Playmaker - Estatísticas e curiosidades no momento certo

Error message here!

Error message here!

Esqueceu-se password?

Perdeu a password? Introduza o seu endereço de email. Irá receber um link para criar uma nova password.

Error message here!

Voltar ao login

BenficaPortugal
AlemanhaBayern München
ValenciaEspanha
ItáliaJuventus
SportingPortugal
AzerbaijãoKarabakh
X
Liga Portuguesa
Análise Tática
Análise à equipa de Daniel Ramos

Ambição numa nova era

2018/09/12 10:04
Texto por Jorge Ferreira Fernandes
E1

Igualar um sexto lugar conquistado de uma forma meritória não é para qualquer um, mas esta nova versão do Desportivo de Chaves quer continuar a fazer do regresso ao convívio dos grandes uma verdadeira festa. Agora, com Daniel Ramos, a intenção é solidificar o crescimento. 

O lugar ao sol na Liga NOS não se afigura tarefa fácil, mas as primeiras jornadas revelam um coletivo com novas ideias e a aproveitar ainda o bom trabalho da época passada. Matheus Pereira não tem substituto à altura, mas o coletivo tem respondido bem ao menor fulgor individual. 

Naturalidade em campo

Apesar de ter mudado uma ou outra peça, este Desportivo de Chaves continua com a mesma base que conseguiu o sexto lugar em 2017/2018. Daniel Ramos não procura um futebol de posse como Luís Castro, mas, e tendo como termo de comparação a aventura madeirense do técnico flaviense, esta parece ser uma formação mais virada para o momento atacante. 

Na baliza, Ricardo continua a ser o dono das redes, estando agora Marcão a ocupar o lugar que foi de Domingos Duarte ao lado do comandante Maras, cada vez mais o líder da linha defensiva. Paulinho e Djavan são dois laterais que dão garantias no processo ofensivo, e a equipa flaviense já criou muitos problemas, neste início de época, aos adversários com as acelerações dos seus laterais. 

Eustáquio é cada vez mais importante a meio-campo... ©Vítor Parente / Kapta+

Apesar de não ter o mesmo jogo de posse que o identificou durante quase toda a temporada passada, este Desportivo de Chaves continua com preocupação de tratar bem o esférico a meio. Se Bruno Gallo tem sido destaque pela qualidade que dá na primeira fase de construção, Eustáquio revela-se como uma certeza...em todas as fases preparatórias do jogo atacante, ficando guardado para Bressan o papel de definir no último terço, em passe ou meia distância. 

Na linha da frente, Avto e Perdigão têm surgido bem em velocidade e em transição pelas alas, mas a definição continua a não ser a melhor. William trabalha muito e, depois de uma boa época transata, o possante avançado tem, agora, outras características para poder ser ameaça de costas para a baliza e na zona de perigo. Há vida sem Matheus e Luís Castro, portanto...

Ponto Forte
Qualidade a meio

Com Bressan, João Teixeira, Bruno Gallo e, sobretudo, Eustáquio, o Desportivo de Chaves constitui-se como uma das formações mais bem apetrechadas a nível de meio-campo na Liga Portuguesa. Há talento, visão de jogo e qualidade técnica para criar muitos problemas aos adversários. 

Ponto Fraco
Falta de soluções atacantes

Apesar da presença da referência William estar em bom momento, este Desportivo de Chaves não tem, ainda, um número interessante de soluções ofensivas que lhe permita criar muitos desequilíbrios aos adversários. Os titulares das alas, Avto e Perdigão, não mostraram consistência ao mais alto nível...

História
Valentes Transmontanos
Cliente da Primeira divisão durante as décadas de 80 e 90, o Chaves regressou ao convívio dos grandes há apenas duas épocas. O retorno tem sido marcado pelos bons resultados e por exibições agradáveis, estando 2018/2019 a ser preparado depois da melhor pontuação de sempre do clube, conseguida com a equipa técnica de Luís Castro. 
A Estrela
Renan Bressan
Em Portugal há quatro temporadas, Renan Bressan é um dos melhores médios da classe média da Liga NOS. Alia capacidade técnica, visão de jogo e inteligência, sendo forte na meia distância e nas bolas paradas. Não sendo um fenómeno, é uma mais-valia clara para a formação flaviense. 
O Técnico
Herança pesada
À entrada para a nova temporada, Daniel Ramos trabalha este Desportivo de Chaves com uma herança muito pesada pelo meio. Se a do técnico, construída na Madeira, já é forte, a do clube, que acabou de vir da melhor época na Primeira Liga, é também desafio suficientemente aliciante. Mais um desafio para o técnico de 47 anos. 
Comentários (1)
Gostaria de comentar? Basta registar-se!
motivo:
CH
zerozero - correcção
2018-09-12 11h05m por chavesbra
Vocês dizem "conseguiu o inédito sexto lugar em 2017/2018".

O Chaves é bem maior do que vocês querem fazer querer. .
vejam a vc própria página.
em 85/86 no ano em que subiu teve um 6. º lugar no ano seguinte e em 89/90 teve 5. º

http://www. zerozero.pt/team_competition. php?op=r&id_equipa=20&id_comp= 3

CLASSIFICAÇÕES
Mel hor Posição 5. ª Posição - 1989/90, 1986/87
Agradecimento
hm por zerozero.pt
Muito obrigado. A notícia foi alterada com base no comentário acima.
OUTRAS NOTÍCIAS
Oficial
O Desportivo das Aves anunciou a contratação de Sunday Alimi. O extremo que completará 19 anos no próximo mês, chega por empréstimo com opção de ...
ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
moreno07 19-09-2018, 18:31
ZZTUGA 19-09-2018, 18:31
ZZTUGA 19-09-2018, 18:29
VI
vivofutbol 19-09-2018, 18:21
Tarik10 19-09-2018, 18:17
j-f-uite 19-09-2018, 18:12
SO
sofintas 19-09-2018, 18:12
SO
sofintas 19-09-2018, 18:11
SO
sofintas 19-09-2018, 17:59
Dfg_77 19-09-2018, 17:46
Arshavin_El_10 19-09-2018, 17:45
SO
sofintas 19-09-2018, 17:38
SO
sofintas 19-09-2018, 17:34
SPECIAL-JUAN 19-09-2018, 17:32
Arshavin_El_10 19-09-2018, 17:29
SPECIAL-JUAN 19-09-2018, 17:28