogos do Benfica permitirão ao jogador arriscar um pouco e talvez apostar num handicap, especialmente contra o Maccabi Haifa. Nos jogos de FC Porto e Sporting será necessário avaliar o estado anímico das equipas nos dias antes do jogo e a lista de convocados para se ter uma ideia mais acertada do que poderá ser possível.