Liverpool vs Benfica: prognósticos para a Champions

14/04/2022

O Benfica enfrenta o Liverpool esta quarta-feira, na segunda mão dos quartos de final da Liga dos Campeões de futebol. Pela frente tem a difícil tarefa de recuperar da pesada derrota por 3-1 sofrida na primeira mão, disputada na última semana. Difícil, mas não impossível! Para os apostadores, o confronto abre uma boa oportunidade para ganhar prémios, valendo-se do conhecimento profundo dos jogadores e da circunstância em que o desafio vai ocorrer. Analisemos esta circunstância de modo a iluminar as perspetivas de prognóstico dos nossos leitores!

Análise das equipas

Liverpool

O Liverpool atravessa um excelente momento de forma. Nos últimos cinco jogos para a Premier League venceu 4 e empatou apenas o último, contra o Manchester City, em Manchester. Este empate contra o líder do campeonato não é certamente um indício de fraqueza; o Liverpool mantém-se no segundo lugar, com 73 pontos contra os 74 dos “citizens”, e com 11 pontos sobre o Chelsea.

Pelo meio, além da vitória sobre o Benfica por 3-1, houve uma vitória para a FA Cup sobre o Nottingham Forest e a derrota contra o Inter de Milão por 1-0 na segunda mão dos oitavos de final da Champions League, que não comprometeu a passagem aos quartos.

Benfica

Já o Benfica, além de estar no terceiro lugar e quase sem esperança de lutar pelo campeonato, está agora a 9 pontos do 2.º lugar ocupado pelo Sporting, com fracas possibilidades de obter a qualificação para a Liga dos Campeões na próxima época. Nos últimos 5 jogos para o campeonato, além de 3 vitórias, registou a calamitosa derrota contra o SC Braga e um empate em casa frente ao FC Vizela. Além disso, o treinador Nelson Veríssimo confirmou a ausência de Rafa nesta segunda mão dos quartos de final, por lesão.

Histórico de confrontos

O histórico de jogos entre ambas as equipas é muito solicitado por alguns apostadores. Porém, em competições como a Champions, as equipas mudam bastante e a sua informação tem escasso valor. A circunstância dos jogos entre Benfica e Liverpool em 2022 é completamente diferente da dos últimos encontros entre ambos, na época 2009/10 e a contar para a Liga Europa. O Benfica venceu a primeira mão por 2-1, em Lisboa, “dando a volta” a um resultado desfavorável com dois golos de Óscar Cardozo (ambos via pontapé da marca de grande penalidade). O Liverpool virou a eliminatória vencendo em Anfiel Road por 4-1, incluindo dois golos de Fernando Torres. Da equipa do Benfica constavam o atual diretor técnico dos encarnados, Luisão, e o treinador do Sporting CP, Rúben Amorim. Uma equipa claramente bem distante da atual!

Será talvez mais útil constatar o histórico recente dos encarnados na Liga milionária. Desde 2015/16 que o Benfica não marcava presença nos quartos de final da Champions. Além disso, desde 1990 que não chega às meias-finais da maior competição de clubes europeia – quando ainda era Taça dos Clubes Campeões Europeus, antes da transformação em Liga dos Campeões.

Já o Liverpool tem, naturalmente, sido cliente assíduo das fases finais da Champions. Além da vitória em 2019, há a chegada à final em 2018 e a presença nos quartos de final na época transata.

O que se espera do encontro

De acordo com o Jornal Económico, as estimativas de apostadores portugueses davam uma probabilidade de vitória ao Liverpool de 79%. Os Reds são claros candidatos à vitória final na maior competição europeia de futebol. Tudo indica que parecem completamente capazes de controlar a situação nesta segunda mão. A derrota recente do Benfica contra o SC Braga veio trazer mais um “abanão” ao moral dos encarnados.

Há, no entanto, um fator que joga a favor do Benfica, e de um modo algo perverso: o facto de já não ter (quase) nada a perder. Chegar aos quartos de final foi um feito assinalável por parte de uma equipa que há bastante tempo se viu afastada da luta pelo campeonato. Nelson Veríssimo poderá querer pôr “toda a carne no assador” à espera de uma reviravolta épica. Não há motivos para tentar defender o resultado quando se entra a perder por 3-1.

Quais os prognósticos mais previsíveis?

Vencedor do Jogo: Liverpool

A lógica e a prudência mandam apostar, no caso do Vencedor do Jogo/Resultado Final, numa vitória do Liverpool. Os “reds” são candidatos à vitória na própria competição e quererão não dar hipóteses ao Benfica de dar a volta à eliminatória. O fator casa também joga a favor do coletivo de Jurgen Klopp.

Golos do Liverpool

De acordo com o site da UEFA, o Liverpool leva uma média excelente de 2,45 golos por jogo na presente edição da Liga dos Campeões. As odds para apostar em mais 2,5 golos dos “reds” neste jogo estão relativamente compensadoras nas casas de apostas portuguesas, rondando o valor de 1,80. Será preciso uma noite de acerto, mas nada que o Liverpool não tenha já concretizado na primeira mão.

Golos no jogo

Menos de 3,5 golos marcados

Por outro lado, existe uma possibilidade forte de o Liverpool, caso consiga assumir o ritmo do jogo, se limitar a gerir sem arriscar demasiado. Nesse caso, esta segunda mão teria menos golos que a primeira, com um jogo mais calculista – e supondo que Nelson Veríssimo não encontra argumentos para contrariar tal postura por parte de Jurgen Klopp.

Neste cenário, odds entre 1,70 e 1,80 para o mercado de Menos de 3,5 Golos parecem bastante razoáveis.

Mais de 0,5 golos marcados

Uma aposta ultraconservadora, e consequentemente pouco lucrativa, é a de que o jogo terminará pelo menos com um golo marcado. Dadas as estatísticas recentes do Liverpool, é altamente provável que pelo menos um golo seja marcado. Daí que, todavia, as odds neste mercado estejam bastante baixas (abaixo de 1,10).

Jogadores

Um golo de Mohamed Salah

O avançado egípcio leva 8 golos na edição atual da Liga dos Campeões, em 9 jogos disputados. A média de quase 1 golo por jogo faz com que as odds deste mercado (Salah a marcar pelo menos 1 golo) estejam na casa de 1,60, constituindo um risco moderado e aceitável.

Dois golos de Mohamed Salah

Será assim tão impossível que Salah esteja fortemente inspirado? Trata-se já de uma aposta com um certo risco, mas odds superiores a 3,00 para um jogador que até tem vindo a marcar cerca de 1 golo por jogo são razoáveis.

Cantos: Mais de 9,5

Só o pendor ofensivo do Liverpool é quase suficiente para assegurar que haverá 10 ou mais pontapés de canto no decorrer desta partida. Se acrescentarmos que o Benfica precisará de arriscar e não tem já nada a perder, esta aposta torna-se claramente racional.

E se eu quiser arriscar um pouco mais?

Benfica como Vencedor do Jogo

Quem gostar de apostas com uma boa dose de risco misturada com uma componente racional, poderá colocar as suas fichas numa vitória do Benfica. Será especialmente provável uma vitória pela margem mínima (por exemplo, 1-0), com a equipa da Luz a conseguir um golo num lance fortuito, de insistência ou de bola parada, e a conseguir suster o ataque “red” na esperança de um contra-ataque que empate a eliminatória – e deixe a equipa inglesa mais nervosa.

A já citada derrota do Liverpool na segunda mão da eliminatória anterior, por 1-0 contra o Inter de Milão, é um exemplo muito recente que se pode repetir. Uma vitória “magra” do Benfica não impede a qualificação do Liverpool para as meias-finais e é bem mais provável que a passagem dos encarnados às meias (algo que de resto não interessa para as “contas” dos apostadores).

Atenção: não deixa de ser uma aposta de alto risco. O site oficial da UEFA salienta que o Benfica nunca venceu um jogo em quartos de final no formato atual da Liga dos Campeões, somando três empates e seis derrotas. A equipa de Klopp tem uma margem de dois golos que lhe permitirá arriscar um pouco mais, mas não demasiado, tentando sempre controlar o ritmo do jogo. Ainda assim, as odds das casas de apostas para uma vitória do Benfica chegam a estar acima de 9,00, pelo que é certamente tentador.

Darwin Núñez marca o primeiro golo

Igualmente (im)provável, mas alinhada com o raciocínio anterior, é a possibilidade de o Benfica marcar o primeiro golo do jogo, surpreendendo os Reds. Darwin Núñez, pela sua recente forma e respeitando o facto de ser o claro líder da tabela de melhores marcadores da Liga Bwin, será o melhor candidato a esse hipotético primeiro golo.

As odds para que Darwin marque o primeiro golo do jogo estão acima de 10,00; uma aposta razoavelmente verosímil e que nem sequer “vincula” o apostador a uma vitória do Benfica – o Liverpool seria certamente capaz de dar a volta ao resultado.

Benfica Marca 2 Golos

Existem odds superiores a 5,00 para este mercado, o que faz sentido se pensarmos que o Liverpool vai querer baixar o ritmo e controlar o jogo de forma a impedir uma reação benfiquista em termos de eliminatória. Para este mercado, o mais importante jogar-se-á nos primeiros 30 minutos: se Veríssimo entender que não tem nada a perder e instruir os jogadores a pressionar alto desde o primeiro minuto, arriscando uma eventual quebra física no fim do jogo, tal poderia verificar-se.