Segue o facebook do zerozero.pt. Notícias, Vídeos e Fotografias na sua rede social.

Error message here!

Error message here!

Esqueceu-se password?

Perdeu a password? Introduza o seu endereço de email. Irá receber um link para criar uma nova password.

Error message here!

Voltar ao login

JuventusItália
ItáliaBologna
ChavesPortugal
PortugalBenfica
FC PortoPortugal
PortugalTondela
Sporting
Antigo líder da Comissão de Gestão em entrevista

Torres Pereira: dos jogadores que merecem elogios aos que recebem críticas

2018/09/12 10:14
Texto por Redação
E1

A Comissão de Gestão que guiou os destinos do Sporting no momento mais conturbado da história do clube, até Frederico Varandas ter ganho a corrida para se tornar no 43º presidente, desempenhou um papel fundamental na reorganização e restruturação de uma instituição quase destruída internamente. Esse mesmo orgão foi liderado por Artur Torres Pereira, dirigente que, em longa entrevista ao jornal A Bola, falou sobre tudo o que se sucedeu em Alvalade nos últimos meses.

Bas Dost optou pelo regresso ©Sporting CP
Quando questionado sobre o regresso de Bas Dost, Battaglia e Bruno Fernandes, Torres Pereira admitiu que, no caso do holandês, desempenhou um «papel» importante no processo.

«O Bruno Fernandes teve um comportamento exemplar. Foi o primeiro a regressar e foi muito importante. O mais difícil talvez tenha sido o Bas Dost e eu tive um papel nessa matéria. Tivemos uma reunião com os empresários, quando entrámos, mas eles dissera-nos que o Bas Dost nunca mais voltaria a Portugal. Pedi-lhes para nos deixarem falar com o Bas Dost, olhos nos olhos, para lhe explicar que a situação tinha mudado. Depois de muitas insistências o empresário lá disse que iria tentar colocar a questão ao jogador, mas depois telefonou-me à noite a dizer que nem pensar, que era página virada», admitiu o ex-dirigente, revelando que, após uma longa e sincera conversa, o holandês decidiu voltar a Alvalade.

Os da casa que não voltaram

Em relação aos outros jogadores que rescindiram contrato, o ex-vice-presidente de Bruno de Carvalho (abandonou o cargo em 2017), foi direto, e deixou imensas críticas aos representantes de Rafael Leão.

«Tentámos os outros. Rafael Leão... Infelizmente, a ganância do dinheiro por parte de empresários, tios, familiares...», disse, revelando de seguida: «O pai, o tio, o empresário... Foi uma coisa... O rapaz queria vir para o Sporting. A cupidez e a ganância dessa gente leva-os a passar por cima de tudo e de todos e sobretudo destes rapazes que depois não têm força de dizer e não reagir. Isto para dizer que a vinda desses jogadores foi muito importante. A partir daí as coisas estabilizaram».

Rafael Leão
Sporting
2017/2018
5 Jogos  134 Minutos
2   0   0   02x

ver mais »
William, Patrício e Gelson Martins não regressaram e, ao invés, chegaram reforços estrangeiros. Torres Pereira não arranja «explicação» para tal, mas fala do que aconteceu no desenrolar dos processos.

«Não posso dar explicação para isso. Sei que no caso do William ele fez os possíveis para que, apesar de tudo, pudéssemos negociar com o Bétis e chegar a um entendimento, o próprio Patrício com o Wolverhampton também conseguiu, mas depois por questões de última hora não aconteceu...», afirmou, fazendo alusão às mesmas «exigências» que retardaram a mudança de Adrien para o Leicester. No caso de Gelson Martins, o Atlético de Madrid não demonstrou disponibilidade para negociar uma transferência com o Sporting.

Por fim, e já depois de ter elogiado a postura de Bruno Fernandes, médio que decidiu regressar «ao fim de uns dias» e «sem exigências», Torres Pereira falou ainda do caso de Battaglia.

«Foi mais problemático porque justamente os empresários se envolveram para lá do que deviam, dificultando a resolução da situação. Mas resolveu-se», afirmou, mostrando-se preocupado com a situação de Rafael Leão: «Se não tivesse sido o pai e o tio do Rafael Leão ele também tinha voltado ao Sporting, tinha feito uma grande carreira, carreira essa que nós infelizmente suspeitamos que ele vá destruir ou pelo menos estragar por via destes comportamentos», atirou.

Argentina
Rodrigo Battaglia
NomeRodrigo Andrés Battaglia
Nascimento1991-07-12(27 anos)
Nacionalidade
Argentina
Argentina
Dupla Nacionalidade
Itália
Itália
PosiçãoMédio (Médio Defensivo)
Fotografias(100)
Sporting x Karabakh - Europa League 2018/2019 - Fase de Grupos Grupo E
Sporting x Karabakh - Europa League 2018/2019 - Fase de Grupos Grupo E
Comentários (1)
Gostaria de comentar? Basta registar-se!
motivo:
Rafael Leão
2018-09-12 19h06m por Briguel
Não adianta chorar sobre leite derramado e pensar naquilo que o jogador poderia vir a ser. Terá certamente a hipótese de uma explosão na carreira a todo o momento, uma vez que é inegável a qualidade e o potencial que possui, mas não creio que seja no Lille OSC. . .
APOSTAS EM DESTAQUE
1Escolha quanto quer apostar
Aposto
2Escolha suas apostas
OUTRAS NOTÍCIAS
Moçambola
Golos regressam ao Moçambola na jornada 26
O Maxaquene, que está a fazer um bom campeonato, foi vulgarizado no santuário do 25 de Junho, pelo Sporting de Nampula (4x2). Este último, que ocupa a última ...
ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
NSDAP 25-09-2018, 14:56
gprof 25-09-2018, 14:55
jpar 25-09-2018, 14:54
BL
blackmen004 25-09-2018, 14:40
AcaroInformatico 25-09-2018, 14:34
AcaroInformatico 25-09-2018, 14:32
AcaroInformatico 25-09-2018, 14:26
mulscp 25-09-2018, 14:26
AcaroInformatico 25-09-2018, 14:20
AcaroInformatico 25-09-2018, 14:18
Dfg_77 25-09-2018, 14:16
miguelcunha97 25-09-2018, 14:13
fabiopereirascp 25-09-2018, 14:13
fabiopereirascp 25-09-2018, 14:12
miguelcunha97 25-09-2018, 14:04
mgp21 25-09-2018, 14:02