Playmaker - Estatísticas e curiosidades no momento certo

Error message here!

Error message here!

Esqueceu-se password?

Perdeu a password? Introduza o seu endereço de email. Irá receber um link para criar uma nova password.

Error message here!

Voltar ao login

África
entrevista
Caso de sucesso em Angola

Hugo Marques: Não serviu em Portugal e encontrou o sucesso em Angola

2013/12/25 14:31
Texto por Álvaro Gonçalves
E3

Diz-se que na época da colonização das Américas os índios contavam aos espanhóis a lenda do El Dorado, uma cidade que tinha tesouros em quantidades inimagináveis. Passando essa lenda para o século XXI e para o futebol, pode-se dizer que Angola é uma espécie de novo El Dorado no desporto-rei.

Os mercados financeiramente mais apetecíveis costumam ser os árabes, mas o futebol africano tem atraído atenções, fruto de um país que se encontra em franco desenvolvimento. Futebolisticamente, o ingresso de Rivaldo, ex-craque do Barcelona e do Brasil, no Kabuscorp em 2012 ajudou a abrir Angola ao mundo e a relação com Portugal, na qual existe a facilidade da língua, é cada vez mais próxima.

Há vários jogadores que têm deixado o futebol português para rumar ao angolano, mas tal facto não é só de agora, sendo que o mesmo acontece com treinadores. Exemplo disso é o facto de Bernardino Pedroto ser o técnico mais titulado em Angola.

Mas o futebol angolano não é só o El Dorado financeiro. Também tem servido para vários jogadores portugueses conquistarem o seu espaço em equipas de topo, depois de se terem cansado de esperar por oportunidades em Portugal. É o caso de Hugo Marques, guarda-redes do 1º Agosto, que entretanto se tornou internacional pela seleção de Angola desde que mudou de ares.

Hugo Marques ao lado de Rivaldo, de quem foi companheiro de equipa no Kabuscorp ©Arquivo pessoal do jogador
«Comecei no Varzim com nove anos, estive lá até aos 16 e depois fui para o FC Porto, onde estive nos juvenis, juniores e na equipa B. Treinava com alguma regularidade com a equipa principal, quando era orientada pelo José Mourinho e posteriormente pelo Victor Fernández, e cheguei a estar inscrito na Liga dos Campeões», contou o guardião, atualmente com 27 anos, em entrevista ao zerozero.pt.

«Quando saí do FC Porto tive uma passagem pelo União de Lamas e pelo Vila Meã, onde fui orientado pelo Aloísio, que me conhecia do FC Porto B, e assinei pelo Gil Vicente, tendo pelo meio sido emprestado ao Tirsense», continuou.

Hugo Marques esteve três temporadas no Gil Vicente e foi na segunda que teve a primeira possibilidade de se mudar para o futebol angolano. Na altura só o presidente António Fiúsa impediu a sua saída, atrasando por um ano a ida para Angola, pois em 2011, após continuar na condição de suplente no Gil Vicente, decidiu aceitar a proposta do Kabuscorp.

Em África recomeçou a carreira e até agora não houve momento em que tivesse sentido arrependimento por ter deixado para trás Portugal, onde volta sempre nas férias para conviver com os amigos e familiares.

«No primeiro ano fui vice-campeão pelo Kabuscorp e fui considerado o melhor guarda-redes de Angola», disse. As exibições abriram-lhe as portas da seleção, pois, apesar de ter nascido em Portugal beneficiou do facto de a mãe ser angolana. «Estreei-me pela seleção em 2011 contra o Congo e joguei o amigável contra o Sporting em Luanda. No início de 2012 fui à Taça das Nações Africanas sob o comando do Lito Vidigal», acrescentou.

Com a chegada de jogadores de fora, a competitividade do campeonato angolano tem aumentado de ano para ano e isso é algo que agrada ao guardião que, ainda assim, aplaude o facto de haver um limite de estrangeiros por equipa.

«Para o futebol angolano é bom que haja o ingresso de jogadores de outra qualidade, pois traz mais competitividade e outra motivação para todos. Além disso, a escolha dos clubes tem que ser criteriosa, pois cada equipa só pode ter cinco estrangeiros, sendo que apenas três podem jogar ao mesmo tempo. Por isso, a promoção dos jogadores angolanos, apesar de haver mais estrangeiros, não está em causa».

Hugo Marques, Cláudio Borges e Osório Carvalho decidiram abrir um negócio em Angola ©Facebook de Hugo Marques
Futuro passa por Angola, onde investe num negócio com dois jogadores rivais

Após dois anos no Kabuscorp e um no 1º de Agosto, o guarda-redes de 27 anos não pensa em mudar. Tem mais um ano de contrato com o 1º de Agosto e o objetivo passa por acertar a renovação. Por isso, deixar Angola não é algo que esteja nos planos e por essa razão é que já decidiu investir no país, juntamente com dois jogadores amigos do Petro de Luanda.

Hugo Marques, do 1º de Agosto, Cláudio Borges e Osório Carvalho, ambos do Petro de Luanda, nasceram em Portugal, têm a nacionalidade angolana e jogam em clubes rivais, mas isso não impediu que o trio tenha formado uma sociedade para em breve abrir um Restaurante-Pastelaria no centro de Luanda.

De referir que a ligação entre dois dos três sócios é curiosa. Hugo Marques e Cláudio Borges nasceram na mesma localidade, Fão-Esposende, jogaram juntos no Kabuscorp e o primeiro golo de Cláudio no Girabola foi precisamente contra o guarda-redes de quem agora é sócio, tendo tal acontecido na última temporada, quando o Petro de Luanda venceu o 1º de Agosto por 2x0.

Angola
Hugo Marques
NomeHugo Miguel Barreto Henriques Marques
Nascimento1986-01-15(33 anos)
Nacionalidade
Angola
Angola
Dupla Nacionalidade
Portugal
Portugal
PosiçãoGuarda Redes
Fotografias(3)
Comentários (2)
Gostaria de comentar? Basta registar-se!
motivo:
RA
Hugo Marques
2013-12-25 22h30m por RAMR
É um GR com qualidade
VD
Hugo Marques
2013-12-25 14h36m por vdef
Mais um português (e angolano) com sucesso além-fronteiras!
Tópicos Relacionados
APOSTAS EM DESTAQUE
Bónus 100%
Ainda não tem conta do Casino Portugal?! Registe-se, faça um depósito e receba 100% até 100€ do valor da primeira aposta.
CONSULTE AQUI AS CONDIÇÕES
Faça a sua aposta:
Odd acumulada:
Ganhar
OUTRAS NOTÍCIAS
Benfica
Benfica quer 15 milhões pelo avançado
Santiago Baños, presidente do Club América confirmou, esta quarta-feira, à Radio Claro Marca, que Nicolás Castillo deixou de ser opção depois de já ...
ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
gvg177 17-01-2019, 11:35
gvg177 17-01-2019, 11:30
gvg177 17-01-2019, 11:27
gvg177 17-01-2019, 11:27
gvg177 17-01-2019, 11:19
gvg177 17-01-2019, 11:12
ZZTUGA 17-01-2019, 11:11
AN
angelothetruth 17-01-2019, 11:10
gvg177 17-01-2019, 11:10
gvg177 17-01-2019, 11:06
ZZTUGA 17-01-2019, 11:05
gvg177 17-01-2019, 11:03
gvg177 17-01-2019, 11:01
AiOGajo 17-01-2019, 10:59
FCPorto_8916 17-01-2019, 10:54
TI
tiagoslb10 17-01-2019, 10:52