Error message here!

Error message here!

Esqueceu-se password?

Perdeu a password? Introduza o seu endereço de email. Irá receber um link para criar uma nova password.

Error message here!

Voltar ao login

MoreirensePortugal
PortugalBraga
V. GuimarãesPortugal
PortugalPortimonense
Real SociedadEspanha
EspanhaEspanyol
história
Clubes

Feirense

2011/08/03 15:18
Texto por João Pedro Silveira
l0
E7
Fundação

A Associação Desportiva Feirense nasceu no dia 19 de março de 1918, entre os seus fundadores contavam-se Luís Amorim, Artur Bastos, Luís Cadilon e Artur Lima, sendo os primeiros grandes impulsionadores do clube, responsáveis também pela aquisição do terreno para o primeiro campo de jogos, no lugar de Picalhos, Santa Maria da Feira, conhecido como o “Campo da Mata”, corria o ano de 1924.

Os primeiros jogos começaram a ser disputados informalmente em 1920. Mas a não filiação do clube na associação local, não permitia ao Feirense defrontar clubes vizinhos do distrito de Aveiro como a Oliveirense, a Ovarense, a Sanjoanense...
 
Nesses primeiros anos, fundamentais para a identificação dos adeptos com a agremiação, o Feirense, era um clube bem diferente do que hoje conhecemos. Além do total amadorismo, apresentava um equipamento que hoje nos pareceria estranho, com uma camisola listada verticalmente a preto e vermelho. 
 
O passo fundamental para a mudança do clube foi dado a 30 de dezembro de 1925, data em que decorreu uma Assembleia Geral do clube, em que ficou decidido mudar o nome da instituição, abandonando a nomenclatura de  A.D. Feirense, para o clube passar a ostentar o nome que ainda perdura: Clube Desportivo Feirense
 
Oficialização
 
O Feirense disputou o primeiro campeonato na época 1930/31 - no chamado Campeonato de Promoção de Aveiro -, perdendo na estreia por 2x1 em Cortegaça.  Ainda na mesma época desportiva, a 2 de março de 1931, era inaugurado o Campo do Montinho, mais perto do centro da Vila da Feira, com um jogo entre a seleção regional de Aveiro e o FC Porto e foi também nessa época que o Feirense passou a usar as camisolas azuis que ainda hoje orgulhosamente enverga.
 
Na época 45/46 chegou o primeiro troféu da sua história. O CD Feirense sagrou-se campeão do Campeonato de Promoção de Aveiro, quebrando o longo monopólio dos rivais do distrito. Dez anos mais tarde da conquista, o clube ascendia aos campeonatos nacionais, estreando-se na 3ª divisão com uma derrota por 4x0 em Avintes.
 
Apesar de ser novo no modelo competitivo, o clube cresce, rapidamente tornando-se num dos mais fortes contendedores da sua divisão. Em 1960/61 chega a tão ambicionada subida à 2ª Divisão zona norte, onde conseguiria a manutenção apenas na última jornada com uma miraculosa vitória em Peniche, festejada por adeptos que acompanharam a equipa e que com ela regressaram a casa em contínua celebração.
 
No ano seguinte e contra todas as expectativas, o Feirense superiorizava-se a rivais como Boavista e Sporting de Braga para vencer a zona norte da 2ª Divisão, conseguindo uma histórica primeira promoção à 1ª Divisão. 
 
Entre os grandes
 
A estreia dos «azuis» na divisão maior do futebol nacional decorreu num dos mais emblemáticos palcos do nosso futebol, com o Feirense a começar o seu tirocínio entre os grandes, no Estádio das Antas, perdendo por  3x1 com o FC Porto.
 
Ainda nessa mesma época, a 16 de Setembro de 1962,  foi inaugurado o Estádio Marcolino de Castro, aquela que se tornava a nova «fortaleza» da Feira. Contudo, não obstante as promessas dos primeiros jogos, a grande época de estreia no convívio com os grandes revelou-se um triste acumular de frustrações para os adeptos feirenses, com a equipa a apenas conseguir vencer 3 jogos (todos em casa), empatando mais um no Barreiro. Acabando apenas com 7 pontos, a uns impressionantes 10 pontos de distância do penúltimo classificado.
 
Os «azuis» da Feira tiveram que esperar algum tempo até verem a sua equipa voltar a defrontar os grandes do futebol português no seu estádio. 
Seria na época de 1976/77, que após vencer a zona centro da 2ª Divisão, o Feirense conseguiu a segunda ascensão à primeira divisão.
 
Mas novamente o Feirense mostrou-se muito “verde” para estas andanças, voltando a cair ao fim da época, repetindo o último lugar, somente com 12 pontos.
 
Doze épocas depois, em 1989/90, o Feirense voltou a ganhar a zona centro da 2ª Divisão, recuperando o direito de disputar à 1ª Divisão, e apesar de ter conseguido quase o dobro dos pontos que na última presença, e de ter obrigado um grande a perder pontos no Marcolino de Castro – empate com o Benfica 1x1 –  o Feirense voltou a ficar em último, sem conseguir novamente vencer um jogo fora de casa.
 
Anos de segunda
 
Em 1990/91 o Feirense chegou às meias-finais da Taça de Portugal depois de deixar pelo caminho os primodivisionários Tirsense e Vitória de Guimarães. Nas meias-finais empataram 1x1 em casa com o FC Porto, obrigando os dragões a um jogo de desempate nas Antas, onde os portuenses, fizeram valer a sua força e experiência, vencendo por 2x0, qualificando-se assim para grande final no Jamor onde venceriam o Beira-Mar.
 
Após uma má época na então recentemente formada Divisão de Honra o Feirense desce à «profundeza» da II Divisão B, de onde só se «libertou» na época 1993/94. Em 1998/99 voltava a descer de divisão, onde se manteve até atingir nova promoção em 2002/03.
 
A «estadia» na Segunda Liga correu sem grandes sobressaltos, mas não estando isenta de sustos, como em 2008, ano em que o Feirense só conseguiu a manutenção na reta final, ficando no 14º lugar.
 
Novo regresso
 
O «susto» alertou as consciências e o Feirense reforçou-se para atingir um 5º lugar na edição seguinte. Seguindo a mesma política o Feirense conseguiu o 3º lugar em 2010 e a promoção com um 2º lugar com os mesmos pontos que o 1º classificado em 2010, regressando novamente ao convívio dos grandes, pela mão de Quim Machado. 
 
No ano de mais um regresso, o Feirense começou a liga conquistando diversos empates e uma vitória em Olhão, a primeira vitória fora de sempre no primeiro escalão. Na quinta jornada, travaram o FC Porto, com um nulo. Os primeiros meses eram complicados, com o Feirense a ver-se obrigado a jogar em casa emprestada (Aveiro), enquanto decorriam obras no Marcolino de Castro. À quinta jornada o Feirense andava perto dos lugares europeus, mas com o passar das jornadas foi caindo lentamente na tabela. 
 
Na nona jornada chegou a primeira derrota em casa (0x2 com o Sporting) e a queda para lugares muito próximos da despromoção, confirmada com a derrota na jornada seguinte frente ao Beira-Mar, que deixou o Feirense no último lugar. 
 
Apesar de mais duas vitórias perto do fim da primeira volta, o Feirense entrou numa sequência de 13 jogos seguidos sem vencer, que lhe vaticinaram o futuro, acabando o campeonato em penúltimo lugar, um fraco consolo para quem tinha tão legítimas aspirações. 
 
Comentários (8)
Gostaria de comentar? Basta registar-se!
Motivo:
Ah
Zerozero
2017-04-22 02h30m por Ahly
Para quando novas actualizações nas historias dos clubes? E para quando novas histórias?
Lu
Algumas novos dados
2014-11-06 18h14m por LuisCDF
Em primeiro lugar parabéns ao autor pela iniciativa deste Historial do Feirense. No entanto, com o passar do tempo vai-se descobrindo novos dados e a História vai-se ajustando a esses novos dados. Assim, os primeiros jogos, particulares diga-se, do Feirense realizaram-se em 1924 e tiveram continuidade em 1925. A tal Assembleia Geral que elegeu Alcides Machado como primeiro presidente do clube foi em 30 de Dezembro de 1924. O nome do clube foi alterado entre 1925 e 1930 não se sabendo ao ...ler comentário completo »
SL
Força Feirense
2014-03-19 20h37m por SLBRumoDobradinha
Espero daqui uns anos ver-te de novo na 1ª divisao. . .
nu
Feirense
2013-03-20 00h27m por nuno93
Parabéns Feirense. . . melhores dias virão. Saudações Belenenses
Gi
Força Milheiroense
2013-03-19 22h52m por Ginho1973
Parabéns FEIRENSE.
pe
PARABENS
2013-03-19 21h14m por pedrobb
grande FEIRENSE orgulho da terra orgulho de uma regiao. Bem haja a toda familia FEIRENSE
ya
GRANDE FEIRENSE
2013-03-19 14h29m por yadlek2
Quero felicitar o FEIRENSE, pois foi o clube que me formou cerca de 7/8 anos, não só como jogador mas como pessoa e tenho grande carinho por este grande clube.
Entristece-me o momento actual do clube, pois gostaria de o ver na 1ª liga, lugar onde deveria estar.
PARABÉNS FEIRENSE E FORÇA!!!!!

iM
Feirense
2013-03-19 13h46m por iMidnight
Espero voltar a ver o clube da minha terra de novo na primeira divisão FORÇA FEIRENSE!
Tópicos Relacionados
Equipa