Segue o canal do youtube do zerozero.pt

Error message here!

Error message here!

Esqueceu-se password?

Perdeu a password? Introduza o seu endereço de email. Irá receber um link para criar uma nova password.

Error message here!

Voltar ao login

X
história
Jogadores

José Águas: o grande capitão

2011/11/22 15:23
Texto por António Ferreira Dias com João Pedro Silveira
l0
E0
Natural de Angola, avançado centro do Benfica, por cinco vezes «coroado» como o melhor marcador do Campeonato Nacional da Primeira Divisão, 288 golos em 281 jogos, uma marca impressionante. Marcava golos de toda a forma e de todo lado, mas a suas cabeçadas é que ficaram na retina, pois talvez tenha sido o mais elegante a marcar de cabeça da história do campeonato português.

Aos centros de José Augusto ou de Cavém, José Águas elevava-se aprumado, com um sorriso fitando a bola, como quem diz: «Esta já está!», e é que esstava mesmo.
 
Águas tinha sempre um lugar marcado na área, com a noção exacta do melhor momento para o salto, fugia aos defesas e aparecia no lugar certo para dar a «estocada final».
 
Não havia no seu tempo (teria havido alguma vez?) avançado centro tão perfeito e elegante a facturar de cabeça. Peyroteo tinha a força nos pés, José Águas a arte na cabeça.
 
Cinco vezes Campeão Nacional, duas vezes Campeão Europeu, vinte e cinco jogos na Selecção Nacional com 11 golos marcados.
Estreara-se na Selecção B, no Portugal 3-1 França, com os três golos da sua autoria.
 
O segundo jogo oficial pelo seu Benfica, fora no Campo Grande com o Braga (8-2). Águas marcou 4 golos. Foi a 1 de Outubro de 1950, José Águas ia fazer 20 anos a 9 do mês seguinte.
 
Finda a carreira no Benfica foi convidado pelo Áustria FK de Viena. Tinha 33 anos, uma honra. Na cidade do Danúbio jogou ainda uma época antes de «pendurar as botas».
 
Regressado a Portugal era o treinador do Atlético, campeão nacional da 2ª Divisão em 1967/68.
 
Cumprir o dever era o lema de José Águas. Com a mesma dedicação com que servia um escritório no Lobito, era o mesmo dentro da camisola nº 9 do Benfica: leal com os adversários, prestigiado capitão de equipa, exímio finalizador como ponta de lança.
Fotografias(2)
José Águas levanta o troféu de campeão europeu de clubes
Capítulos
Comentários (0)
Gostaria de comentar? Basta registar-se!
motivo:
EAinda não foram registados comentários...
Tópicos Relacionados
Jogador
Equipa