Error message here!

Error message here!

Esqueceu-se password?

Perdeu a password? Introduza o seu endereço de email. Irá receber um link para criar uma nova password.

Error message here!

Voltar ao login

MonacoFrança
PortugalFC Porto
SportingPortugal
EspanhaBarcelona
FC BaselSuíça
PortugalBenfica
Liga dos Campeões
Análise Tática
Análise à equipa de Senol Günes

Vertigem, falhas defensivas, vertigem, outra vez...

2017/09/13 15:16
Texto por Rodrigo Coimbra com Jorge Ferreira Fernandes
E0
© Getty / Maurizio Lagana

O Besiktas está, novamente, no caminho de equipas portuguesas na Liga dos Campeões. Depois de, na época passada, ter obrigado o Benfica a suar muito - os encarnados, apesar da passagem, não venceram nenhum dos dois jogos diante do campeão turco -, a equipa de Pepe e Ricardo Quaresma procura a passagem aos oitavos-de-final, num grupo onde tudo pode acontecer. 

Mesmo sem Aboubakar - o avançado camaronês tem sido uma das figuras do...FC Porto - o bicampeão turco traz artilharia pesada para abater um Dragão invicto. 

Hutchinson liberta artilharia

O Besiktas é uma equipa virada para a frente. Senol Günes tem uma série de soluções que lhe permitem gerir o plantel com relativa tranquilidade. Hutchinson, nesse aspecto, é um elemento fundamental. É ele quem liga a organização defensiva à vertigem ofensiva. Com um grande poder físico, o jogador tem a responsabilidade de dar liberdade aos artistas da equipa, protegendo o coletivo quando este se apanha em contra-pé. 

Talisca, a jogar numa posição de número 10, é outra unidade indispensável para o técnico. O brasileiro, num jogo mais rápido e de transição, tem mostrado, ao longo destes meses, as suas principais qualidades: qualidade de passe, meia-distância e apetência assinalável pelo golo. Aboubakar já não mora, mas o antigo jogador do Benfica tem em Negredo outro dianteiro para fazer um bom casamento dentro de campo. 

Para lá do poder do avançado espanhol - nunca esquecer o poderoso Tosun, melhor marcador da equipa na temporada transata (24 golos) -, este Besiktas vive muito do poder dos extremos. Babel, mesmo já longe da forma de outros tempo, é, nos dias de hoje, um jogador mais consistente e inteligente (com e sem bola). Mas a grande estrela da equipa é mesmo Ricardo Quaresma, a jogar preferencialmente pelo lado direito do ataque. O extremo português dá fantasia, criatividade e capacidade nas assistências que nenhum outro jogador turco consegue dar. Boa parte dos desequilíbrios saem dos pés do Harry Potter. O Porto, mais do que ninguém, está avisado. 

Soluções credíveis no plantel de Günes

Na baliza, o espanhol Fabri é indiscutível nas escolhas de Günes, destacando-se pela sua agilidade entre os postes. Zengin e Yuvakuran são as alternativas.

Na defesa, a saída de Andreas Beck criou um problema à direita, sobretudo depois da lesão de Gönul. Adriano pode fazer a posição e faz valer muito a sua apetência ofensiva. No lado esquerdo, Erkin não compromete.

No eixo, o gigante Pepe compensa a instabilidade de Tosic, que foi expulso no último jogo do campeonato. Mitrovic e Nukan são dois jovens que vão jogando a espaços.

No miolo, as soluções são interessantes. O canadiano Hutchinson e o turco Ozyakup libertam Talisca das missões defensivas e o brasileiro pode brilhar no apoio ao ponta de lança. Os dois pivôs defensivos não complicam na organização e na ligação entre setores. Arslan e e Gary Medel oferecem boas soluções ao treinador do Besiktas.

No ataque, Ricardo Quaresma dispensa apresentações, pois todos lhe reconhecem a magia, enquanto Ryan Babel desequilibra muito nos corredores, rompendo com muita facilidade para o meio. Jeremain Lens tem sido também uma aposta regular.

Na frente, Tosun discute o lugar com Negredo. São dois avançados muito possantes e com excelente relação com as balizas contrárias.

U Quarta, 13 Setembro 2017 - 19:45
Estádio do Dragão
Anthony Taylor
1-3
Anderson Talisca 13'
Dusko Tosic 21' (p.b.)
Cenk Tosun 28'
Ryan Babel 86'
Estádio do Dragão
Lotação50 033
Medidas105 x 68 m
Inauguração2003
FaseFase de Grupos
GrupoGrupo G
Ponto Forte
Poder ofensivo

Qualidade no ataque

Há muitas e boas soluções no ataque, capazes de tirar partido de uma situação de contra-ataque. O jogo exterior é um dos pontos mais fortes desta equipa de Senol, vocacionada muito para o ataque, e as armas são de qualidade. Destaque também para as bolas paradas, onde Talisca assume posição de relevo.

Ponto Fraco
Problema lateral

Problema à direita

Gökhan  Gönül continua a recuperar de lesão e Adriano, habitual lateral esquerdo mas que também pode alinhar na outra faixa da defesa, ainda não está a 100%. Um problema à direita que pode dar uma grande dor de cabeça a Senol Günes para o encontro com o FC Porto.

Besiktas
2017/2018
5J
3V
1E
1D
8-5G
Calendário
História
À procura do tri
Depois do título em 2015/2016, o Besiktas encarou a temporada transata com outra disponibilidade para brilhar no futebol europeu. Num grupo com Benfica, Dynamo Kiev e Nápoles, os turcos causaram sensação, principalmente depois do empate a três bolas com o Benfica. A nível doméstico, o campeonato não fugiu.

Veja a história completa do clube
A Estrela
Ricardo Quaresma
Com 33 anos, o extremo português está numa fase de maturação da sua carreira. O talento está lá desde sempre, mas a idade deu ao internacional português um maior conhecimento e experiência do jogo. Ainda assim, as maldades e a irreverência prometem elevar o nível da sua equipa. 
O Técnico
Senol Günes
Conhecedor do futebol turco como poucos, Senol Günes, com 65 anos, procura o terceiro campeonato consecutivo com o Besiktas. Depois do percurso europeu na época passada, o técnico turco quer um Besktas ainda mais pujante na Champions, apesar da saída importante de Aboubakar. 
Fotografias(31)
Champions League: FC Porto x Besiktas
Champions League: FC Porto x Besiktas
Sondagem
RESULTADO SONDAGEM
FC PORTO
EMPATE
BESIKTAS
Comentários (0)
Gostaria de comentar? Basta registar-se!
motivo:
EAinda não foram registados comentários...
OUTRAS NOTÍCIAS
Liga Portuguesa
Destaque
Braga recupera e conquista três pontos em Tondela
​O jogo dificilmente poderia ter começado da pior maneira para o Tondela. Ou melhor. Da pior maneira para Fahd Moufi. O lateral marroquino, em estreia absoluta na equipa de Pepa, recebeu ...
ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
Arshavin_10 24-09-2017, 20:18
FinalFantasy 24-09-2017, 20:11
arcoo96 24-09-2017, 20:09
caestoueu 24-09-2017, 20:09
TA
TartarugaGenial 24-09-2017, 20:08
TheFCPorto 24-09-2017, 20:06
mais_uma_oprtunidade 24-09-2017, 20:03
4lfredo 24-09-2017, 20:01
PlanetaVerde 24-09-2017, 19:58
dragaopausado 24-09-2017, 19:55
LP
lpfcp 24-09-2017, 19:55
edmur_ribeiro 24-09-2017, 19:50
SA
Saraiva313 24-09-2017, 19:50
mais_uma_oprtunidade 24-09-2017, 19:49
fabiopereirascp 24-09-2017, 19:48
LaFlame__BITW 24-09-2017, 19:48