Segue o canal do youtube do zerozero.pt

Error message here!

Error message here!

Esqueceu-se password?

Perdeu a password? Introduza o seu endereço de email. Irá receber um link para criar uma nova password.

Error message here!

Voltar ao login

história
Jogadores

Serhiy Rebrov: o aríete ucraniano

2012/06/01 17:18
Texto por João Pedro Silveira
l0
E0
Nascido a 3 de março de 1974, em Horlivka na Ucrânia, U.R.S.S., Serhiy Stanislavovych Rebrov, nasceu para o futebol nas escolas do Shakhtar Donetsk em 1990, quando chegou somente com 17 anos.

Em agosto de 1992, transferiu-se para a capital, e para o grande o Dynamo Kyiv, o grande clube da Ucrânia que entretanto se tinha tornado independente.
Rapidamente ganhou um papel fundamental na equipa, tornando-se na sua maior estrela e sendo eleito o melhor jogador do campeonato ucraniano por duas vezes (1996 e 1998).
 
Melhor marcador na época 1997-98, quando abandonou o clube rumo a Inglaterra e ao Tottenham, era o melhor marcador de sempre da liga ucraniana, com 123 golos marcados em 261 jogos com as camisolas do Shakhtar e do Dynamo. Além dos prémios individuais, sagrou-se oito vezes seguidas campeão da Ucrânia até 2000.
 
Mas não foi só nos campos da Ucrânia que os seus golos fizeram história. Nas competições europeias, numa equipa orientada por Lobanovsky que fez história entre 1998 e 1999, ao lado de outros grandes jogadores como Shevchenko, Luzhny e o georgiano Kaladze, Rebrov foi decisivo na caminhada até às meias-finais em 1998-99, depois de o Dynamo ter eliminado o Real de Madrid nos quartos.
 
Um ano antes o Dynamo já tinha espantado a Europa com uma vitória por 0x4 em Barcelona, onde Rebrov marcara um golo fabuloso. Mas a vedeta fora Schevchenko com um histórico hattrick.
 
Com o sucesso em Kiev, as principais estrelas saíram para os grandes campeonatos da Europa. Shevchenko deu o salto para Milão onde jogou pelo AC Milan, enquanto surpreendentemente, Rebrov seguiu para Londres, para vestir a camisola do não tão mediáticoTottenham Hotspur por duas épocas. Seguiram-se o Fenerbahçe, West Ham, antes do regresso ao Dynamo de sempre onde conquistou mais um campeonato. A carreira terminou-a no campeonato da vizinha Rússia ao serviço do Rubin Kazan, onde em duas épocas conquistou mais duas medalhas de campeão.
 
Na Seleção, o avançado de Horlivka, tornou-se uma presença habitual e esteve em todos os grandes momentos do selecionado ucraniano, inclusive a presença no mundial de 2006, onde chegou aos quartos-de-final, para perder com a futura campeã Itália. Vestiu a camisola amarela por 75 vezes, e marcou 15 golos, que o transformam num dos jogadores mais importantes da história do país.
Fotografias(1)
Serhiy Rebrov no Tottenham
Capítulos
Comentários (0)
Gostaria de comentar? Basta registar-se!
motivo:
EAinda não foram registados comentários...
Tópicos Relacionados