Playmaker - O futebol em números!

Error message here!

Error message here!

Esqueceu-se password?

Perdeu a password? Introduza o seu endereço de email. Irá receber um link para criar uma nova password.

Error message here!

Voltar ao login

história
Jogadores

John Toschak: o galês letal

2015/12/18 17:24
Texto por João Pedro Silveira
l0
E0
Filho de um escocês e de uma galesa, o galês John Benjamin Toschack nasceu a 22 de Março de 1949, em Cardiff, a capital do País de Gales.

Seria no Cardiff City, o maior emblema da cidade, que Toschack começou a jogar, tendo assinado o seu primeiro contrato com apenas 16 anos, tornando-se no mais jovem jogador de sempre a vestir a camisola do clube, quando entrou na segunda parte de um jogo contra o Leyton Orient, onde Toschak apontou um golo. Um recorde que só seria batido por Aaron Ramsey em 2007. 

©Getty / Evening Standard
Jogou durante cinco anos no Cardiff City, formando uma dupla letal com Brian Clark, marcando 74 golos em 162 jogos, ao mesmo tempo que se estreava com a camisola do País de Gales em 1968.

A veia goleadora do jovem galês despertou a atenção de Bill Shankly que o contratou para o Liverpool em 1970, a troco de 110 mil libras para os cofres do Cardiff City.

Red at heart

Em Anfield Toschak tornou-se num caso sério para as balizas adversárias. O seu primeiro golo seria apontado no Merseyside Derby, numa vitória sobre o Everton, conquistando assim imediatamente o coração do Kop

Vindo de Scunthorpe United em 1971, Kevin Keegan formou a dupla perfeita com Toschak. O galês ganhava a bola nas alturas e o inglês colocava-a no fundo das redes. Durante um jogo, David Coleman, o famoso comentador da BBC, resumiu a parceria em poucas palavras a telepatia futebolística do «duo maravilha»: «Toschak... Keegan, one nil!», num comentário que se tornou icónico.

A química entre os dois era alimentada pela imprensa, que os catalogou como o "Dynamic Duo", numa alusão à dupla Batman & Robin.

Quando Keegan assinou pelos alemães do Hamburger SV, uma grande percentagem dos 100 golos que marcara com a camisola do Liverpool tinham sido assistidos por Toschack.

Em 1978, quando abandonou os reds, tinha conquistado três ligas, uma FA Cup, uma Taça dos Campeões e duas Taças UEFA, entre outros troféus, tendo apontado 96 golos em 246 jogos. 

Regresso a Gales e a carreira de treinador

Aos 29 anos regressou ao País de Gales para vestir a camisola do Swansea City, assumindo o papel de treinador-jogador. Contra todas as expectativas, levou a equipa do quarto escalão ao primeiro em quatro épocas, surpreendendo tudo e todos no ano de estreia entre os grandes, chegando mesmo a liderar a tabela durante algumas jornadas e terminando num inesperado sexto lugar.

Na época seguinte a equipa decaiu e desceu de divisão, tendo voltado a descer de escalão logo na época seguinte. É então que surge o convite de João Rocha para treinar o Sporting.

Numa época conduz os leões ao segundo lugar, atrás do FC Porto, mudando-se depois para a vizinha Espanha, onde orienta a Real Sociedad por quatro anos, vencendo a Taça do Rei em 1987. 

O futebol ofensivo que a Real Sociedad exibiu durante anos convenceu os dirigentes do Real Madrid que o convidam para orientar o gigante madrilenho. Em Madrid, Toschack lidera os merengues à conquista da Liga.

Casa às costas

©Getty / Phil Cole
Apesar do título, Toschack não convence os madridistas e regressa a San Sebastian, onde treina novamente a Real Sociedad.

A uma breve passagem pela seleção do País de Gales, sucedeu uma experiência no Deportivo da Corunha. Um salto à Turquia, um regresso ao Real Madrid, depois assinou pelo Saint-Étienne, voltou a San Sebastian e passou ainda por Itália, à frente dos destinos do Catania.

Novamente no comando técnico de Gales, desta feita por seis anos, seguiu-se a seleção da Macedónia, antes de tentar a sorte num clube do Azerbaijão. Por fim mudou-se para Casablanca, Marrocos, onde dirigiu o Wydad desde 2014. 

Fotografias(2)
kevin keegan,jogador,john toshack
Capítulos
Comentários (0)
Gostaria de comentar? Basta registar-se!
motivo:
EAinda não foram registados comentários...