história

1963/64: Nunca o Benfica marcara tanto

Texto por João Pedro Silveira
l0
E0
Nunca se vira um Benfica tão goleador, em boa verdade, tirando o Sporting dos Cinco Violinos - que apontara 123 golos em 1946/47 - nenhum outro clube apontara tantos golos numa edição do campeonato. O Benfica orientado pelo húngaro Lajos Czeizler chegou à histórica soma de 103 golos em 26 jogos.

O Benfica trocou o chileno Riera pelo húngaro Czeizler, mas a águia voltou a voar mais alto que a concorrência. Tal como um ano antes, o FC Porto foi segundo e o Sporting um distante terceiro (acabou com os mesmos pontos que o V. Guimarães).
 
Os velhos rivais foram incapazes de travar um Benfica que só perdeu um jogo e empatou quatro, passeando classe na prova, com goleadas atrás de goleadas: Leixões (7x0), Varzim (8x0), text.php?id=74 (8x1), Barreirense (8x0) e Seixal (10x0), para obter um histórico número de 103 golos marcados no Campeonato.
Capítulos
Comentários (0)
Gostaria de comentar? Basta registar-se!
motivo:
EAinda não foram registados comentários...