Segue o facebook do zerozero.pt. Notícias, Vídeos e Fotografias na sua rede social.

Error message here!

Error message here!

Esqueceu-se password?

Perdeu a password? Introduza o seu endereço de email. Irá receber um link para criar uma nova password.

Error message here!

Voltar ao login

SertanensePortugal
PortugalBenfica
Vila RealPortugal
PortugalFC Porto
JuventusItália
ItáliaGenoa
C
Outubro 2006x
Em 21 de Outubro de 2003 começava a virar-se a página a mais um sonho, um dos muitos milhões e milhões de sonhos que devem ter ocorrido nessa mesma data. Este tinha como ambição ser diferente e seguramente duradouro. «E que tal dar o pontapé de saída a um projecto sobre futebol, gratuito e abrangente, que cubra a actualidade e a história do deporto Rei?»

Com a confiança de quem pensava que poderia ser diferente, avançámos sem receios, e com a firme convicção de poder «tocar» muita gente no país e no estrangeiro.
Apesar de não sermos apologistas de «atirar» com números «para cima da mesa» - excepção feita aos dias de aniversário onde quase tudo se desculpa – não podemos deixar de, com orgulho, socorrermo-nos de uma referência do mercado como o Google Analytics, para anunciar que ultrapassámos as 5 Milhões de páginas vistas/mês. A este número, e ainda segundo a mesma fonte e no mesmo horizonte, acrescenta-se o número de visitantes únicos, que num só dia, ascendeu aos 18 mil.

Este crescimento foi suportado por duas medidas importantes operadas no último ano: o novo design gráfico apresentado aos utilizadores e actualização da plataforma tecnológica. Com a mudança de imagem realizada, pensamos ter aproximado mais os utilizadores da informação pretendida, num ambiente mais profissional e actual, enquanto que com a actualização tecnológica procuramos oferecer maior rapidez e eficácia no acesso à informação.

2006 foi também o ano de solidificar parcerias anteriormente construídas, quer com empresas, quer com os nossos fiéis leitores. A parceria encetada em 2005 com a Porto Editora, onde o zerozero.pt é o fornecedor oficial de conteúdos sobre futebol para uma referência na área como a Diciopédia, foi este ano alargada para a cobertura do Mundial da Alemanha.

O último ano representou ainda um significativo aumento da nossa relação com os nossos colaboradores. Recuperando mais uma vez uns números – perdoem-nos o facto – verificamos que atingimos, à data, as 18.000 sugestões de actualização de dados a equipas e as 19.000 sugestões de actualizações a dados ou histórico de jogadores.

Verificamos também com orgulho que o nosso objectivo de abranger, e trazer às primeiras páginas as competições dos escalões mais baixos do futebol nacional, foi um sucesso, sendo alargado às divisões secundárias do futsal. A adesão foi tal forma, que as mais de 8.000 sugestões a plantéis destes escalões, nos permitem afirmar que mais de 70% das equipas tem informação, mais ou menos detalhada, dos elementos que a constituem em cada época. Neste particular, queremos agradecer a todos os quantos têm contribuído com as suas colaborações para este evidente sucesso. Sentimos que o nosso trabalho não foi em vão, e esperamos que dia a dia sintam que o vosso também não.

Esta forte aposta nos escalões jovens e nas divisões inferiores (distritais incluídas) não fizeram descurar os escalões principais do futebol português e mundial. O zerozero.pt disponibiliza esta época um acompanhamento ainda mais próximo das principais ligas europeias. Semanalmente, além dos resultados e classificações, são publicadas as fichas completas de todos os jogos das Ligas portuguesa, II Liga nacional, liga espanhola, italiana, inglesa, francesa e muito brevemente da Liga alemã. Este facto permite-nos publicar estatísticas detalhadas sobre as equipas e jogadores envolvidos nestas competições. Em resposta a variadas solicitações, acompanhamos também as segundas divisões, taças nacionais e supertaças destes seis países.

Como o objectivo desta «carta aberta» não é o de simplesmente apresentar um extenso rol de números, mas sim o de dizer «estamos vivos e cheios de força», despedimo-nos desde já, mais uma vez com a certeza que para o ano estaremos mais dinâmicos, mais fortes, mais próximos e que seremos seguramente «mais, muitos mais!».

Até para o ano, até já...

21-10-2006 00:00E38