Qual deverá ser o próximo destino de Neymar?

22/11/2022

Que Neymar Jr. poderá estar de saída do Paris Saint-Germain já não é novidade. O assunto tem feito manchetes ao longo de 2022 e especulou-se que o defeso de verão poderia ter representado o fim da ligação entre as partes.

O astro brasileiro continuou em Paris, mas o ambiente no PSG não parece o melhor e os rumores de uma saída voltam a surgir. O Mundial de 2022, disputado no Qatar, traz uma invulgar pausa no futebol europeu neste final de outono, estendendo-se quase até à reabertura do mercado de transferências.

Simultaneamente, vive-se o defeso no futebol brasileiro (aproxima-se o verão no Hemisfério Sul), e as temporadas de futebol estão alinhadas com o ano civil, ao contrário do que acontece entre nós.

Será agora que Neymar Jr. regressa ao Brasil? Que outras portas estarão abertas?

Neymar Jr.: uma carreira marcada pela instabilidade

Será talvez injusto apontar a Neymar o falhanço pelo facto de não ter conseguido ganhar um título de Melhor Jogador do Mundo. Isto estará relacionado com o “hype” criado em torno da sua figura no início da época passada. O entusiasmo teve duas grandes causas:

  • O estilo de jogo exuberante, na linha de uma longa tradição de criativos brasileiros, com Ronaldo Fenómeno e Ronaldinho Gaúcho como exemplos mais recentes.
  • A obrigatoriedade de o Brasil produzir o melhor jogador do mundo, ou pelo menos um dos melhores, em cada “era” futebolística, precisamente por causa da soberba tradição brasileira acima descrita.

O facto é que o futebol, atualmente, é diferente.

Garrincha, apesar de todos os seus problemas pessoais, conseguia ser reconhecido como um dos melhores da sua época. Maradona ocultou durante anos os efeitos da sua vida pessoal nas suas performances em campo. Atualmente, contra máquinas de trabalho como Cristiano Ronaldo ou génios extraterrestres como Messi, o padrão é demasiado elevado.

Ao contrário do foco absoluto no futebol mostrado pelos seus “rivais” argentino e português, Neymar sempre demonstrou uma personalidade polímata, ao estilo de Leonardo da Vinci.

Além do futebol, dedicou tempo ao poker. O lado mais descontraído da vida não lhe passou ao lado. Por mais do que uma vez publicou fotos de férias nas redes sociais, enquanto os colegas já se empenhavam nos treinos de época.

Talvez isso tenha dificultado a tarefa de se afirmar como o líder absoluto da “canarinha”, e também como o mago que levaria finalmente o PSG a vencer a Liga dos Campeões. Ou talvez, apesar de todo o seu talento, Neymar simplesmente não tenha a personalidade adequada para tais tarefas.

Não surpreende que o PSG tenha querido trazer Messi. Nem surpreendem os rumores de incompatibilidade entre Neymar e Mbappé no balneário parisiense.

Neymar: Estatísticas atuais

A época do brasileiro está a ser impressionante, como vem sendo seu hábito, independentemente das críticas. Em 20 jogos, Neymar assinou 15 golos e 12 assistências, com uma média de 109 minutos por golo. Dois dos golos e três das assistências aconteceram na Liga dos Campeões.

Trata-se de uma clara melhoria em relação à época passada, durante a qual apontou 13 golos e concretizou 8 assistências, num total de 20 jogos jogados. Não há dúvida de que, pesem todos os problemas que possam estar a afligir o PSG, o talento do brasileiro continua intacto.

Neymar e Mbappé: nova discórdia

Vários órgãos de imprensa desportiva internacional veicularam uma alegada exigência de Mbappé à direção do PSG para aceitar uma renovação do seu contrato até 2025: a saída de Neymar do clube. O jovem francês teria exigido “mais profissionalismo ao plantel”, numa tirada presumivelmente direcionada ao comportamento do avançado brasileiro.

Apesar da excelente época que Neymar está a fazer, em termos de golos e assistências, especula-se que a direção do PSG compreende que o brasileiro é o presente, mas Mbappé é o futuro.

Com o jovem na equipa, os números do brasileiro deixam de ser tão essenciais. Porém, os custos de uma rescisão de contrato seriam desencorajadores. Seria mais sensato levar o brasileiro, ao não se sentir desejado, a procurar um novo clube por empréstimo ou compra.

Qual será o próximo destino do futebolista brasileiro?

As casas de apostas nacionais não podem, de acordo com a legislação em vigor, apresentar odds ou mercados para apostar no clube no qual Neymar jogará a partir de janeiro. Mas isso não nos impede de refletir sobre qual será o futuro a curto prazo de um dos melhores jogadores de futebol da atualidade.

As estatísticas que mostrámos acima não deixam dúvidas: não faltarão interessados no seu passe.

Continuar no PSG

Se nenhuma das possibilidades se concretizar, o cenário mais óbvio será a continuação em Paris, pelo menos até ao fim da presente época. A pausa para o Mundial do Qatar e para o Natal servirá para acalmar possíveis tensões no plantel e levar os dirigentes a pedir calma e união, pelo menos, por esta temporada.

Mbappé pode ser convencido a esperar por uma mudança de opinião de Neymar sobre o seu futuro.

Newcastle

A nova gestão do histórico clube inglês, vinda também das Arábias, prepara-se para tentar produzir um novo colosso do futebol com recurso a petrodólares. O clube já demonstrou interesse a Neymar no último defeso, tendo o brasileiro recusado.

Caso a vontade de contratar um grande nome se mantenha e caso os árabes – diz-se que é o próprio príncipe Mohammad bin Salman a estar por trás do negócio – consigam convencer Neymar relativamente ao projeto que têm para o clube, continuará a ser uma possibilidade.

Chelsea

Esta foi outra possibilidade aventada no último defeso. Embora tenha perdido força, a hipótese Chelsea tem uma vantagem em relação ao Newcastle. Neymar pode estar cansado da pressão de ter de ser o líder, de “carregar o plantel às costas”. Isto talvez lhe fosse exigido pelos Magpies, mas certamente que não em Stamford Bridge.

Barcelona

Em momentos de crise na sua passagem pelo PSG, vem à baila a hipótese de um regresso a Barcelona. Os “blaugrana” veriam com bons olhos o regresso da sua estrela, mas são fracas as perspetivas de uma compra a título definitivo. Caso Neymar e o PSG acertem um empréstimo, Camp Nou será uma possibilidade forte.

Flamengo

Têm sido públicos os sinais de afeto entre o Mengão e o jogador. O presidente dos rubro-negros já afirmou publicamente que não tem condições financeiras para fazer uma proposta séria para trazer Neymar, mas que seria um sonho acolher o jogador no Rio de Janeiro. Porém, o Flamengo tem um rival de peso incontornável.

Santos

Foi na Vila Belmiro que Neymar se fez jogador para o mundo, tendo por lá permanecido desde as camadas jovens até à saída para o Barcelona em 2013. Foi com a camisola do Peixe, em jogo do campeonato Paulista contra o Palmeiras, e com apenas 20 anos, que ele apontou o seu centésimo golo como profissional.

Se Neymar estiver a ponderar abandonar a Europa e regressar ao seu país, será inevitável que o Santos seja uma das mais fortes possibilidades.

Mas estaremos cá para ver no ZeroZero Apostas!