Error message here!

Error message here!

Esqueceu-se password?

Perdeu a password? Introduza o seu endereço de email. Irá receber um link para criar uma nova password.

Error message here!

Voltar ao login

Desp. AvesPortugal
PortugalFC Porto
Paços FerreiraPortugal
PortugalSporting
BenficaPortugal
PortugalV. Setúbal
A preto e branco
Luís Cirilo Carvalho
2017/11/07 14:32
E4
"A Preto e Branco” é uma coluna de opinião que procurará reflectir sobre o futebol português em todas as suas vertentes, de uma forma frontal e sem tibiezas nem equívocos, traduzindo o pensamento em liberdade do seu autor sobre todas as questões que se proponha abordar.

A propósito da agora anunciada reforma de Andrea Pirlo, um “rei” sem coroa que durante duas décadas encantou o mundo do futebol mas nunca foi coroado com uma “Bola de Ouro”, proporciona-se uma reflexão sobre essa questão do "Melhor".

Quem é o “Melhor” do mundo na actualidade e quem é o “Melhor” de todos os tempos.

É uma discussão, aliás, que, tendo o seu epicentro no futebol, está muito longe de nele se esgotar porque todas as modalidades desportivas geram paixões,umas mais que outras, todas elas criam ídolos, uns mais que outros, e por isso são discussões infindáveis mas que contribuem para aumentar a magia do Desporto com “D” grande.

Devo dizer que são assuntos em que tenho muita dificuldade em ter opiniões definitivas.

Porque muitas vezes compara-se o incomparável.

Porque com que base se pode dizer que Usain Bolt ou Carl Lewis foram melhores que Jesse Owens?

Outros métodos de treino, outro tipo de calçado, outras formas de cronometragem, pistas com pisos totalmente diferentes.

Ou dizer que Michael Phelps foi melhor que Mark Spitz quando tudo é diferente na natação do século XXI relativamente aos anos 70?

Dos métodos de treino, ao estilo em que nadam, passando pelos próprios calções com que nadam.

Ou assegurar que Michael Schumacher ou Sebastien Vettel foram melhores que Ayrton Senna ou Juan Manuel Fangio quando na Fórmula 1 a evolução técnica de motores, chassis, pneumáticos, aerodinâmica, pistas é anual e tremendamente evolutiva?

O mesmo se aplica ao futebol. Especialmente ao futebol está claro.

Em que a polémica é intensa e arregimenta partidários acérrimos de cada nome.

É comum dizer-se que Pelé foi o melhor futebolista de sempre.

Mas há quem defenda que foi Maradona e outros apontam Di Stéfano como o melhor entre os melhores de todos os tempos.

Assim como existem partidários de Eusébio, de Garrincha, de Kubala, de Cruyff ou Stanley Matthews.

Entre outros nomes menos populares como o atrás referido Andrea Pirlo, que não foi,seguramente, o “Melhor”, mas foi certamente dos melhores do seu tempo.

Até Ronaldo e Messi, os melhores da actualidade, sonham em sentar-se nesse trono do “Melhor” de sempre.

Não sei.

Nem me parece possível fazer uma opção definitiva do género de escolher o "Melhor".

Porque são jogadores diferentes, de tempos muito diferentes e é injusto compará-los face a todas essas diferenças.

Do tempo de Di Stéfano ao tempo de Ronaldo tanta coisa mudou.

Métodos de treino, hábitos alimentares, conceitos de profissionalismo, medicina desportiva, qualidade dos relvados, peso e perfeição das bolas,qualidade das chuteiras, confecção dos equipamentos, gestão de carreiras em termos desportivos.

E a televisão.

Que nos mostra todos os dias as grandes jogadas e os grandes golos dos grandes jogadores, mas quase nunca nos mostrou os grandes do passado, ou, se mostrou, foi apenas em momentos como os Mundiais ou Europeus e mesmo assim em “doses” muito inferiores às de hoje.

Por isso nunca optarei por dizer que este ou aquele foram ou são os melhores do mundo.

Digo, isso sim, que tive o privilégio de ao longo dos anos ter visto jogar, ao vivo (porque na televisão vi-os todos) Pelé, Eusébio, Cristiano Ronaldo, Messi, Van Basten, Gullit, Ronaldinho, Baresi, entre outros.

E o enorme pesar de Maradona, Cruyff, Beckenbauer, Ronaldo, entre tantos outros apenas na televisão.

Mas, sem prejuízo de uma enorme admiração pelos dois “monstros” actuais - Cristiano Ronaldo e Messi -, terei sempre nas minhas memórias um espaço muito especial para Pelé e Eusébio.

Pelé vi-o ao vivo apenas uma vez num Portugal - Brasil disputado no Estádio das Antas em meados dos anos sessenta.

Eusébio muito mais vezes ao serviço do Benfica .

E de uma coisa tenho a certeza embora nunca o possa provar.

Os dois, se tivessem agora 20 anos e com o que o futebol é hoje em termos da evolução atrás referida, seriam inigualáveis fosse por quem fosse.

E levariam o futebol a uma dimensão qualitativa verdadeiramente impensável.



Comentários (4)
Gostaria de comentar? Basta registar-se!
Motivo:
Ta
Esqueci
2017-11-09 13h51m por Tarik10
Nunca vi jogar mas são mais do que muitos os que me dizem que o melhor que viram jogar foi António Oliveira.
Nunca ninguém o inclui nestas discussões porque. . . Nem é preciso dizer.
Ta
Preferência
2017-11-09 13h47m por Tarik10
Vai da preferência de cada um. Uma pessoa pode apreciar mais o futebol físico do Cristiano ou o mais técnico de Messi ( para dar dois exemplos actuais )

Cada qual tem a sua ideia do jogador ideal por isso é uma discussão sem muito sentido.

Para mim o melhor anda entre Messi e Ronaldinho mas é impossível esquecer Zidane, Deco, Romário, Ronaldo fenômeno, Maradona, Henry é muitos outros.

Adorava também Bergkamp.
Falei de médios e avançado...ler comentário completo »
Jo
Como?
2017-11-08 13h40m por Josec78
Como é que, segundo a opinião do autor do texto, são todos jogadores incomparáveis e, no entanto, os tais Pelé e Eusébio, se tivessem 20 anos de idade hoje em dia, seriam melhores do que os outros ?
Se tudo mudou tanto, será que iriam aguentar a pressão (do dinheiro e dos media) ? É só uma pergunta. Eu acho que não são comparáveis, logo não digo que o Cristiano Ronaldo seria um bom jogador à 60 anos (podia até querer dedicar-se à pesca e não ao futebol, que não tinha tanta visib...ler comentário completo »
PE
Opiniões Valem o que valem!
2017-11-07 16h30m por PERAMANCA
Claro que não se pode comparar épocas por tudo o que disse e mais algumas coisas , agora sim podemos debater o que fez jogador A B ou C dentro de um campo de futebol o que ele aportava para a equipa , a influencia que tinha no jogo da equipa? Tambem já vejo futebol há muitos anos e sinceramente o que faz Messi dentro de um campo de futebol não existe nunca vi nada igual!
Se tu queres um matador? Chamamos o Van basten, Romario, Ronaldo fenómeno , Pele, Muller, Eusebio, Di Stefano, Batis...ler comentário completo »
OPINIÕES DO MESMO AUTOR
Amanhã pode ser o início de um processo de mudança no nosso futebol, com a reunião do denominado G-15 no Porto, mas também pode não passar de uma ...
20-11-2017 22:26E7
Ao mesmo tempo que a selecção nacional AA prepara a sua participação no Mundial da Rússia, realizando dois jogos particulares também de cariz ...
13-11-2017 13:19E1
Periodicamente, já todos o sabemos, o futebol vai introduzindo nas suas regras e regulamentos algumas novidades que visam melhorar a qualidade do espectáculo mas também ...
28-10-2017 15:51
Opinião
O meu mundo aos quadrados
José Pedro Pais
A preto e branco
Luís Cirilo Carvalho
Na Minha Secreta Área
Luís Rocha Rodrigues
A preto e branco
Luís Cirilo Carvalho
Visão de jogo
Pedro Silva
Futebol Total
Nelson Diogo Duarte