Segue o twitter do zerozero.pt. Todo o Futebol na sua rede social

Error message here!

Error message here!

Esqueceu-se password?

Perdeu a password? Introduza o seu endereço de email. Irá receber um link para criar uma nova password.

Error message here!

Voltar ao login

PortugalPortugal
Bósnia e HerzegovinaBósnia e Herzegovina
FrançaFrança
EslovéniaEslovénia
BrasilBrasil
ArgentinaArgentina
Azul do céu como o futuro
Sebastião Barata
2018/10/09 21:56
E3
Coluna de opinião, batizada pelo belo verso de Pedro Barroso, que irá acompanhar a nova realidade do Clube de Futebol os Belenenses, sem por isso deixar de olhar para o futebol português no seu todo.

Desde a última crónica que muito se passou no mundo do Belenenses: cumprimos o nosso 99.º aniversário, ganhámos categoricamente o primeiro jogo a sério perante uma boa moldura humana e aquele que, para mim, seria um teste importante não tanto para a equipa mas para os adeptos, o primeiro jogo fora, foi mais que superado: grande mobilização de belenenses até Trajouce, numa autêntica romaria de cerca de seiscentas pessoas saídas do Restelo. O clube está vivo e de boa saúde.

Infelizmente não pude estar presente no jogo em Trajouce pois a essa hora estive, em trabalho, noutro campo, mais precisamente no Estádio José Gomes, do renascido Estrela da Amadora, agora com o nome Clube Desportivo Estrela. E é sobre o que vi nessa tarde que vou falar hoje.

O renascimento do Estrela surge cerca de sete anos depois de o clube se ter extinguido, quando já competia nos campeonatos não profissionais por ter sido despromovido da primeira liga devido a problemas financeiros. Foram muitos anos sem futebol sénior para os lados da Amadora, e foi portanto com grande entusiasmo que as portas do estádio se voltaram a abrir para receber os adeptos no primeiro jogo oficial em casa.

Os números divulgados até agora na comunicação social relativos aos espectadores são muito díspares. Já li que estiveram 1000 adeptos nas bancadas, já li que o número pode ter-se aproximado dos 2500. A meu ver, números pouco importam nestes momentos. Era clara a comoção de quem já não via a bola a rolar no José Gomes há demasiado tempo. Foi impossível ficar indiferente ao que se viu nas bancadas: famílias, amigos, choros, sorrisos, e tudo o que de mais bonito há no futebol – e que já começa a ser raro encontrar no primeiro escalão. O verdadeiro clássico de domingo passado foi o clássico das emoções e jogou-se na Amadora.

Dedico também um parágrafo à claque Magia Tricolor. Uma claque eletrizante, de apoio incansável à equipa através de muitos cânticos e coreografias, e que materializa e bem o espírito estrelista que se vive hoje. Mas o que mais me impressionou pela positiva aconteceu já depois do apito final. O grupo de adeptos ficou no estádio para limpar as bancadas, uma bonita ação que deveria servir de exemplo a muitas claques deste país.

O futuro dirá o quão longe chegará o projeto do Estrela. Pelo que vi do jogo e pelo que me contou um amigo afeto ao clube, ainda se terão de compensar algumas lacunas no ataque e na baliza, mas devo dizer que apreciei ver o meio-campo e o extremo Paulo Varela. As lacunas são naturais num plantel formado a partir de treinos de captação no final de agosto e que começou a trabalhar no mesmo mês em que começou a competir. Mas, com o decorrer da época, e com a equipa mais bem oleada e um apoio que se adivinha sempre consistente nas bancadas, acredito que estaremos perante um candidato à subida.

De um belenense e grande rival desta época, fica aqui expresso o meu respeito pelo Clube Desportivo Estrela, pelos seus adeptos e pelo seu projeto. Aguardo pelo embate entre as duas equipas em janeiro e desejo que, lado a lado com o Belenenses, o regresso ao primeiro escalão seja rápido.



Comentários (3)
Gostaria de comentar? Basta registar-se!
motivo:
AZ
Olhar para cima
2018-10-11 09h21m por AzulMais
Como adepto do Belém, sou partidário de que devemos olhar para cima, gostaria mais de ver o Belém a querer ombrear com um Braga, com um Guimarães, com um Sporting; do que descer aos pântanos (que o esforço de muitas direcções no passado impediu) e comparar-se com Instituições que fruto de má gestão andam em escalões que não são nem nunca foram o do Belenenses.

Saudações Azuis
Azul do Céu como o Futuro
2018-10-10 03h04m por CFB__1919
Enquanto conhecedor do futebol português e adepto do Clube de Futebol Os Belenenses em particular, desejo muito sucesso e boa sorte ao Clube Desportivo Estrela para que em breve possa regressar juntamente com o meu Belém aos campeonatos profissionais.

Obrigado
2018-10-09 23h37m por Tiagolas
Como estrelista apenas quero parabenizar esta bonita “homenagem” ao meu histórico clube. . . um clube que tanto deu ao futebol nacional e que coincidência, está agora na mesma divisão de um grande, de um rival de muitos bons e grandes jogos, o Belenenses! Espero que o desejo do jornalista seja cumprido e que o Estrela, na sua maior ou menos dificuldade consiga subir até ao lugar que merece!!
Obrigado mais uma vez e acredite que os adeptos do Estrela sentiram maisnuma vez o coração a palpi...ler comentário completo »
OPINIõES DO MESMO AUTOR
Escrevo estas palavras depois de uma tarde longa e saborosa no Estádio do Restelo. Não sei por onde começar a falar sobre a tarde e o jogo com o Atlético, pois ...
10-09-2018 18:23E3
A presença do Belenenses nas distritais tem despertado ceticismo entre uma pequena fação de adeptos, que expressam o seu sentimento nas redes sociais, seja em grupos de ...
05-09-2018 23:54E1
Realizou-se na passada segunda-feira pelas 20h o primeiro treino da equipa de futebol sénior do Belenenses. Mais do que um mero ensaio para inaugurar a temporada, a ocasião serviu, ...
22-08-2018 10:04E2
Opinião
Visão de jogo
Pedro Silva
A preto e branco
Luís Cirilo Carvalho
Azul do céu como o futuro
Sebastião Barata
A preto e branco
Luís Cirilo Carvalho
Mete lá Pra Cima
Bruno Matias
Visão de jogo
Pedro Silva