Playmaker - by zerozero.pt, maior base de dados do mundo de Futebol

Error message here!

Error message here!

Esqueceu-se password?

Perdeu a password? Introduza o seu endereço de email. Irá receber um link para criar uma nova password.

Error message here!

Voltar ao login

Vénia ao 3º Anel
Filipe Inglês
2019/01/08 19:20
E8
"Vénia ao 3° Anel" é a visão de um Benfiquista profundamente apaixonado pelo ideal do seu clube, mas por isso exigente e racional com quem momentaneamente o representa. A águia tem sempre que voar alto

O jornalista Francês Laurent Moisset escreveu em 1991 um artigo para a France Football sobre o Benfica. E algures no texto disse algo que nunca mais me esqueci: "O Benfica é eterno. Eles não conhecem fenómenos de erosão que possam fazer perigar as suas fundações mais seguras. Eles sabem sempre renovar a sua imagem. O Benfica é uma lenda.".

Palavras bonitas, elogiosas, mas que estavam a apenas 3 anos de serem completamente desmanteladas. Porque existe na história do meu clube um pré-1994 e um pós-1994. Até esse fatídico ano o clube era de facto uma lenda. Nunca tinha estado mais de 4 anos sem ser campeão e possuía tantos títulos como os outros clubes Portugueses juntos. Era a mais incrível história de sucesso em Portugal, uma entidade suprema alicerçada em gigantes como Cosme Damião, Eusébio, Borges Coutinho ou Chalana, que pairava sobre o país e além-fronteiras como a prova que uma frente popular, mesmo que de origens humildes, pode atingir todos os objectivos a que se propõe. E assim o foi durante tantos anos que até jornalistas franceses concordavam que era um gigante impossível de derrubar. A sua imagem e as suas fundações seriam impossíveis de erodir. Certo? Como tudo mudou. Culpa de Pinto da Costa, de um desinvestimento económico desajustado nos anos 80, de Manuel Damásio, de Artur Jorge, de Vale e Azevedo, dos Benfiquistas? Pais para a crise há muitos, vítimas também: todos os Benfiquistas que passaram a viver um clube menor. Um clube que perdeu a mística e que anda há 25 anos a tentar regressar à “eternidade” prometida pelo jornalista Francês. Por momentos já lá tem voltado, mas é uma jovem cria que vai caindo do ninho e demora a subir novamente a escada da Glória. Não chega. A “eternidade” não é isto.

Olhando para o futuro, qual a solução? Primeiro que tudo: exigência. Ter noção que a geração actual de Benfiquistas é a fiel herdeira de uma “lenda” e que essa luz não se pode evaporar. Aprecio o quanto o clube melhorou nos últimos anos em diversos sectores, mas revolta-me o comodismo de quem diz que já está tudo bem. Não está. E a quem achar que está, vou ter que sacar da estatística assustadora: nos últimos 25 anos a contagem de campeonatos entre Benfica e FCPorto passou de 30-13 para 36-28 (já a caminho dos 29? Rezemos que não). Depois é preciso racionalidade. Nenhum clube tem uma dádiva garantida de sucesso. Ganha quem é melhor, quem está mais preparado. E o clube precisa de perceber e entender melhor o futebol. De saber contratar melhor, mesmo que mantenha a aposta nas camadas jovens. De se focar no relvado e não tanto em projectos paralelos, que por mais importantes que sejam, serão sempre isso: paralelos. De comunicar melhor e quebrar a barreira que existe com os adeptos (e não clientes, senhores responsáveis pelo departamento de marketing...), de nos tratarem como se houvesse um “nós cá dentro” e um “vocês aí fora”. E finalmente a mística. Essa tal de mística. Uma palavra que, tal como a saudade, todos sentem mas que é tão difícil de explicar. Será qualidade? Sucesso? Sabedoria? Identificação com o clube? Um pouco de tudo? Também não serei eu a decifrar esse enigma Glorioso, mas afirmo que o clube precisa mais dessa poção mágica.

A boa notícia é que o regresso ao paraíso já esteve mais distante, e nem tudo precisa de ser construído. Falta muito, mas já não falta tudo. Tal como o tetra provou, a “eternidade” já não está a uma eterna distância. Falta crescer, melhorar, exigir, nunca desistir. Porque o Benfica é uma lenda.



Comentários (8)
Gostaria de comentar? Basta registar-se!
motivo:
Bom. . .
2019-01-09 02h56m por MiguelRodriguesSCP
Como sócio completamente apaixonado por um clube que no futebol pouco ou nada ganha, digo-te que a eternidade nada tem haver com títulos, o Sporting deve ter deixado cair a mística nos anos 60, depois disso lá vai ganhando a espaços cada vez mais largos. 74, 80, 82, 2000, 2002. . . ???? O que é certo é que o número de sócios aumentou nos últimos anos e que nunca ninguém retira o Sporting de candidato ao título, isto é ser eterno, não ganhar nada e haver consideração, é “triste” mas é ...ler comentário completo »
FR
Correção
2019-01-09 01h30m por Fragha
""para boi dormir"
FR
Bem-vindo
2019-01-09 01h29m por Fragha
Soube a pouco, mas gostei do que li.

Grande como o Benfica é, há (sempre houve) duas fações antagónicas: os que estão sempre insatisfeitos (os "exigentes" do 3. º Anel) e os que acham que criticar o Benfica é ir contra o Clube.
Eu gosto de me posicionar ao centro. Não sou dos que levo lenços brancos nem assobios para as bancadas (e nunca o farei), nem tão pouco sou daqueles que dou armas aos inimigos (adversários eram dantes, hoje são inimigos que querem aniquilar o ...ler comentário completo »
MJ
Uiui
2019-01-08 23h55m por Mjcorona7
Tirem o eusebio ao Benfica e os titulos que ele acarretou e mudem o titulo o Eusebio e uma lenda e o benfica sem o Eusebio e um Sporting.
LI
Muito bom
2019-01-08 23h29m por litoslima
Sou ouvinte do vosso podcast e fiquei curioso com a tua estreia aqui. Já agora, partilho a tua opinião. Acho que o Benfica tem todas as ferramentas para dar o passo à frente e começar uma hegemonia e só não o faz pela falta de ambição das pessoas que estão lá.

É para continuar, Bakero!
FU
O Benfica é uma lenda. O texto infeliz.
2019-01-08 23h07m por FutebolMaravilha1
Este texto quase que poderia ter sido escrito por um daqueles ingratos NN que insultaram o presidente do Benfica após o jogo com o Rio Ave.
Comodismo? Não, trata-se de ter os olhos abertos e entender a obra enorme que tem sido feita no Benfica. E a prova em como não há comodismo é o facto dessa mesma obra continuar a crescer e a expandir-se ano após ano. Algum crescimento? Errado. Houve um renascimento total e elevação ainda maior do clube, a todos os níveis.
Projectos par...ler comentário completo »
Moisset
2019-01-08 22h00m por antoniocarvalho
Este homem é que é uma lenda, por ter dito palavras de tão mau agoiro para o 5LB. Um abraço!
Excelente
2019-01-08 21h26m por MinhaChama
Um grande abraço Filipe.

Excelente o teu texto. Ambos sabemos que há um longo caminho para o nosso Benfica e o início passa pelo que escreves.

Felicidades

AMC
OPINIõES DO MESMO AUTOR
Há várias coisas que me dão prazer na vida: um bom filme, uma boa música, uma boa companhia ou uma noite de copos com amigos. Ver o Benfica não é uma ...
16-01-2019 13:17E1
Opinião
Azul e Branco
Carlos Teixeira
Pelas minhas gavetas do futebol
Tiago S. Nogueira
Vénia ao 3º Anel
Filipe Inglês
Azul do céu como o futuro
Sebastião Barata
Baliza de Giz
Pedro Barbosa